20 novos restaurantes de São Paulo para conhecer já!

De massas a sanduíches; de cozinha brasileira à típica asiática: reunimos novos endereços gastronômicos na capital paulista que merecem a sua visita

Apesar da crise, São Paulo ganha novos endereços gastronômicos que merecem ser prestigiados
Apesar da crise, São Paulo ganha novos endereços gastronômicos que merecem ser prestigiados Foto: Giuliana Nogueira / Massa ao sugo do Shihoma Pasta Fresca

Tina Binido Viagem & Gastronomia

Ouvir notícia

Um dos programas prediletos de todo paulistano é ir a restaurantes. Fácil entender o motivo: a capital reúne opções para os mais variados paladares, estilo de refeições, e não seria exagero dizer que existem cozinhas especializadas em gastronomias de quase todo o mundo. E apesar de termos perdido excelentes endereços gastronômicos devido a crise causada pela pandemia, a boa notícia é que também ganhamos boas casas, e que merecem sua atenção – e fome! De brasileiros a asiáticos, de massa ao sanduba, aqui tem uma relação com vinte novos restaurantes para conhecer, um a um, em São Paulo. Confira!

Piccini, uma voltinha por uma vila italiana

Burrata com tomatinhos, Piccini Cucina (Foto: Tina Bini)

As portas do Piccini Cucina mal abriram e suas mesas já estão disputadíssimas, com fila na porta e quase impossível conseguir um lugar sem reserva. O motivo? O endereço é badalado, em pleno Jardins, a varanda confortável e com decoração típica italiana, um menu saboroso e uma belíssima carta de vinhos – principalmente com rótulos do país que inspirou o restaurante. Recomendamos pedir a focaccia com a burrata cremosa, siga para uma das pastas executadas com primor e siga para o tiramisù ou mil folhas com morangos frescos. Quer saber mais sobre essa deliciosa novidade italiana da cidade? Clique aqui e confira nossa matéria completa.

Rua Vitório Fasano, 49, Jardins – São Paulo – SP / Tel.: (11) 3476-3376

Leia mais:
6 aplicativos para economizar em restaurantes 
Do Pão ao Caviar indica seus restaurantes prediletos em São Paulo 
Onde comer peixes e frutos do mar em São Paulo, por Dany Simon
Mais de 20 restaurantes em São Paulo com espaço aberto

Me Vā, gastronomia espanhola descontraída

Varanda com teto retrátil do Me Va (Foto: Tina Bini)

A casa com sotaque espanhol, na região do Baixo Pinheiros, oferece ambiente gracioso, varanda com teto retrátil, bons drinks e, claro, pratos bem executados. Com a proposta de menu para compartilhar sem pressa, como não podia deixar de ser um restaurante inspirado nas tapas espanholas, vale reservar uma mesa no segundo andar, pedir um dos drinks feitos de Jerez, vinho licoroso fortificado típico da Espanha, e aproveitar em boa companhia esse espaço que te leva para uma voltinha pelos sabores sabores da Espanha moderna. O arroz marinheira com polvo e camarões e a sobremesa flores de carnaval, que lembra um churros em formato de biscoito com doce de leite e geleia de limão são imperdíveis. Confira nossa matéria completa sobre o Me Vā aqui.

Rua Ferreira de Araújo, 285, Pinheiros – São Paulo – SP / Tel.: (11) 3816-0588 

Kazuo, uma viagem aos sabores asiáticos

Rolinho vietnamita do Kazuo (Foto: Tina Bini)

Do atendimento na porta até o café na hora de ir embora, o Kazuo Restaurante impressiona na delicadeza e atenção aos mínimos detalhes. Vale pedir o menu-degustação e conhecer um pouco de cada estrela da casa de sabores asiáticos, como a panqueca de pato e o rolinho vietnamita. O menu é longo e oferece entradas frias; sushis e sashimis; enrolados; entradas quentes; e pratos principais como pad thai ou costela de wagyu cozida a baixa temperatura. Confira a matéria completa sobre a nossa visita ao Kazuo aqui.

Av. Brigadeiro Faria Lima, 2277, Itaim Bibi – São Paulo – SP / Tel.: (11) 97620-8488

Miado, a nova empreitada asiática da chef Renata Vanzetto

Pad Thai do Miado (Foto: Tina Bini)

Renata é uma das chefs com maior tino empreendedor da cidade. À frente do Grupo Eme, formado pelos restaurantes Ema, MeGusta, Muquifo, Matilda e Mé, a expert inaugurou no último mês o descontraído Miado, casa com cardápio dividido em fritos, do balcão (crus), quentes e sobremesas que levam os comensais a degustarem temperos e receitas do Japão, Tailândia e Vietnã sem sair de São Paulo. O pad thai brilha no menu! Clique aqui e confira nossa matéria completa sobre o empreendimento que já tem fila na porta.

