por: Viagem e Gastronomia Viagem e Gastronomia

No Dia Nacional da Coxinha uma seleção deliciosa, das clássicas às mais inusitadas

Dia 18 de maio é dia de celebrar esse quitute que é estrela de vários cardápios, desde receitas com frango desfiado e Catupiry até versões mais diferentonas - tem até com caviar

A coxinha com receita clássica de frango desfiado com Catupiry do Veloso é unanimidade entre os apaixonados pelo salgado
A coxinha com receita clássica de frango desfiado com Catupiry do Veloso é unanimidade entre os apaixonados pelo salgado Leo Feltran

Tina Binido Viagem & Gastronomia

São Paulo

Ouvir notícia

A coxinha antigamente era um salgado guardado apenas para festas infantis e vitrines de botecos, mas conquistou seu espaço e hoje está nos casamentos, menus de restaurantes requintados e é item quase obrigatório em uma mesa entre amigos.

Unanimidade no paladar dos brasileiros, a coxinha tradicional é recheada com frango desfiado, mas algumas casas têm apostado em novas criações que merecem destaque. No dia nacional desse salgado tão amado, celebrado em 18 de maio, trouxemos um roteiro de onde comer coxinhas em São Paulo, das tradicionais até às recheadas com polvo, camarão, pato – tem até com caviar!

E não fique chateado, caro leitor, se a sua predileta não está aqui. Aproveite para conhecer um novo local e se esbaldar com crocantes e saborosas coxinhas.

5 coxinhas tradicionais que conquistaram a fama

Bar da Dona Onça

Coxinha de galinha caipira do Bar da Dona Onça / Mauro Holanda/Divulgação

Há 12 anos aos pés do icônico edifício Copan de Oscar Niemeyer, o Bar da Dona Onça, restaurante-bar de Janaina Rueda é um reduto da boemia e da tradição paulistana. Sua porção de coxinhas de galinha caipira (R$ 31 com quatro unidades) está entre as entradas mais pedidas, sempre bem acompanhada por algum drinque da casa. 

Av. Ipiranga, 200 – CJ 27 e 29, Centro, São Paulo – SP / Tel: (11) 3257-2016 / Horário de funcionamento: segunda a sábado, das 12h às 23h, e domingo, das 12h às 17h. 

Lá na Vó

Lá na Vó tem coxinha tradicional de frango com Catupiry com recheio bem cremoso / Divulgação

O Lá na Vó Sabores de Infância, localizado no bairro Saúde, é uma cafeteria com estilo vintage que causa a sensação de nostalgia, por conta dos diversos itens que remetem à infância, jogos de rua e casa da vovó. No cardápio o destaque fica com a tradicional coxinha de frango com Catupiry (R$ 8,90 a unidade).

Rua Carneiro da Cunha, 397, Vila da Saúde, São Paulo – SP / Horário de funcionamento: segunda a sábado, das 11h às 20h.

Veloso

Entre as coxinhas mais famosas de São Paulo, a do Bar Veloso vem bem recheada e combina com as caipirinhas servidas na casa / Leo Feltran

Impossível falar de coxinha sem lembrar do Veloso, que desde 2005 fica lotado de gente atrás de suas caprichosas coxinhas de frango com Catupiry (R$ 6 a unidade) e caipirinhas bem servidas. Com ambiente informal, que traz um ode à música e ao futebol do passado em suas paredes, chegue cedo para conseguir uma mesa.

Rua Conceição Veloso, 54, Vila Mariana, São Paulo – SP / Horário de funcionamento: terça a sexta, das 17h às 23h30, sábado, das 15h às 23h30, e domingo, das 15h às 22h / Não aceitam reservas.

Frangó

Outro nome famoso no meio das coxinhas, o Frangó Bar funciona desde 1987 e está sempre lotado de gente que atravessa a cidade para aproveitar seu vasto cardápio de cervejas nacionais e importadas e, é claro, suas premiadas coxinhas de frango com Catupiry (R$ 7,90 a unidade ou R$ 49 porção com 10 unidades tamanho aperitivo).

Largo da Matriz Nossa Senhora do Ó, 168, Freguesia do Ó, São Paulo – SP/ Tel.: (11) 3932-4818 / Horário de funcionamento: segunda, das 11h às 21h, terça a sábado, das 11h às 24h, domingo, das 11h às 19h.  

Bar Original

Bar Original está entre os endereços boêmios mais disputados da cidade / Antonio Rodrigues

Desde 1996, o Bar Original é endereço certeiro para amantes de um chopp bem tirado e boas cervejas em ambiente sem frescuras. Para acompanhar, sua coxinha de massa de batata baroa, frango desfiado e Catupiry (R$ 15 o par ou R$ 34 com cinco unidades) ganhou o coração dos frequentadores e é o petisco mais pedido da casa.

Rua Graúna, 137, Moema, São Paulo – SP / Tel.: (11) 5093-9486 / Horário de funcionamento: segunda e terça, das 17h às 24h; quarta e quinta, das 17h à 1h; sexta, das 17h às 2h; sábado, das 12h às 2h; domingo, das 12h às 19h.

Além do frango: coxinhas com diferentes recheios

Fat Cow

Coxinha com recheio cremoso de polvo da Fat Cow / Reprodução Instagram @fatcowbr

Fat Cow, a hamburgueria do chef Luiz Filipe Souza, do estrelado Evvai, e de Fábio Moon, nome conhecido entre os foodies paulistanos e responsável pelo fenômeno de sucesso Jurassic Park Burger Restaurant, oferece uma cremosa e gordinha coxinha recheada de polvo, a tako-xinha (R$ 27 com duas unidades).

