Guia Prático de Jericoacoara, no Ceará

Prepare-se para se encantar por dunas, areias e paisagens coloridas pelo sol, mar cristalino e clima tranquilo. Uma viagem para não esquecer jamais. Malas prontas?

Jericoacoara é um dos destinos mais requisitado por turistas do mundo inteiro no Ceará
Jericoacoara é um dos destinos mais requisitado por turistas do mundo inteiro no Ceará Allan Ferreira, CC BY-SA 3.0 , via Wikimedia Commons

CNN Viagem & Gastronomiado Viagem & Gastronomia

Ouvir notícia

Um dos lugares mais requisitados para quem visita o Ceará, Jericoacoara é dona de um dos pores do sol mais bonitos do Brasil. A cerca de 300km de Fortaleza, a famosa vila pertence ao município de Jijoca, que junto com o de Santa Cruz e Camocim compõem o Parque Nacional de Jericoacoara, repleto de belezas naturais para visitar e se encantar.

Quem estiver programando uma viagem à Jeri se prepare para cenários de grandes cartões postais e pontos instagramáveis, como a Pedra Furada, a famosa rocha com um buraco no meio “esculpido” pelas águas do mar -,  e a Lagoa do Paraíso, cheia das inconfundíveis redes sobre as águas cristalinas, que te convidam para deitar e curtir uma tarde gostosa.

É lá também que passeios de quadriciclo, buggy e até de helicóptero podem ser feitos para desfrutar das paisagens paradisíacas que o destino reserva – seja pelo céu ou pelas enormes dunas.

A Vila de Jericoacoara, em Jijoca, vive do turismo o ano todo. E é lá que estão concentrados os principais hotéis, pousadas, bares e restaurantes. Em altas temporadas, como férias, feriados e especialmente no ano novo, ela fica lotada de pessoas de todas as partes do mundo, que vão em busca de boa comida, bons drinques e ficam encantadas com o charme, tranquilidade e beleza do lugar – fora a simpatia e receptividade dos moradores.

Taxa de turismo sustentável

É importante lembrar que para ingressar na Vila é cobrada uma taxa de “Turismo Sustentável”, no valor de R$ 30,00. Ela é cobrada por visitante para uma estadia de até sete dias e o comprovante precisa ser mostrado a cada entrada no local. A dica é tirar uma foto e deixar na galeria do celular para não perdê-lo e estar acessível sempre que for solicitado.

O pagamento pode ser efetuado antecipadamente, por este link, ou na entrada da Vila de Jericoacoara, que funciona 24h. Segundo o site da Prefeitura Municipal de Jijoca, essa cobrança tem como fato gerador o impacto ambiental do uso efetivo ou potencial dos seus visitantes. “Proteger, manter e cuidar do patrimônio natural da vila de Jericoacoara é responsabilidade de todos”, diz o informativo sobre a taxa, que é isenta para algumas pessoas (acesse este link e veja as exceções).

Assistir ao pôr do sol em Jericoacoara é uma das grandes atrações / Foto: Pedro Amorim para o Unsplash

Como chegar?

Por muitos anos, chegar a Jericoacoara era sinônimo de dificuldade. Até há pouco tempo, havia praticamente uma forma partindo de Fortaleza: pegando um transfer ou um carro até Jijoca e, de lá, fazer o último trajeto em veículos apropriados para andar na areia (4×4 ou uma jardineira) para, enfim, chegar até a Vila. Essa opção, claro, ainda existe, mas hoje é a mais demorada (cerca de sete horas saindo de Fortaleza).

Hoje, é possível fazer todo esse trajeto de carro (ainda 4×4), mas direto de Fortaleza a Jeri, passando pela Praia do Preá (são cerca de 12km feitos na areia). É bom destacar que é recomendado fazer esse trajeto em carros credenciados. Os preços variam entre R$ 550 a R$ 900 por veículo, dependendo da quantidade de pessoas e também empresa.

Por último, a mais recente e mais cômoda opção: descer no aeroporto de Jericoacoara, que fica a cerca de 40 minutos de carro da Vila. Inaugurado em 2017, ele já recebe voos vindos de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Recife, Brasília e Fortaleza. Em alta temporada, as companhias Azul, Gol e Latam costumam disponibilizar voos diários (é necessário checar quais trechos cada uma faz. A Latam, por exemplo, só parte de Guarulhos). Em épocas menos procuradas, eles acontecem por volta de três dias na semana.