Rua Bela Cintra, 1533, Jardins – São Paulo – SP / Tel.: (11) 98232-7677

Nica Café, aberto o dia todo com itens direto de Recife

Nica Café oferece cardápio farto para refeições a qualquer hora do dia (Foto: Tina Bini)

O Nica Café, misto de café, padaria e restaurante nos Jardins, oferece itens típicos do Nordeste, vindo semanalmente de Recife, além de croissants, pães e confeitaria tradicionais muito bem feitos. Aberto durante todo o dia, o clima moderno e aconchegante é um convite a um café da manhã caprichado, uma parada rápida para um lanchinho ou até um almoço completo.

Na padaria artesanal, uma grande variedade de pães de fermentação natural para levar para casa: baguete, brioche, centeio, ciabatta, com semente, de forma, de queijo e de leite; na seção Café da Manhã o cuscuz com carne seca acebolada, o iogurte com frutas frescas e amêndoas laminadas e o queijo manteiga derretido em crosta com mel de engenho são deliciosos. Quem preferir também tem Toasts, como o avocado, ovo, hortelã e queijo grano padano e salmão defumado, cream cheese e avocado. No cardápio do almoço e jantar, entradas para compartilhar como Ceviche de salmão cortado em cubos, marinado no sumo de limão e finalizado com molho de laranja, cebola roxa e pimenta de dedo de moça e Tartare de abacate com chips de batata doce ou pratos como Atum selado em gergelim com purê de batata doce, Nhoque de banana da terra ao pomodoro e pesto e Picadinho de mignon ao molho madeira, arroz de banana grelhada e ovo frito.

Al. Lorena, 1784, Jardins – São Paulo – SP / Tel.: (11) 3898-3860

Shihoma, pastas frescas levíssimas e surpreendentes

O Shihoma nasceu apenas como delivery, mas o sucesso foi tanto que em agosto de 2021 as portas do restaurante foram abertas, na Vila Madalena. O delivery segue firme com pastas frescas para finalizar em casa, molhos, sobremesas, pães e antepastos que mudam semanalmente; sempre com itens de pequenos produtores. Para quem quer almoçar no local o menu é diferente e muda constantemente, contemplando entradas que valorizam ingredientes sazonais e orgânicos, pastas frescas mais delicadas, como o l’uovo in raviolo, um massa recheada na hora que leva ricota, espinafre e uma gema de ovo, servido apenas com manteiga e sálvia, impecável! O sabor delicado do camarão rosa aparece no tortelli al gamberi, também preparado no momento do pedido, levíssimo, ideal para os dias quentes. Receitas tradicionais como o tonnarelli alla amatriciana e o trenette al sugo di pomodoro também estão presentes e conquistam. Entre as sobremesas, o tiramisù clássico divide espaço com uma leve torta di semolina finalizado com azeite, laranja e crema. Para acompanhar, a carta de vinhos elaborada pela sommelierè Analu Torres conta com rótulos de baixa intervenção e de pequenos produtores.

Rua Medeiros de Albuquerque, 431, Vila Madalena – São Paulo – SP / Tel.: (11) 97560-0188 

Cora, o novo queridinho do Centro

Tortilla com lulas e pimentas do novo Cora (Foto: Tina Bini)

Um restaurante urbano com uma cozinha conectada às vivências do campo no topo de um edifício revitalizado no Centro da cidade, com vista para o Minhocão e o Copan. Esse é o Cora. Localizado no rooftop de um prédio de seis andares na Rua Amaral Gurgel, o restaurante que tem nome inspirado na poetisa e doceira Cora Coralina é o novo empreendimento de Rafael Capobianco junto com Pablo Inca, chef de cozinha que trocou a Argentina pelo Brasil há 10 anos. Com cozinha aberta, ingredientes frescos, técnicas simples, os temperos de base dão o tom à construção do menu, ainda em fase de pequenos ajustes, feito para compartilhar enquanto aprecia uma taça de vinho da carta elaborada pela sommelière Gabriela Monteleone, com rótulos de produções menores ou um drink assinado por Gunter Sarfert. A couve-flor, com creme de abóbora, grão de bico e gergelim chega imponente e preenche os paladares vegetarianos e não vegetarianos, assim como as beringelas em escabeche com coalhada. Do mar, a nossa sugestão é a tortilla com lulas e pimentas; da terra, o pãozinho frito recheado de barriga de porco e compota de amoras; e, para adoçar, o sorvete de baunilha com dukkah e azeite de oliva é um combinação que surpreende.

