por: Viagem e Gastronomia Viagem e Gastronomia

Passeios imperdíveis pela Serra Gaúcha, por Luciana Von Hertwig

São pequenas cidades do Rio Grande do Sul que reservam ótimos vinhos, gastronomia e lindas paisagens para turistas

Ouvir notícia
Luciana em meio às parreiras da região (Foto: acervo pessoal)

Por Luciana von Hertwig Ferraz Mesquita*

O inverno brasileiro chega e com ele nada melhor do que passear pelo sul do país. É nesta porção do Brasil que se concentra cidadezinhas charmosas de temperaturas bem amenas, que chegam a beirar o zero grau em alguns momentos. Recentemente, fiz um tour por cidades da Serra Gaúcha, em que passei por vinícolas, restaurantes e hotéis que deixam qualquer turista aquecido e contente.

Ao longo de uma semana visitei as cidades de Bento Gonçalves, Flores da Cunha, Pinto Bandeira, Gramado e Canela, todas não muito longe umas das outras e que guardam programas especiais aos turistas. Confira minhas dicas e andanças a seguir:

Leia mais
O inverno oferece clima perfeito para beber vinhos…brancos!
5 cidades brasileiras que combinam com o inverno
Onde os chefs comem? Com Rodrigo Bellora, do Restaurante Alma, em Cambará do Sul

Bento Gonçalves

Polo de vinícolas no sul do Brasil, a cidade de cerca de 120 mil habitantes é conhecida como capital brasileira da uva e do vinho. Ela fica a mais de 600 metros acima do nível do mar, é marcada por vales e escarpas e possui uma temperatura média anual de cerca de 17°C – friozinho que pede por vinho!

Hospedagem

O melhor lugar para se hospedar na região dos Vales dos Vinhedos é o Spa do Vinho. Cercado por 18 hectares de vinhedos próprios e arquitetura inspirada na Toscana, é um hotel muito confortável, logo em frente à vinícola Miolo. Os quartos são excelentes – todos com vista.

Spa do Vinho
Spa do Vinho, hotel charmoso localizado no coração do Vale dos Vinhedos (Foto: acervo pessoal)

O hotel possui piscina externa, interna, spa, um amplo lobby com lareira e dois restaurantes que valem a visita. Ali ainda são oferecidas experiências, pagas à parte, como piquenique nos vinhedos, comidinhas e drinks no pôr do sol e ainda day spa.

Restaurantes

Guri Restaurante

O restaurante do chef Enio Valli, que trabalhou com o lendário chef Francis Malmann, apresenta um menu degustação todo feito no forno com lenha. Experiência imperdível! Tudo é produzido no local e o serviço é bastante atencioso. Para mim, o melhor restaurante da região.

Osteria della Colombina

É uma casa pitoresca comandada por uma família italiana bastante simpática. Oferece uma sequência típica da região que inclui capelletti in brodo, galeto, polenta e massas – tudo muito bem feito e temperado. O ambiente interno é aconchegante, mas também vale sentar em uma das mesas do jardim com vista para o Vale.

Vinícolas

Almaúnica

É uma vinícola no coração do Vale dos Vinhedos que reúne excelentes rótulos, entre espumantes, brancos e tintos. Foi fundada em 2008 e a visita às instalações garantem acesso à lojinha, em que se pode degustar e adquirir vinhos em meio às lindas vistas dos vinhedos.

Casa Valduga

A vinícola marca presença na região desde 1875. Instalada em um antigo castelo de pedra, há até um wine bar em meio às parreiras. A marca iniciou seu complexo enoturístico ali em 1992 e hoje há também restaurante e pousada para acomodar os visitantes em meio aos vinhedos – e muita degustação de vinhos.

Miolo

Vinícola Miolo
Fachada externa da Miolo, uma das mais importantes vinícolas da região (Foto: acervo pessoal)

Localizada em frente ao Spa do Vinho, a vinícola tem uma longa história com estas terras, a qual começou em 1897 com a chegada do patriarca Giuseppe Miolo ao Rio Grande do Sul. Ali dá para conhecer mais a história do local, ver os tanques de elaboração, barricas e caves, além de degustar rótulos emblemáticos ao lado de um enólogo.

Pizzato

Os vinhedos da família encontram-se por ali desde 1968. Além de conhecer o local onde são produzidas as uvas e os vinhos, pode-se também optar por programas especiais, como harmonização dos vinhos com queijos gaúchos e charcutaria regional, bem como degustações verticais – em que se conhece a evolução e as influências do clima através da prova comparada de diferentes colheitas de um mesmo vinho ou espumante.

Leia mais
Hotéis incríveis no sul do Brasil para visitar com crianças
Conheça os melhores hotéis do Brasil
Um convite para conhecer três vinhos paulistas, por Daniela Filomeno

Gramado-Bento Gonçalves

Lu Mesquita no Don Guerino
Vinhedos da Don Guerino são parada obrigatória entre Gramado e Bento Gonçalves (Foto: acervo pessoal)

A estrada entre Gramado e Bento Gonçalves também guarda experiências especiais. Uma delas, quase que parada obrigatória, é a Vinícola Don Guerino: um espetáculo de lugar com excelentes rótulos e vistas incríveis.