O que fazer?

Estar em Jericoacoara é estar rodeado de pontos turísticos naturais, que são os grandes atrativos. Os guias turísticos e empresas da região costumam separar os passeios em dois lados: o leste e o oeste, que reúnem os principais cartões portais do local. É o caso da agência Destino Jerii, que disponibiliza todos os roteiros.

Os passeios geralmente saem em buggies, que acomodam até quatro pessoas. Jardineiras e 4×4 também são opções. Eles costumam partir pela manhã e voltar no meio da tarde. Então, quem deseja visitar todas as paradas de ambos os lados precisa separar pelo menos dois dias de sua estadia para completá-los.

Também é possível optar por um passeio personalizado, caso queira escolher determinados pontos para desbravar com mais calma dia a dia – o preço, entretanto, aumenta.

Vale destacar que ir ao Ceará é garantia de sol durante a maior parte do ano, exceto nos primeiros meses (janeiro, fevereiro e março), que costumam ser os mais chuvosos. Entretanto lá a natureza é quem manda. É necessário ver as condições da maré para decidir a hora exata dos passeios.

Confira os principais atrativos de Jeri:

Duna Pôr do Sol
Jericoacoara é conhecida por seu lindíssimo entardecer. Ver o sol se pondo no mar é uma das experiências mais incríveis que você terá. Todo fim de tarde, dezenas de pessoas saem caminhando da Vila até a famosa “Duna do pôr do sol”, um lugar privilegiado para ver esse show da natureza na Praia Principal. A cena ficará gravada na memória e ainda renderá ótimas fotos.

Pedra Furada, um dos cartões-postais de Jeri / Foto: Nilton Sergio Ramos Quoirin, CC BY-SA 3.0 , via Wikimedia Commons

Pedra Furada
O chamado “lado leste” contempla icônicos pontos de Jerioacoara. Ele passará pela famosa Pedra Furada, uma grande rocha de formação geológica natural, esculpida pela água ao longo dos anos – com grandes fendas e um enorme “buraco” ao meio. Ela está localizada na Praia da Concha. Os buggies, jardineiras e veículos vão até certo ponto do trajeto. Depois, para chegar até ela é necessário caminhar por volta de 30 minutos. Há a opção também de fazer o restante de charrete.

Árvore da Preguiça e Praia do Preá para praticar Kind Surf
Ainda do lado leste, a Árvore da preguiça é outro cartão postal super conhecido de Jeri, chamando atenção por sua forma deitada. Ela é uma verdadeira sobrevivente por suas condições: cresceu no meio das dunas da Praia do Preá e por lá ficou. Com o forte vento característico da região ganhou essa forma inusitada. A parada costuma ser rápida e o ponto faz sucesso entre as fotos dos turistas. A Praia do Preá é outro ponto imperdível do lado leste. Ela, inclusive, é recomendada para quem gosta de praticar kind surf. 

Buraco Azul e passeio de helicóptero 
Já a parada no Buraco Azul é de brilhar os olhos. O ponto turístico é um dos mais recentes da região e ficou conhecido após uma foto viralizar nas redes sociais. Samuel da Silva Feijão, guia e dono da agência  Destino Jerii, conta uma curiosidade: “O buraco foi cavado pela empresa responsável por fazer a estrada de ligação da CE-085 até a Praia do Preá.  Com a retirada de materiais de lá e as fortes chuvas de 2019, ele encheu e se formou uma piscina com uma cor azul turquesa surpreendente”, conta.

Foi assim, então, que o Buraco Azul virou um ponto turístico. É possível fazer um passeio de helicóptero pela região. Ele é contratado na hora e custa em torno de R$ 250 reais por pessoa.

Lagoa do Paraíso
Um dos pontos turísticos mais requisitados, a Lagoa do Paraíso é conhecida pelas diversas redes de praia sob suas águas cristalinas e tranquilas em tons de azul e verde. Ela é de água doce e fica a 30 minutos da vila de Jericoacoara. É lá também que fica uma das barracas mais famosas: The Alchymist Beach Club, que falaremos em breve nas dicas de “onde comer em Jericoacoara”. Além dela, há diversas opções de quiosques para bons drinques e petiscos em volta da lagoa.