Rua Amaral Gurgel, 344, Centro – São Paulo – SP / WhatsApp: (11) 96866-9778

Kotori, espetinhos como você nunca viu

Comandado por Thiago Bañares, chef do badalado Tan Tan Noodle Bar e do Ototo, o Kotori é seu novo empreendimento que tem como grande atração os espetinhos, mais especificamente os de frango. Esse fato pode soar estranho, afinal são dois itens que não costumam brilhar os olhos dos frequentadores de restaurantes pela cidade. Porém Thiago consegue provar que isso é coisa do passado.

Diferentes cortes da ave, que faz parte de uma linha orgânica de um grande frigorífico, brilham em espetinhos de bambu grelhados na grande churrasqueira a carvão da casa. Entre as opções, moela, coração, fígado, a acertada combinação de sobrecoxa, umê (ameixa japonesa) e a aromática folha de shissô, além da diferente e saborosa almôndega de frango servida com gema de ovo curada em shoyu. Imperdível pedir também o dumpling de frango com massa levíssima e o espetinho de tamagoyaki (omelete japonês). A casa em Pinheiros tem ambiente claro, moderno e um bonito bar, de onde saem belos drinks autorais.

Rua Cônego Eugênio Leite, 639, Pinheiros – São Paulo – SP/ Tel.: (11) 3891-0043

Naia, peixes e frutos do mar à mesa

Naia Restaurante (Foto: Tina Bini)

Comandado pelo renomado chef Tuca Mezzomo, nome por trás do disputado Charco, e um dos grandes nomes da coquetelaria nacional, Jean Ponce, o Naia Restaurante tem poucas mesas, cozinha aberta para o salão, decoração clean e um grande aquário de 250 litros de água salgada onde ostras, ouriços, algas e lagostas chegam direto do mar, e onde as mantém vivas até o preparo. O enxuto menu é separado por Do Aquário; Para Beliscar; Da Grelha; Principais; e Sobremesas e oferece uma gostosa viagem aos sabores, texturas e surpresas com lindas apresentações e pratos fora do óbvio que só uma cozinha autoral de qualidade consegue oferecer. Imperdíveis: flor de abobrinha recheada com camarão rosa e couve-flor grelhada e salpicada com bottarga e  molho de roti de algas. Confira mais sobre o Naia em nossa matéria, clique aqui.

Rua Dr. Melo Alves, 767, Jardins / Tel.: (11) 3086-4722 / WhatsApp: (11) 97323-1187

KISŪ, japonês contemporâneo

 

Nove anos atrás, o KISŪ abriu as portas em Recife conquistando prêmios e uma clientela fiel. Em 2021, o restaurante resolveu desbravar as terras paulistas e abriu uma unidade em São Paulo, onde apresenta sua cozinha japonesa contemporânea.

O novo endereço, como sugere o nome – KISŪ significa ímpar –, tem como premissa oferecer experiências únicas. Tudo é montado com a delicadeza de verdadeiras obras de arte e conversa perfeitamente com o ambiente minimalista. No roteiro a ser degustado, os clientes encontram um menu à la carte preparado com produtos fresquíssimos em que destacam-se as criações do chef. Porém a melhor maneira de conhecer a casa é sentar no balcão e se deixar ser guiada pelas escolhas do chef, no Omakase (menu-degustação) com uma ótima seleção de sushis e cortes perfeitos, além de um shari (arroz) bem temperado e na temperatura correta. Mais um japonês de peso para a cidade!