São cerca de 60 hectares de vinhedos próprios, localizados a 450 metros de altitude, com uma beleza privilegiada em meio a uma arquitetura moderna. Além das degustações, wine bar e tour, o restaurante dali também é ótimo, servindo almoços às sextas e sábados. O menu é sazonal e é recomendado fazer reserva.

Gramado

A cidade dispensa apresentações: é um dos mais famosos destinos de inverno do Brasil, muito conhecida pelas temperaturas amenas e seu centrinho badalado. Fora do inverno, as ruas ganham um verdadeiro show de luzes por conta da época do natal, também muito concorrido.

Hospedagem

O melhor hotel para se hospedar sem crianças em Gramado é o hotel Casa da Montanha: é perfeito para casais e muito bem localizado, bem no centro, com um ótimo restaurante especializado em carnes de caça, o La Caceria. É definitivamente um ambiente muito confortável e acolhedor.

Restaurante La Caceria
Restaurante La Caceria, com ambiente rústico e acolhedor (Foto: acervo pessoal)

Restaurantes

Belle du Valais

Ambiente bem aconchegante que serve uma sequência de fondues. Considerado um dos melhores restaurantes suíços do Brasil – por ser concorrido, tem de se reservar uma mesa.

Parque Olivas de Gramado

Fica em uma bela estrada a cerca de 20 minutos de Gramado. O local abriga uma plantação de oliveiras, horta e um restaurante com varanda aberta e vista para o vale. Aos domingos, a área externa tem música ao vivo e fica bem animada. É um verdadeiro complexo, que mistura ainda fazendinha, trilhas de ecoturismo, boutique, empório colonial e um tradicional piquenique.

Passeios

Lu Mesquita no Rio Grande do Sul
Luciana na Avenida Borges de Medeiros (Foto: acervo pessoal)

Andar na Avenida Borges de Medeiros, uma das principais vias da cidade, e atravessar a rua Florida é um dos passeios mais tradicionais e obrigatórios de se fazer quando estiver em Gramado. Ali há lojas de decoração e de chocolate. Passe também pela Igreja Matriz São Pedro, construção de 1942 no estilo romano que possui uma praça muito bonita em sua frente, e pela rua Coberta – espaço que reúne restaurantes, cafeterias e lojas e é palco de várias apresentações culturais e eventos.

A Avenida das Hortênsias também é imperdível, uma das principais vias da cidade que se liga à Canela e é recheada de comércios e atrações ao longo de sua extensão.

Canela

A apenas 5 km de Gramado, cerca de 15 minutinhos, Canela é muitas vezes opção dos turistas como ponto de acomodação, já que a cidadezinha também é servida de hotéis e pousadas. Vale o passeio pela beleza natural: o Parque do Caracol, que abriga a famosa Cascata do Caracol, é de tirar o fôlego. O centrinho também tem seu charme, com lojinhas e a Igreja Matriz de Nossa Senhora de Lourdes, conhecida como a Catedral de Pedra. Dica: pare no Castelinho Caracol e prove o Apfelstrudel.

Flores da Cunha

A cerca de uma hora de Bento Gonçalves está Flores da Cunha, cidade cerca de 30 mil habitantes onde fica a vinícola Luiz Argenta, umas das mais lindas que visitamos. Vale a viagem! É um local que mantém a tradição ao mesmo tempo que ousa no design moderno, em que possui um agradável terraço com vista para as parreiras.

Vinícola Luiz Argenta
Detalhes da fachada moderna da vinícola Luiz Argenta, em Flores da Cunha (Foto: acervo pessoal)

Ali é é possível degustar ótimos rótulos acompanhados de tábuas e petiscos no Clô Wine Bar, assim como realizar visitas, passeios, colheitas das uvas e podas das vinhas. Recomendo muito fazer uma reserva no moderno Clô Restaurante, que serve uma comida excelente e tem uma vista de encher os olhos.

Leia mais
Cambará do Sul: uma descoberta pela Terra dos Cânions
Viagens de carro: 8 cidades na região serrana do Rio de Janeiro
Viagens de carro: visite cidades próximas a Porto Alegre

Pinto Bandeira

Uma das menores cidades da região (até pouco tempo atrás era considerada um distrito de Bento Gonçalves), Pinto Bandeira também fica a cerca de uma hora da “capital da uva e do vinho”. A passagem por ali vale para conhecer a Geisse, vinícola com ótimos espumantes.

Não costumo gostar de tours, mas esse vale a pena – são pequenos grupos direcionados por um sommelier bem experiente. A vinícola conta com um wine bar externo e é uma delícia sentar nas espreguiçadeiras e toalhas de piquenique ao ar livre para beber e petiscar.

Próxima à Geisse fica a Valmarino, outra interessante vinícola com mesas ao ar livre e vista para as parreiras. Ali os visitantes podem fazer um tour guiado pelo interior da vinícola e posterior degustação ou ainda serem recepcionados no antigo porão de pedras da casa de 1934, escolhendo quais vinhos provar.

Como chegar à região

Chegamos à região através de Porto Alegre, capital do estado que abriga o Aeroporto Internacional Salgado Filho. A capital fica a uma hora de Gramado e duas de Bento Gonçalves de carro, a melhor maneira de se locomover entre todas as cidadezinhas e programas listados acima.

*Sobre Luciana
Sócia da Gina von Hertwig Comunicações, agência de Comunicação e MKT Digital especializada em gastronomia e hotelaria.


Mais Recentes da CNN