Rua Iaiá, 173, Itaim, São Paulo – SP/ Tel.: (11) 3078-8098 / Horário de funcionamento: terça a domingo, das 12h às 16h e das 18h às 23h30. Não abre às segundas-feiras. 

Braza, coxinha de pato com tucupi

Coxinha de pato com tucupi no novo Braza / Mário Rodriguez

O Braza é o novo restaurante do Allianz Parque, aberto no início deste mês, e que traz um menu autoral comandado pelo jovem e talentoso chef Giovanni Renê. Entre suas criações, a coxinha de pato com tucupi e castanha-do-Pará com gremolata de jambu pra tremer a língua tem feito sucesso (R$ 29 com três unidades).
Rua Palestra Itália, 200. Entrada pelo portão A do Allianz Parque, 3º piso / Tel.: (11) 91465-2717 / Horário de funcionamento: terça a quinta-feira, das 12h às 15h e das 17h30 às 22h30, sexta a domingo, das 12h às 22h30. Em dias de jogos e shows verificar a programação.

Fornô, coxinha de camarão e de pastrami desfiado

Coxinha de pastrami do Fôrno / Tina Bini

Fôrno vive repleto de grandes filas no Centro da cidade e é fácil entender o motivo. Entre pizzas, sanduíches e outros pratos bem executados, um dos itens mais pedidos pelos comensais é a coxinha recheada de pastrami desfiado da casa (R$ 42 com quatro unidades) ou a recheada de camarão rosa com cream cheease (R$ 42 com quatro unidades).

Rua Cunha Horta, 70, Consolação, São Paulo – SP / Whats: (11) 98195-7207 / Horário de funcionamento: terça a quinta, das 12h às 16h e das 18h às 24h, sexta e sábado, das 12h às 24h, e domingo, das 12h às 23h. Não abre às segundas-feiras. 

Pateo do Palácio, coxinha chique com caviar

Coxinha com caviar do Pateo do Palácio / Ricardo Dangelo

O Pateo do Palácio é o restaurante ao ar livre dentro do imponente hotel Palácio Tangará. O cardápio conta com assinatura do chef Jean-Georges Vongerichten e do chef Filipe Rizzato e, entre as opções, tem uma verdadeira obra de arte: a surpreendente e cremosa coxinha de frango com aioli e caviar no topo (R$ 96 a unidade).

Rua Dep. Laércio Corte, 1501, Panamby, São Paulo – SP / Tel.: (11) 4904-4072 / Horário de funcionamento: segunda a domingo, das 10h às 24h.

Gran Bar Bernacca, recheio de pastrami

Coxinha com recheio de pastrami / Rubens Kato

Oito anos após a abertura da primeira Bottega Bernacca, os sócios Davide Bernacca e Gerard Barberan inauguraram o Gran Bar Bernacca, com atmosfera mais descontraída e jovem. No menu, itens para compartilhar como a coxinha com massa de mandioca e mandioquinha recheada com pastrami, acompanha molho de pimenta (R$ 20 – 3 unidades).

Rua Amauri, 244, Itaim, São Paulo – SP / Horário de funcionamento: terça e quarta, das 19h às 24h, quinta e sexta, das 19h às 02h, e sábado, das 18h às 02h. Não abre aos domingos e segundas-feiras e não aceita reservas.

Zena, recheio de costelinha ou pato

Zena oferece coxinha com recheio de costelinha ou de pato / Bruno de Lima

O Zena, casa de gastronomia italiana do chef Carlos Bertolazzi, oferece duas opções de coxinhas que fogem do tradicional. A Coxinha di Maiale (coxinha de costelinha de porco) e a coxinha com recheio de pato ( R$ 36 porção com 5 unidades).

Rua Peixoto Gomide, 1901 – Jardins, São Paulo – SP / Tel.: (11) 3082-9362 / (11) 96195-8148 / Horário de funcionamento: terça a domingo, das 12h às 24h.

Casa Tucupi, coxinha de rabada no tucupi

Coxinha de rabada no tucupi da Casa Tucupi / Eduardo Krajan

Embaixada do Acre em São Paulo, a Casa Tucupi nasceu da vontade de trazer para a cidade o sabor dos ingredientes do Norte do Brasil. Comandado pela cozinheira Amanda Vasconcelos, o restaurante na Vila Mariana serve uma coxinha de rabada no tucupi (R$32 com três unidades), recheada com rabo bovino cozido no tucupi com jambu, à moda acreana.

Rua Maj. Maragliano, 74, Vila Mariana, São Paulo – SP / Tel.: (11) 94241-2232 / Horário de funcionamento: quinta e sexta-feira, das 12h às 16h e das 18h30 às 21h30, sábado, das 12h às 21h30, e domingo, das 12h às 17h. 

Chalezinho, fondue de coxinha

Chalezinho criou uma fondue de coxinha / Divulgação

Sim, você não leu errado e a criatividade dos chefs não têm limites. O Chalezinho, restaurante de fondue de São Paulo, resolveu juntar ao seu carro-chefe o quitute mais amado pelos brasileiros e criou uma fondue de coxinha. São coxinhas quentinhas para mergulhar sem moderação no legítimo Catupiry (R$ 49).
Rua Jorge Coelho, 160 – Itaim / Tel.: (11) 94623- 1000 e Rua Itapimirum, 11, Parque Burle Marx, São Paulo – SP / Tel.: (11) 3501-9322 / Horário de funcionamento: domingo a quinta-feira, das 18h às 24h, sexta e sábado, das 18h a 1h.


Mais Recentes da CNN