Rua Dr. Melo Alves, 506, Jardins – São Paulo – SP / Tel.: (11) 3061-1676 ou (11) 3088-3388

Avoca Toast, a fruta é a protagonista da casa

Toast vegetariano com grão de bico crocante, salsinha e páprica do Avoca Toast (Foto: Tina Bini)

Localizado no Beco do Batman, na Vila Madalena, o Avoca Toast é a primeira casa do Brasil dedicada exclusivamente ao avocado. Em suas receitas a estrela é o do tipo Hass, de textura amanteigada e interior verde claro, a variedade tem mais gordura e menos água, qualidade que o torna mais cremoso e rico em sabor. Os apaixonados pela fruta podem se deliciar com toasts e sanduíches feitos com pão artesanal de fermentação natural e sem uso de aditivos químicos, como o toast de pasta de avocado, bacon de defumação natural, tomate cereja, baby rúcula e mayo de sriracha ou a opção vegetariana com grão de bico crocante salpicado com salsinha e páprica. Entre os sanduíches brilham o Avoca Ahi Tuna, que leva avocado, atum selado fresco, asian slaw, maionese e furikake (tempero japonês crocante a base de alga marinha e gergelim torrado); o Gravlax Bagel Deluxe preparado com salmão curado na casa, cream cheese de ervas, cebola roxa cortada fininha e avocado Hass em fatias, no pão de bagel salpicado com gergelim; e o Shroomelo Grilled Cheese que é a versão da casa para o “queijo quente”: duas fatias de pão de fermentação natural, queijo Boursin, queijo mussarela, cogumelos salteados, cebolinha e pasta de avocado Hass.

Rua Medeiros de Albuquerque, 141 (Beco do Batman), Vila Madalena – São Paulo – SP / Tel.: (11) 3443-0446

Basilicata Trattoria, versão moderna da centenária casa-mãe no Bixiga

pasta basilicata trattoria jardins
Cassarecce Al Pistacchio da Basilicata Trattoria  (Foto: Tina Bini)

Restaurante comandado pelo chef Rafael Lorenti apresenta receitas autorais preparadas na grelha – da entrada à sobremesa – e leva para o Jardins clássicos que fazem sucesso na casa-mãe, no Bixiga. Ambiente amplo, com mesas espaçosas e cozinha aberta para o salão, a Basilicata Trattoria foca o menu em itens preparados no calor da brasa, muitos vegetais e algumas massas clássicas, afinal uma casa italiana sem massa não existe.

Entre as criações estão o bao veggie, sanduíche preparado com couve-flor grelhada, abacate fresco e molho asiático no pãozinho chinês, e o bao de porchetta, com recheio de porchetta, pistache e coentro. Ainda nas entradas, as bruschettas fazem sucesso, como a grega, com coalhada seca, tomate, pepino, azeitona da casa, alcaparra e orégano fresco. Da grelha saem opções como o peixe do dia, costela de boi e cogumelos recheados, que podem vir acompanhados de batatas assadas, legumes grelhados, mandioca frita, entre outros itens.

Para quem procura algo mais tradicional, o spaghetti alla carbonara, com panceta, gemas de ovo caipira, pecorino, parmesão e um toque de porva, e o cacio e peppe, com queijo pecorino e pimenta-preta, são boas pedidas. Mais ousados peçam o riso al frutti di mare, arroz bem cremoso com polvo, lula, camarão, linguiça artesanal e molho bisque com toque de coco, ou o cassarecce al pistacchio, massa com pesto fresco de pistache com camarões grelhados na brasa.

Rua Joaquim Antunes, 197, Jardins, São Paulo – SP / Tel.: (11) 3897-9660

Davo Gastronomia para sair da mesmice

Sanduíche de atum com maionese de wasabi do Davo (Foto: Tina Bini)

Na Rua dos Pinheiros, endereço que se transformou em um verdadeiro reduto gastronômico, o DAVO Cozinha chegou para completar o time de quem busca uma refeição fora da mesmice. O cardápio é um mix de sabores das diversas experiências adquiridas pelo chef em viagens ao redor do mundo, mas com foco principal na comida nordestina, origem de sua mãe. Com porções para compartilhar, confira na nossa matéria o que não pode ficar de fora do seu pedido quando visitar a casa.

Rua dos Pinheiros, 448 – Pinheiros / Tel.: (11) 2737-1527

Nelita, a casa italiana autoral da chef Tássia Magalhães

O DNA italiano está ali, constatação indiscutível já que esta é uma das características marcantes da chef Tássia Magalhães. Em um salão sem pilastras, com cozinha aberta, móveis de madeira e tons terrosos, o restaurante oferece pratos mais sofisticados da chef, que até lembra um pouco seu tempo no extinto e saudoso Pomodori. O nome Nelita é o apelido carinhoso que sua mãe Helena tem e é a ela que Tássia homenageia.

