por: Viagem e Gastronomia Viagem e Gastronomia

Passeie online por castelos e palácios históricos

A um clique de distância: explore os íntimos detalhes dessas admiráveis construções históricas espalhadas pelo mundo

Ouvir notícia
Castelo de Neuschwanstein, um dos cartões postais da Alemanha, oferece um passeio virtual pelos seus arredores (Foto: Wikimedia Commons/Jakub Fryš)

Construídos como antigas fortalezas e, por muitas vezes, rodeados de opulência e de uma arquitetura majestosa, os castelos mexem com a imaginação de pessoas do mundo inteiro. Geralmente, eles estão no topo da lista do que ver e fazer de muitos destinos, atraindo desde viajantes iniciantes até os mais experientes. 

Se você tinha planos de visitar uma dessas propriedades nas férias – interrompidas pela pandemia da Covid-19 – ou tem curiosidade de saber como é o interior de verdadeiros palácios, a boa notícia é que alguns dos mais concorridos destes pontos turísticos oferecem passeios virtuais, que podem ser feitos do sofá de casa. 

Há desde castelos que parecem ter saído de contos medievais, como o Castelo de Edimburgo, na Escócia, até enormes palácios que possuem uma importância histórica imensurável, a exemplo do Palácio de Versalhes, na França. E engana-se quem pensa que o Brasil não possui construções do tipo: o Castelo da Fiocruz, no Rio de Janeiro, é uma edificação centenária ativa e tem suas portas abertas para visitação virtual. Confira!

Leia mais:
Filmes e séries para entender a família real britânica

Museus online: um tour pelas principais coleções do mundo sem sair de casa
Cansado da mesma vista? Conheça o mundo através das janelas de outras pessoas

CASTELOS

Castelo de Windsor, Inglaterra

Sinta-se num verdadeiro banquete real com o tour on-line pelas dependências do Castelo de Windsor (Foto: reprodução/site/royal.uk)

A edificação tem sido uma acomodação real e fortaleza por mais de 900 anos, já que foi construída no século XI. Localizado na cidade de Windsor, a oeste de Londres, é o maior castelo ocupado do mundo e onde a Rainha Elizabeth II usa a propriedade como casa particular nos finais de semana e no período de lockdown no Reino Unido. 

Com vista para o rio Tâmisa e cercada de jardins bem cuidados, a atração possui um interior elegante, podendo ser explorado através do tour virtual no site oficial do castelo. Confira como seria um tradicional banquete no St. George’s Hall e acesse outras salas famosas, como a Câmara de Waterloo e a Sala de Estar Carmesim. Em cada cômodo, é possível saber detalhes históricos e outras informações relevantes. 

Castelo de Praga, República Tcheca

Visita virtual ao interior da Catedral São Vito, parte da propriedade em que se encontra o Castelo de Praga (Foto: reprodução/site/hrad.cz)

Fundada no século IX, é um dos mais importantes de Praga e da Europa. Devido ao seu grande tamanho, é considerado um dos maiores castelos do mundo, formando quase que uma cidade própria pela variedade de construções dentro da propriedade. 

Atualmente, o local serve como residência oficial do Presidente da República Tcheca e encontra-se fechado ao público, mas está aberto para um tour virtual. Há várias opções para ver e conhecer, como o pátio principal, o jardim real, torres, o interior da Catedral de São Vito e muito mais, tudo em 360º e com informações a partir de um mapa interativo. 

Castelo de Edimburgo, Escócia

Visão do rochedo em que o Castelo de Edimburgo foi construído (Foto: reprodução/Google Street View)

O castelo é um dos símbolos mais conhecidos do país e foi construído em cima de um rochedo, chamando atenção de visitantes do mundo inteiro. Erguido como uma fortaleza, há vestígios que indicam ocupação humana a partir do século IX. Presencialmente, é possível apreciar salas e prisões militares, além da pequena Capela de Santa Margarida e aposentos reais. 

Com as restrições de viagens e circulação por conta da pandemia, a visita física ao castelo fica impossibilitada. Mas a boa notícia é que, com ajuda do Google, é possível andar pela fortaleza e conhecer detalhes minuciosos através de um passeio de realidade aumentada – uma verdadeira viagem sem gastar nada nem sair de casa. 

