Castelo do Drácula distribui vacinas contra Covid-19 para visitantes

Local histórico na região da Transilvânia tem aplicado doses da Pfizer como parte da campanha de vacinação do país

Foto do Castelo de Bran, conhecido como a casa do Drácula
Visão externa do Castelo de Bran, conhecido no imaginário popular como a moradia do Conde Drácula (Foto: Wikimedia Commons)

Um dos símbolos da Romênia, o Castelo de Bran, conhecido como a casa do personagem Drácula, tem feito manchetes por outro tipo de picada em 2021: o local tem distribuído vacinas gratuitas contra a Covid-19 aos visitantes do destino histórico.

A administração do castelo anunciou que aplicará doses da vacina da Pfizer BioNTech aos finais de semana do mês de maio como parte da chamada Maratona de Vacinação. A iniciativa integra a campanha de vacinação em massa contra a doença no país e foi anunciada no fim da semana passado com um post no perfil do castelo no Facebook.

Brincando com o imaginário popular, o anúncio traz uma arte que imita a boca de um vampiro, mas no lugar de dentes pontiagudos há seringas de vacina. De acordo com as informações oficiais, os beneficiários que tomarem a vacina receberão um “diploma de vacinação no Castelo de Bran”, e terão acesso gratuito à Exposição de Instrumentos Medievais de Tortura.

Campanha de vacinação no castelo de Drácula, na Romênia
“Quem tem medo da vacina? Tenha coragem!”, diz a propaganda para vacinação do Castelo de Bran (Foto: reprodução/Facebook)

Leia mais
Passeie online por castelos e palácios históricos
Das Bahamas à Disneylândia, destinos estão abrindo suas fronteiras
Turistas vacinados dos Estados Unidos poderão aproveitar o verão na Europa

Com uma população estimada em cerca de 19,4 milhões de pessoas, a Romênia já registrou mais de 1 milhão de casos de coronavírus e quase 29 mil mortes por conta da doença desde o início da pandemia, de acordo com dados da Universidade de John Hopkins.

Até o momento, 2,31 milhões de pessoas no país já foram totalmente vacinadas, o que representa 11,9% da população, segundo dados compilados pela Our World In Data. Uma pesquisa divulgada pela ONG Globesec em março deste ano revelou que, entre dez países da Europa Central e Oriental, a Bulgaria e a Romênia possuem os mais altos índices de rejeição da vacina: cerca de 49% da população romena tem inclinação a “definitivamente” não se vacinar.

Localizado na fronteira entre as regiões da Transilvânia e da Valáquia, o castelo foi erguido no meio de uma floresta no século XIII. Acredita-se que o Conde Drácula, vampiro do clássico livro lançado em 1897 por Bram Stoker, tenha sido inspirado pelo príncipe Vlad Tepes, governador sanguinário conhecido como “O Empalador” que pode ter utilizado o castelo em várias ocasiões ao longo de seu reinado.

Caso queira conhecer mais sobre o castelo, é possível ver detalhes em 360º de seu interior através de um passeio virtual oferecido pelo Google. Quem quiser aprofundar a visita, o site oficial da propriedade oferece vídeos imersivos nos cômodos do castelo.