A cozinha autoral mostra o lado apurado de Tássia com massas produzidas ali e uma ampla variedade de vegetais que, em vários momentos, são a estrela principal do prato. No cardápio, para escolher entre 3 opções e comer com as mãos, a chef traz arroz suflado, “tempurá” de lagostim e creme de limão, pizzeta com tartar de beterraba em picles assada, creme de búfala e pó de beterraba e croqueta de cogumelos. Os principais apresentam pastas, vegetais, peixes, risos e carnes. Entre as criações estão o agnolotti  recheado com queijo de cabra, molho de limão rosa confitado e favo de mel; o ravioli meia lua, recheado com milho bem cremoso, manteiga noisette, telha de milho com especiarias; o peixe sous vide com pele crocante, molho à base de castanha do Para, salada morna de funcho, crocante de erva doce e farinha ovinha; entre outros.

Rua Ferreira de Araújo, 330, Pinheiros – São Paulo – SP / Tel.: (11) 97890-2747

URU, culinária uruguaia no Jardim Anália Franco

URU Mar Y Parrilla é um projeto grandioso no Jardim Anália Franco (Foto: divulgação)

Um projeto grandioso que toma conta de um quarteirão inteiro – de esquina a esquina – chama a atenção de quem passa pela rua Emília Marengo, no Jardim Anália Franco. Numa casa de pé-direito alto, de mais de sete metros, a fachada pintada de azul e branco é um convite a mergulhar nas iguarias da culinária uruguaia. É lá que o restaurante URU Mar y Parrilla está instalado.

Para começar a experiência, não deixe de provar as empanadas de massa semi-folhada ou as entradas – bem fartas – ótimas para compartilhar. É da parrilla de mais de três metros que saem as carnes nobres – ponto alto da casa. Choripan, prime ribe angus, chorizo, morcilla, lomo, bife ancho, assado de tira, paleta de cordeiro, entre outros cortes, podem ser solicitados em tamanhos maiores ou menores, dependendo da quantidade de comensais e, é claro, do apetite. 

Como acompanhamento, porções de palmito pupunha, legumes grelhados, papas aplastadas – batatas na brasa com gorgonzola ou pesto, entre outras sugestões, harmonizam muito bem com as carnes. Arrozes diversos e saladas variadas também compõem o menu. 

Ninguém deixa de dar uma espiadinha no aquário com ostras vivas que fica no salão principal. Todos os dias, a casa recebe uma volumosa remessa do molusco para atender à sua demanda. Por lá, também é possível deliciar-se com outros pratos à base de frutos do mar: camarão pistola, polvo parrileiro com aioli, lula recheada com camarão e paella. Para finalizar, claro que o doce de leite aparece nas opções como o alfajor recheado e a panqueca de doce de leite acompanhada de sorvete de creme.

Rua Emília Marengo, 109, Jd. Anália Franco – São Paulo – SP / Tel.: (11) 2308-9499

Roi Méditerranée, o hotspot do CJ Shops

Linguini com vôngole e mexilhão no próprio molho com limão, vinho branco e caviar mujol do Roi Méditerranée (Foto: Tina Bini)

No comando do restaurateur Leonardo Rezende em parceria com Lucas Albuquerque, empresário da moda e do ramo das bebidas, está o Roi Méditerranée. Localizado na cobertura do CJ Shops, centro de compras de luxo no coração do Jardins, a casa virou rapidamente um hotspot, com ambiente amplo, fotogênico e menu repleto de peixes e frutos do mar (honrando o nome mediterrâneo que carrega). Vale começar com as vieiras frescas ou o steak tartare muito bem temperado, como principal o linguini com vôngole e mexilhão no próprio molho com limão, vinho branco e caviar mujol ou o polvo com purê de grão de bico são ótimas escolhas.

Rua Haddock Lobo, 1626 (CJ Shops), Cerqueira César – São Paulo – SP/  WhatsApp: (11) 4040-7622

Apó Cozinha, do café ao jantar

Valorizar ingredientes brasileiros em receitas reconfortantes, modernas e saudáveis que remetam às raízes dos sócios é a premissa no Apó Cozinha. O restaurante abriu as portas na Vila Nova Conceição e, sob o comando do chef Bruno Assis, da chef-confeiteira Rafaella Aguiar e do chefe de bar Raphael Nogueira, é um convite a um cardápio livre de rótulos, em que as sugestões partem do melhor que cada estação tem a oferecer. Uma carta com clássicos da coquetelaria e drinques autorais dividem atenção com o menu. Há ainda um empório com pães, linguiças, picles, entre outros itens fabricados diariamente no local.