Castelo de Bran, Romênia

Vista para área interna do Castelo de Bran a partir de um dos cômodos superiores no passeio virtual (Foto: reprodução/Google Street View)

Na fronteira entre as regiões da Transilvânia e da Valáquia está o Castelo de Bran, erguido durante o século XIII no meio de uma floresta, imprimindo um ar ainda mais misterioso e sedutor à atração. Acredita-se que o príncipe Vlad Tepes, conhecido como “O Empalador”, tenha utilizado o castelo em várias ocasiões durante seu reinado, no século XV, servindo de inspiração histórica para o personagem Drácula, vampiro protagonista do clássico livro de mesmo nome lançado em 1897 por Bram Stoker. 

Assim, o local é popularmente conhecido como a residência do personagem, sendo chamado de Castelo do Drácula. Para aguçar a imaginação e conhecer mais o local, é possível ver detalhes em 360º do interior do castelo através de um passeio virtual oferecido pelo Google. Quem quiser aprofundar a visita, o site oficial da propriedade oferece vídeos imersivos nos cômodos do castelo. 

Vista aérea do Castelo Neuschwanstein, conhecido também como Castelo da Cinderela, na Alemanha (Foto: Wikimedia Commons/Jeff Wilcox)

Castelo Neuschwanstein, Alemanha
Um dos cartões postais da Alemanha, o castelo foi construído na segunda metade do século XIX e é popularmente conhecido como o “Castelo da Cinderela” original devido a sua arquitetura arrojada, que compreende os estilos neorromântico e neogótico. 

Localizado perto da cidade de Füssen, no sudoeste da Baviera, é possível ver mais detalhes do exterior do castelo sob a perspectiva de vários ângulos em  360º por meio deste tour on-line. Não é permitido tirar fotos do interior da propriedade, mas alguns cômodos podem ser vistos por meio de imagens neste outro passeio virtual, que chega mais perto do icônico castelo. 

Castelo de Blarney, Irlanda

Fachada principal do Barney Castle, situada numa grande propriedade com lago, queda d’água e a famosa pedra Blarney (Foto: Wikimedia Commons)

Uma das partes mais conhecidas do local é a Blarney Stone, pedra cercada de histórias e crenças. Reza a lenda que quem beija a pedra virado de ponta cabeça recebe o dom da eloquência. 

Enquanto beijar a pedra e visitar o local pessoalmente são atividades não recomendadas pelas autoridades sanitárias, dá para ter uma boa ideia de como é subir as escadas íngremes do castelo construído há 600 anos pelo tour virtual. É possível visitar os jardins e as ruínas da fortificação através de um grande mapa interativo que cobre toda a propriedade. 

Castelo Miramare, Itália

Com o passeio virtual é possível apreciar a mobília dos principais cômodos do castelo (Foto: reprodução/site/ historyview.org)

Erguido sobre um pico rochoso bem ao lado das águas do Golfo de Trieste, no nordeste da Itália, o exuberante castelo foi concluído em 1860 a mando do arquiduque austríaco Ferdinand Maximilian e sua esposa, Charlotte. Pode-se perceber que a construção foi fortemente influenciada pelos estilos gótico, medieval e renascentista, combinação que torna o local como uma das principais atrações da região. 

O castelo, hoje transformado num museu e ponto turístico, possui cerca de 20 quartos luxuosos e um grande jardim que circunda a propriedade. Cheios de obras de arte, vasos, espelhos e detalhes em todos os cantos, os cômodos podem ser visitados através de um tour online.

Castelo da Fiocruz, Rio de Janeiro

Visão para a fachada do castelo brasileiro a partir do tour virtual (Foto: reprodução/site/portal.fiocruz.br)

Também conhecido como Castelo Mourisco, a construção centenária abriga a sede da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), em que são mantidas funções administrativas do instituto de pesquisa, salas de exposição e uma biblioteca com obras raras. 

Construído entre 1905 e 1918, o castelo possui estilo neomourisco, adornado de azulejos portugueses e mosaicos inspirados em tapeçaria árabe. Localiza-se na Avenida Brasil, no Rio de Janeiro, e foi criado à imagem do Instituto Pasteur, de Paris. Chamado popularmente de Palácio das Ciências, ali há produção de vacinas e remédios, inclusive com pesquisas científicas em prol de imunizantes contra a Covid-19. 

Tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em 1981, é possível realizar um tour virtual pelo interior do castelo e pelas áreas externas, além de ter acesso a conteúdos relacionados ao prédio histórico. Vale a visita (virtual)! 

Leia mais:
5 séries para apaixonados por gastronomia
Sons da aurora boreal: se eles existem, por que não há pesquisas científicas sobre isso?

Como é a quarentena obrigatória em um quarto de hotel de aeroporto? Vic Ceridono conta experiência em Londres
Programas imperdíveis para entreter as crianças dentro de casa

PALÁCIOS

Palácio de Buckingham, Inglaterra

Sala do Trono no Palácio de Buckingham: este e outros aposentos podem ser explorados pelo tour virtual oficial (Foto: reprodução/site/royal.uk)

Localizado em Londres, o palácio é a sede administrativa do monarca e a moradia oficial da Rainha Elizabeth II. O suntuoso palácio faz parte do imaginário popular ao sediar celebrações nacionais do Reino Unido, como casamentos reais, jubileus e o Trooping the Colour, marcha que marca o aniversário da rainha. 

Fundado em 1705, o Palácio de Buckingham possui ao todo 775 cômodos, que incluem 19 quartos de Estado, 52 quartos reais e de hóspedes, 188 quartos para funcionários, 92 escritórios e 78 casas de banho. Com o tour virtual é possível passear pela propriedade como uma realeza e conhecer mais detalhes do interior de alguns dos cômodos, como a Grande Escadaria, a Sala Branca, a Sala do Trono e a Sala Azul.

Palácio de Catarina, Rússia

A cor azul junto da arquitetura rococó chama atenção para a fachada do palácio russo (Foto: reprodução/Google Street View)

Tida como a residência de verão dos czares russos, o Palácio de Catarina é uma das construções mais bonitas e imponentes do país, tendo como arquitetura notável influência do rococó em seu exterior e o estilo barroco russo em seu interior. Localizado a cerca de 25 quilômetros ao sul de São Petersburgo, o palácio funciona como um centro histórico que cobre quase 300 anos de história. 

Mesmo não sendo possível visitar virtualmente seu interior, é possível andar pelo parque e pelo pátio principal da atração e adorar detalhes da vultuosa fachada azul do prédio principal bem de perto através do tour virtual oferecido pelo Google Arts & Culture. 

Palácio de Versalhes, França

A famosa Galeria dos Espelhos em Versalhes, um dos salões e cômodos que podem ser visitados sem sair de casa (Foto: reprodução/Google Street View)

Localizado em Versalhes, no subúrbio de Paris, o palácio é uma das atrações mais concorridas da França e um dos exemplos mais deslumbrantes de residências reais remanescentes dos séculos XVII e XVIII. Inaugurado em 1634, entre os anos de 1682, quando Luís XIV se mudou de Paris, até 1789, quando a família real foi forçada a voltar à capital, Versalhes foi o centro do poder do Antigo Regime no país.

A enorme propriedade, que possui uma área de cerca de 8,2 km², é rodeada por uma ampla área de jardins e um grande parque, com canteiros, estátuas, vasos e fontes. O local ainda armazena milhares de importantes obras de arte. Por meio do Google Arts & Culture é possível explorar as partes principais do palácio e ainda conferir os melhores artefatos, passear pelos jardins e entrar na famosa Galeria dos Espelhos.

Palácio Akasaka, Japão

Fachada do Palácio Akasaka a partir do pátio principal no tour on-line (Foto: reprodução/Google Street View)

Construído entre 1899 e 1909, o palácio foi erguido para ser a residência imperial do príncipe herdeiro do país. Atualmente, o local é uma instalação do governo local que serve tanto como atração turística quanto para acomodar visitantes de Estado.

Localizado no distrito de Akasaka, em Tóquio, a edificação possui cerca de 15 km² de área útil, ocupando um terreno de cerca de 117 km². Além do seu exterior, através de um tour virtual pelo Google Arts & Culture é possível conhecer as principais salas e entrar em contato com obras de arte e exposições.

Mais Recentes da CNN