Viaje de trem por paisagens incríveis sem sair de casa

Embarque online nesses passeios sobre trilhos que oferecem visões privilegiadas das cabines mais concorridas do mundo

Ouvir notícia
(Foto: Getty Images)

Seja nos Alpes Suíços ou nos Andes do Peru, as viagens de trem não se resumem apenas a um trajeto percorrido entre um destino e outro, mas também ao que acontece durante esse percurso: uma contemplação das paisagens que contornam os trilhos e podem ser vistas através dos janelões de cada vagão. Uma experiência a parte!

Mas, enquanto não podemos embarcar fisicamente nessas tão disputadas viagens, ferramentas digitais nos dão um gostinho. Os passeios a bordo de trens virtuais oferecem uma visão privilegiada para cenários únicos e agradam desde os viajantes mais saudosos e pacientes – com passagens pelo Círculo Polar Ártico que chegam a ter 10 horas de duração – até aqueles que preferem uma viagem mais curta, como a travessia urbana em Amsterdam, na Holanda.

A partir de uma perspectiva em primeira pessoa, chamada na internet de driver’s eye (olhos do condutor, em tradução livre), o condutor te levará a lugares longínquos e que mais parecem terem saído de filmes de ficção – ou romance. Acomode-se confortavelmente no seu cantinho preferido da casa, sirva-se com uma comfort food e aproveite este tour virtual sobre trilhos ao redor do mundo:

Leia mais:
Drive and listen: “dirija” pelas principais cidades do mundo ao som de rádios locais – e sem sair de casa!
Passeie online por castelos e palácios históricos
Mergulhe com tubarões e nade com golfinhos com estas experiências virtuais no fundo do mar

  • Trajeto da Suíça para Itália, Linha Bernina


Os alpes suíços e as pequenas comunas italianas nunca estiveram tão perto de você! Uma das viagens de trem mais lindas no mundo, o trajeto entre a estância luxuosa de Saint Moritz, na Suíça, e a comuna de Tirano, na Itália, pode ser feita virtualmente com este vídeo a bordo do Bernina Express. O percurso na linha de ferro dura aproximadamente duas horas e o passageiro pode admirar montes com neve, lagos cintilantes e uma natureza sem igual ao longo do caminho. O passeio não é apenas conhecido mundialmente pelas suas vistas de tirar o fôlego, mas também por alcançar até 2.253m acima do nível do mar, um feito incrível de engenharia. Não à toa, a linha está listada desde 2008 como um dos patrimônios mundiais da Unesco. 

Caso queira contemplar o mesmo caminho em uma época diferente, experimente viajar virtualmente pelo trajeto durante o inverno. A viagem fica ainda mais especial e enigmática. Além disso, se quiser ver o caminho de volta, desta vez da Itália para a Suíça, veja este vídeo. 

  • Ferrocarril Central Andino, Peru


O Peru reserva ótimas atrações e agitos culturais para seus turistas e moradores. E, quando se fala em viagens de trem, o país conta com uma malha ferroviária interessante, que passa por pontos igualmente incríveis ao longo de cidades de altitudes elevadas. O passeio virtual pela Estrada Ferroviária Central começa na costa, ao atravessar Lima com rumo para as cidades de Huancayo e Cerro de Pasco. No percurso, pode-se apreciar montanhas andinas e percorrer pontes que chegam a causar vertigem em meio aos trilhos nas alturas.

A viagem inteira dura várias horas, mas com o passeio pelo YouTube o tempo é reduzido – e muito! A jornada é dividida em quatro partes: a primeira começa no sopé dos Andes, em Chosica, subindo em direção a Puente Carrion. A segunda sobe de Matucana a San Mateo, uma das mais belas da linha. A terceira continua rumo ao norte até Casapalca, passando por desfiladeiros estreitos e o famoso Puente Inferillo. A quarta e última parte acontece nas montanhas peruanas, o segundo ponto mais alto entre as ferrovias do mundo. 

