Conheça os cenários reais de Virgin River, série com paisagens bucólicas

Produção da Netflix se passa na Califórnia, nos Estados Unidos, mas é filmada nos arredores de Vancouver, no Canadá

Cidade de Virgin River, série da Netflix
Placa de boas-vindas à cidade fictícia de Virgin River, da série da Netflix de mesmo nome (Foto: reprodução/YouTube)

Não são só as histórias de amor entre os personagens que chamam a atenção em Virgin River: os cenários são de tirar o fôlego! A terceira temporada da série norte-americana estreou no início de julho no catálogo da Netflix e fez com que o público vislumbrasse mais uma vez lindas montanhas, cabanas aconchegantes e rios charmosos na cidade fictícia de mesmo nome da trama.

A série chegou a figurar em primeiro lugar no Top 10 de produções mais vistas do serviço de streaming em julho, levando muita gente a questionar onde, de fato, são filmadas as apaixonantes cenas. Fun fact: o seriado se passa em uma cidade inexistente no norte da Califórnia, mas as cenas reais foram gravadas no Canadá.

Baseada nos livros de Robyn Carr, a trama segue Melinda Monroe (Alexandra Breckenridge), enfermeira que tenta recomeçar a vida na remota cidade de Virgin River, onde deseja deixar suas memórias dolorosas para trás. Ela descobre, porém, que a vida na cidade bucólica não é tão fácil quanto imaginava. A primeira temporada estreou em 2019 e, desde então, várias reviravoltas comandam a história, mas foram as paisagens bucólicas e a vida na cidade aconchegante que conquistaram o público.

Leia mais
De The Bold Type a Friends: conheça os cenários reais de séries famosas
A Nova York de Sex and the City
Filmes e séries para entender a família real britânica

Onde a série é filmada?

O seriado traz à tona uma combinação de valores norte-americanos e um romance ambientado em meio à natureza, funcionando como uma fuga dos grandes e agitados centros urbanos. Virgin River é aquela típica cidade pequena onde todos os vizinhos se conhecem e onde cada janela tem uma vista para as montanhas e para as estrelas, que brilham durante a noite.

Ambientada no norte da Califórnia, nos Estados Unidos, a série, na verdade, foi filmada nos arredores de Vancouver e em outras partes da Colúmbia Britânica. A província canadense é a mais ocidental do país, situada entre o Oceano Pacífico e as Montanhas Rochosas, o que garante uma diversidade de paisagens, como litorais rochosos, praias arenosas, florestas, lagos, montanhas e planícies gramadas.

O próprio conselho de turismo de Vancouver preparou um roteiro com os pontos reais que aparecem na série. Ou seja, mesmo que Virgin River não exista na vida real, turistas podem ir ao Canadá e se deslumbrar com as paisagens naturais da região.

Um destes cenários verdadeiros é Snug Cove, pequena comunidade na costa leste de Bowen Island, que possui uma população estimada de 3.700 pessoas. A livraria e as ruas principais que aparecem em Virgin River foram filmadas neste charmoso local. De acordo com o conselho de turismo, Bowen Island é repleta de experiências inspiradas em retiros, que vão desde ioga e massagens a caiaque no mar, caminhadas, passeios a cavalo e mergulho.

Caiaques em Bowen Island, no Canadá
Caiaques e embarcações em Bowen Island, pequena e charmosa ilha no Canadá (Foto: Flickr/Province of British Columbia)

Outro local da vida real que aparece na série é Burnaby, cidade que beira os 200 mil habitantes e que faz parte da região metropolitana de Vancouver. É à beira das águas do Burnaby Fraser Foreshore Park que foram gravadas as cenas do food truck da personagem Paige Lassiter (Lexa Doig). Segundo o conselho de turismo de Vancouver, o parque é ideal para passar uma tarde relaxante, com árvores frondosas perfeitas para piqueniques e gramados para jogos com a família e colegas.

Vista aérea da cidade de Burnaby, perto de Vancouver
Vista aérea da cidade de Burnaby, próxima a Vancouver (Foto: Flickr/Province of British Columbia)

A uma hora e meia de carro de Vancouver, Port Coquitlam, cidadezinha de quase 30 km² que fica na margem norte da confluência do rio Fraser e do rio Pitt, também faz uma ponta na série. Ali, a equipe filmou as partes externas do Samz Pub, que aparece como um pub visitado por Melinda e Jack (Martin Henderson) e também um salão de cabeleireiro.

Port Coquitlam, Colúmbia Britânica
Trilha na cidadezinha de Port Coquitlam, na Colúmbia Britânica (Foto: Max Pixel)

Leia mais
Para maratonar: 8 competições culinárias no streaming
5 séries para apaixonados por gastronomia
Michelin lança série sobre como os alimentos chegam à nossa mesa

Cenários específicos

Cabana da Mel

Casa do zelador no Murdo Frazer Park, cenário de Virgin River
Cabana no Murdo Frazer Park durante o inverno em Vancouver (Foto: Wikimedia Commons)

A cabana à beira-mar de Mel é, na verdade, a casa do zelador do Murdo Frazer Park, na costa norte de Vancouver, região conhecida por suas comunidades em meio às florestas. De acordo com a Condé Nast Traveller, a casa existe ali desde 1950 e também já foi cenário para outras produções de Hollywood, como Stargate, Psych e The Flash.

Bar de Jack

Bar do Jack em Virgin River
Watershed Grill, restaurante que serve como cenário externo para o bar de Jack (Foto: reprodução/Instagram)

O Jack’s Bar, onde Mel conhece o dono Jack, é um restaurante real chamado Watershed Grill, estabelecimento que fica em Brackendale, dentro dos limites da cidade de Squamish, a cerca de 64 km ao norte de Vancouver. As cenas no local, porém, só foram externas – aquelas dentro do bar foram filmadas em estúdio. Mesmo assim, ali há lindas paisagens que dão para o rio Squamish, sendo um ponto também para avistar águias.

O restaurante da vida real serve salmão selvagem, frutos do mar, tacos e hambúrgueres caseiros, tudo isso de frente para as águas.

Consultório do Dr. Mullins

Casa em New Westminster, no Canadá, cenário para Virgin River
Casa que serve como cenário da clínica do Dr. Mullins em Virgin River (Foto: reprodução/site/Lori Fralic Realtor)

A clínica familiar real do personagem Vernon Mullins (Tim Matheson), onde Mel passa a trabalhar na série, está localizada na 122 First Street na cidade de New Westminster, segundo a Condé Nast Traveller. É na verdade um casarão no estilo Queen Anne e foi construída em 1889. A mansão possui quatro quartos e estava à venda por US$2,1 milhões até pouco tempo atrás.

A poucos passos do Queen’s Park, a casa possui ainda três banheiros, duas escadas, uma grande varanda e amplos jardins.