Seu ambiente claro e arejado funciona desde o café da manhã até o jantar, sem intervalos. O que é um belo convite para começar o dia de maneira especial, uma reunião no meio da tarde ou um almoço durante a semana. Para um lanche rápido, o mineiro é um pão de queijo com gema mole curada, maionese de alho, leitão cozido e cebola caramelizada. Entre as receitas para o almoço e o jantar, destacam-se o caminho do campo, galinhada com emulsão de banana, farofa de brioche e bacon, e picles de maxixe; o tagliatelle serrano, massa artesanal de cúrcuma na bisque, linguiça de truta salmonada defumada, crocante de bacon e dill; e o borgonha, flor de mandioquinha com costela bovina cozida por 9 horas desfiada e reduzida na glacê. Para finalizar, o pão de mel sem glúten, sem lactose e sem açúcar refinado com casca de chocolate 70% cacau é surpreendente até para as pessoas mais formiguinhas.

Rua Ministro Jesuíno Cardoso, 115, Itaim – São Paulo – SP / Tel.: (11) 98280-3303

Café Zinn, diferentes tipos de cafés diretos de Minas

Café Zinn (Foto: divulgação)

O Café Zinn chegou no Jardins e já conquistou paladares pelo seu cardápio que inclui café da manhã, brunch e também pratos, e seus cafés aromáticos com notas de chocolate e nozes; pistache com limão siciliano e caju e caramelo. O menu inclui opções para as manhãs com variedades de pão de queijo (mineiro, com tapioca), ovos, pudim de chia, bolo e toast. Para quem gosta de frutas, há alternativas de smoothies e iogurtes. Já para a hora do almoço, há pratos executivos, saladas e sobremesas. Por fim, o local também oferece diferentes bebidas como sucos, chás e shots variados.

Rua Haddock Lobo, 1574, Jardins – São Paulo – SP/ Tel.: (11) 9324-91268

Luce, ingredientes direto de Nápoles

Pizzas napolitanas do Luce Trattoria (Foto: Tadeu Brunelli)

A casa de cozinha italiana moderna tem ambiente descontraído e amplo e leva para o cardápio versões refinadas de pratos simples das osterias, boa parte preparada com ingredientes importados do país que serviu de inspiração para o negócio. À pizza é reservada uma atenção especial: todos os ingredientes-chave vêm de Nápoles, do tomate San Marzano D.O.P. – cultivado no rico solo aos pés do Vesúvio – ao forno. Para que a massa tenha o sabor mais próximo possível ao das pizzerie, até a água usada no preparado tem sua composição mineral ajustada.

Outras boas pedidas são a curiosa Burrata a legna que é a tradicional burrata, envolvida em crosta crocante, que chega à mesa macia e quentinha, acompanhada de mortadela de bolonha com pistache, pesto, limão siciliano e rúcula. Também da ala per cominciare, a Lasagne bites é uma lasanha de espinafre e mozzarella de búfala frita, com dip de tomate San Marzano DOP.  O Luce signature gnocchi leva massa de cebola caramelizada, com fonduta de pecorino DOC, trufas, cebola brulée caramelizada e farofinha de pão, finalizada no forno a lenha, muito gostoso.

Dividem atenção com o menu uma completa carta de vinhos, incluindo um prosecco de rótulo próprio, e uma bem elaborada carta de drinques. Da entrada à sobremesa, passando pelos sanduíches e sugestões da forneria, tudo é oferecido no Luce de domingo a domingo.

Rua Oscar Freire, 45, Jardins – São Paulo – SP / Tel.: (11) 99457-4554

Casarìa, para esquecer do tempo

Casarìa, amplo casarão nos Jardins com itens para todos os momentos do dia (Foto: divulgação)

A Casarìa fica em um amplo casarão de esquina com mesas ao ar livre, espaço que reúne casa de pães e doces, bar de antepastos e escola de gastronomia que tem à frente o chef-confeiteiro Diego Lozano. Um convite a bons momentos em qualquer hora do dia, tem no menu itens como pães de fermentação natural, croissants, antepastos, salumeria e pratos rápidos para jantar e almoço.

Entre os itens, vale destacar a sobremesa Belém, criada com inspiração em uma caipirinha de cupuaçu com cumaru que o chef provou na cidade paraense; e a torta de morango, que leva crumble de canela, creme de morango e chocolate ruby, finalizada com morangos frescos, além é claro do pain au chocolate e de amêndoas, deliciosos.

Esquina das ruas Haddock Lobo, 1077, e Alameda franca, 1243, Jardins – São Paulo – SP / Tel.: (11) 3068-0778


Mais Recentes da CNN