  • Durango e Silverton Railroad, Colorado, Estados Unidos


Sinta-se em meio ao velho oeste norte-americano neste passeio entre as cidades de Durango e Silverton, no estado do Colorado. Designado como um marco histórico nacional dos Estados Unidos, a linha de 72 km tem funcionado desde 1882 e foi utilizada inicialmente para o transporte de ouro, devido às minas da região. Atualmente, a linha funciona como um passeio turístico, uma viagem de ida e volta entre as lindas paisagens da Floresta Nacional San Juan. 

Com o passeio, agora virtual, é possível conhecer um pouco do Colorado que os mineiros encontraram centenas de anos atrás e contemplar incríveis desfiladeiros entre as montanhas. O início do passeio passa por dentro da cidade, em que funcionários e moradores locais acenam para os passageiros. É impressionante notar os caminhos estreitos e as magníficas paisagens entre os cânions que a bordo do trem a vapor. Confira a segunda e a terceira parte do passeio nestes links. 

  • Trajeto Hoofddorp para Amsterdam, Holanda


Sinta-se dentro da cabine do condutor com este passeio de realidade virtual em 360° nos arredores de Amsterdam, capital da Holanda. Com saída de uma estação da cidade de Hoofddorp, o trajeto tem duração de apenas 18 minutos, em que o trem passa por outras estações, atravessa túneis e se aproxima da capital.

Após passar pelo Aeroporto de Amsterdam-Schiphol, um dos mais importantes da Europa, o “passageiro” é deixado na parada final de Amsterdam Sloterdijk, a cerca de 3 quilômetros do centro da cidade.

  • Trem-bala no Japão


Mundialmente famosos pela rapidez e conforto, os trens de alta velocidade do Japão despertam a curiosidade de muita gente. E não é preciso ter um bilhete para o país asiático para se sentir como se estivesse dentro de um trem-bala: este vídeo te levará a uma velocidade de até 300 km/h sem sair de casa. 

Relaxe em seu assento e aproveite as vistas do passeio e o som ambiente nesta viagem de 1 hora entre Shizuoka a Tóquio. É emocionante (tentar) sentir o trem aumentando a velocidade, entrar e sair rapidamente de túneis e curtir as paisagens urbanas japonesas até conseguir avistar os grandes prédios em Tóquio. 

A saber: comumente chamados de trem-bala no Ocidente, os veículos fazem parte do que é chamado de Shinkansen, rede de linhas ferroviárias de alta velocidade no Japão. Elas foram construídas inicialmente para conectar regiões distantes a capital Tóquio, a fim de ajudar no crescimento e desenvolvimento econômico.

Leia mais
Dinamarca inicia obras do túnel submerso mais longo do mundo
Machu Picchu: a cidade sagrada Inca
Sons da aurora boreal: se eles existem, por que não há pesquisas científicas sobre isso?

  • Trajeto Hué para Da Nang, Vietnã


Não é preciso viajar até o Vietnã para contemplar paisagens de campos de arroz e fazendas de peixes a bordo de um trem local. Com este vídeo em 4K, você possui uma vista privilegiada em primeira pessoa do entorno vietnamita sem sair de casa.

O passeio começa pelos subúrbios da cidade central de Hué – o trem passa bem pertinho de casas simples e avenidas – e vai em direção a costa do país. Fazendas de peixes, campos de arroz, praias desertas e florestas intocadas fazem parte do cenário admirável. No nível do mar, a parada final é em Da Nang, cidade costeira com mais de 1 milhão de habitantes encravada em meio às famosas Montanhas de Mármore e que possui belas praias. 

