Vai viajar no feriado? Saiba como tirar o Certificado Nacional de Vacinação

Documento digital é emitido pelo Ministério da Saúde e comprova o ciclo vacinal completo contra a Covid-19

Aircraft takes off from Santos Dumont Airport, Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brazil.
Aircraft takes off from Santos Dumont Airport, Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brazil.

Ouvir notícia
Foto: Getty Images

A Finlândia, a Suíça, Ilha Bahamas, o Canadá e o Marrocos são alguns dos destinos que abriram recentemente suas fronteiras a brasileiros e pedem, dentre outras exigências, um comprovante vacinal completo. Mas você sabe o que é exatamente esse certificado e como obtê-lo?

O Certificado Nacional de Vacinação é um documento emitido pelo Ministério da Saúde que comprova a vacinação completa contra a Covid-19 de cada cidadão. A declaração pode ser obtida por qualquer pessoa através do site ou do aplicativo do Conecte SUS Cidadão. Ela é uma comprovação legal de conclusão do esquema vacinal e pode ser utilizada pelos turistas que planejam viajar tanto dentro do território nacional quanto a países que já abriram suas fronteiras para brasileiros, mas pedem um comprovante de vacinação. As informações são da Agência Brasil e do Governo.

O certificado não tem validade internacional. Fica sob decisão de cada país decidir se aceita ou não o documento. O recomendado é que o viajante consulte a embaixada de seu destino e conheça suas normas de ingresso. Ao menos 1,8 milhão de brasileiros já emitiram o seu, de acordo com dados analisados pela CNN com base da International Air Transport Association.

Leia mais
Fronteiras abertas: veja alguns países que já permitem ingresso de brasileiros
Tempos de Covid-19: o que você precisa saber antes de viajar

As 20 melhores companhias aéreas do mundo para viajar em 2021
Brasileiro que visitou todos os países em tempo recorde parte para nova aventura pelo mundo

Emitindo o certificado

O site do Governo brasileiro detalha o passo a passo para a emissão: uma vez no aplicativo ou no site do Conecte SUS Cidadão, busque o ícone ‘vacina’ no menu >> clique >> veja as doses administradas, abra o detalhamento das doses e clique no botão emissão do certificado. Após 1 minuto, o turista poderá visualizar, salvar e imprimir o seu certificado. O serviço é gratuito.

O documento apresenta informações como dados cadastrais do vacinado (nome, data de nascimento, sexo, CPF), data e horário da emissão, dados de autenticação do certificado, e informações sobre as doses de vacinas administradas (data de aplicação, instituição responsável pela fabricação ou importação da vacina, nome da vacina, descrição da dose, lote e estabelecimento de saúde.

No momento, este documento é válido somente em território nacional e tem validade de doze meses a partir da data de emissão, de acordo com o site governo.

Mais Recentes da CNN