  • Círculo Polar Ártico, Noruega


Está com muita saudade de viajar de trem por lugares longínquos? Com certeza este passeio virtual de 10 horas pelo Círculo Polar Ártico na Noruega te deixará satisfeito. O percurso foi filmado com a visão da cabine do condutor de um dos trens da Nordland Line, a maior linha do país, com uma extensão de 729 km. Ao longo do percurso, feito entre as cidades de Trondheim e Bodø, os passageiros contemplam paisagens bucólicas tomadas pela neve, passam por longos túneis e admiram casinhas em lugares isolados. Mas não é apenas debaixo de gelo que o caminho pode ser realizado: há vídeos do mesmo percurso nas quatro estações do ano – confira nesta playlist

E se a Noruega te conquistou, outras linhas de trem igualmente fantásticas te levarão para uma imersão nas paisagens – e trilhos – do país escandinavo. Descrita como um dos percursos mais bonitos do mundo, a Flåm Railway transporta passageiros a partir de Aurlandsfjord até as altas montanhas na estação Myrdal. O trajeto de cerca de 20 km é repleto de cachoeiras, ravinas, topos de montanhas e fazendas. Se ainda quer mais da Noruega, aqui está: curta a viagem entre a capital Oslo e a cidade de Bergen, na costa sudoeste do país, pela linha ferroviária de Bergensbanen. São 7 horas de viagem entre montanhas, cenários naturais e até alguns trechos com neve. 

  • Trajeto Dunedin para Waitati, Nova Zelândia


A Nova Zelândia guarda paisagens incríveis ao redor de sua costa e agora você pode ter um gostinho de como é atravessar de trem uma das regiões mais charmosas e litorâneas do país. O passeio virtual oferecido neste vídeo começa em Dunedin, cidade costeira na ilha sul do país, a bordo do The Seasider, famoso trem turístico local com sua cor amarela característica. 

O passeio de 35 minutos, com visão de dentro da cabine do maquinista, passa ao lado de um braço de mar, atravessa um estreito e escuro túnel e ainda oferece vistas para praias cristalinas. Além da costa, o trajeto também passa por áreas mais urbanas e termina em Waitati, pequeno assentamento à beira mar dentro dos limites da cidade de Dunedin. 

  • Trajeto Čapljina para Sarajevo, Bósnia e Herzegovina


Já pensou em andar de trem na Bósnia e Herzegovina? Através deste passeio virtual de 2h40 é possível pegar uma carona com a visão da cabine do maquinista pelo trajeto de 163 km da linha que liga a capital Sarajevo ao município de Čapljina, a 20 km do Mar Adriático.

Terrenos montanhosos podem ser observados durante todo o trajeto, em que as partes mais atraentes do passeio ficam ao longo do desfiladeiro do rio Neretva. O som ambiente foi preservado no vídeo, aumentando a realidade. Devido ao percurso montanhoso, o percurso possui ao todo 99 túneis – o túnel Jedrenje tem mais de 3,2 km de extensão –  e 65 pontes. 

  • Expresso de Hogwarts


Por que não experimentar também a atração dentro do parque da Universal, na Flórida, que simula o famoso trajeto da saga Harry Potter? O Expresso de Hogwarts imita o caminho percorrido pelos personagens entre o Beco Diagonal e Hogsmeade, partindo da plataforma 9 ¾ da estação King’s Cross, todas experiências fictícias construídas no parque. 

O passeio explora o caminho até a plataforma dentro da estação e ainda oferece uma imersão dentro da atração, caminhando por seus vagões e filmando todo o passeio em si. 

Mas já se perguntou sobre o trem verdadeiro e o trajeto usados de inspiração nos livros de J.K. Rowling? Sim, eles existem, e você pode acompanhar virtualmente alguns de seus mais impressionantes detalhes. O Expresso de Hogwarts foi inspirado em no The Jacobite Steam Train, locomotiva a vapor que sai da cidade de Fort William com destino a Mallaig, nas Terras Altas da Escócia. É interessante notar os detalhes que foram adaptados para o trem fictício do mundo de Harry Potter e até apreciar a famosa fumaça que sai das chaminés, que marca a paisagem ao redor. 

Mais Recentes da CNN