Passeio ecológico do Cavalo Marinho
Para quem é fã do fundo do mar, esse passeio é imperdível e dura em torno de meia hora. É necessário pegar um barco que te levará até um “berçário” de cavalos marinhos. Lá, será possível conhecer um pouco mais sobre o animal e suas particularidades além de poder bater uma foto com um deles – é claro, com todas as regras de proteção que regem o local. Esse passeio geralmente é pago à parte e custa em torno de R$ 20.

Manguezal
Do Passeio do Cavalo Marinho, você passará por uma leve aventura de balsa de três minutos até Guriú, onde fica o Mangue Seco. Lá, uma linda paisagem, digna de fotos de porta-retrato, com balanços espalhados pelas lindas raízes do mangue

Dunas Tatajuba e Lagoa Grande
Esse passeio promete fortes emoções para aqueles que gostam de frio na barriga. O trajeto de buggy até chegar às Dunas de Tajajuba é repleto de sobe e desce e muito vento no rosto. Para os mais aventureiros, é lá também que tem uma tirolesa e um tobogã que caem nas piscinas naturais do local.

Na parada, na Lagoa Grande, outra experiência interessante. O lugar é conhecido pelos “cardápios vivos”, em que os chefs apresentam as opções direto na mesa e você pode escolher de acordo com o que mais te apetecer. Vale a pena conhecer!

Onde comer?

Tamarindo

Restaurante Tamarindo é um dos mais famosos de Jeri. Seu ambiente é arborizado e acolhedor (Foto: reprodução Instagram)

Um dos restaurantes mais procurados e famosos de Jeri, o Tamarindo abriu as portas em 2009. Bem arborizado e arejado, o local tem um ar charmoso e acolhedor, com luz baixa, móveis em madeira e velas espalhadas pelas mesas, que ficam embaixo de árvores. Aliás, o grande símbolo do local é um pé de tamarindo, que não poderia faltar e faz sucesso entre os visitantes.

Um dos pratos famosos do local é o “Abacaxi”. São camarões marinados no suco de abacaxi com um toque de mostarda, cebola, açafrão, servidos na fruta. Peixes, camarões, lagosta e polvo são encontrados nos mais variados tipos e apresentações.

O Tamarindo não faz reservas e abre apenas para o jantar.

Travessa Ismael, sem número, Praia de Jericoacoara/Telefone: (88) 98108-7888

Sal da praia

Sal da Praia é conhecido por seus frutos do mar fresquíssimos (Foto: reprodução Instagram)

Um lugar para tomar um drinque em um clima praiano. O Sal da Praia é conhecido por sua vasta seleção de peixes e mariscos frescos, que são os carros-chefes da casa. Entretanto, o cardápio é amplo e vai desde entradinhas diversas, passando por carnes, massas até chegar em deliciosas opções para os vegetarianos. O Filet de Peixe a La Belle Meuniere é um dos destaques. Grelhado com molho de camarão, alcaparras e champignon, acompanhado de arroz de brócolis, legumes grelhados e farofa especial.

No cardápio, há uma parte reservada apenas para lagostas. Uma delas é a Lagosta do Chefe, grelhada com o toque especial do chefe, acompanhada com baião cremoso e farofa especial. Os variados drinques também chamam a atenção, como o “Sal da Praia”, que leva tequila, Curaçau Blue, limão e sal. O cardápio completo pode ser conferido neste link.

R. do Forró, 79 – Centro, Jijoca de Jericoacoara/Telefone: (88) 99837-0548

Alchmyst Beach Club
Localizado na Lagoa do Paraíso, um dos pontos turísticos mais procurados por quem vai a Jericoacoara, o Alchmyst Beach Club é opção para quem quer passar o dia com drinques, comida boa e vista para as lindas tonalidades da lagoa. O grupo é conhecido ao redor do mundo e a 18km de Jeri possui uma estrutura completa com bar, restaurante, atividades e área vip.

O Alchmyst Beach Club fica na Lagoa do Paraíso, um dos pontos mais requisitados de Jerioacoara (Foto: reprodução Facebook)

O restaurante está dividido em dois amplos salões (térreo e superior). No último, uma vista privilegiada da lagoa está à espera para saborear pratos regionais e internacionais. Os peixes e frutos do mar, claro, são os protagonistas do cardápio.

Estr. do Paraíso, sem número, Lagoa do Paraíso, Jijoca de Jericoacoara/Telefone: não disponível

Pimenta Verde 

O restaurante Pimenta Verde é caracterizado por seu ambiente aconchegante. Aberto em 2010 em uma esquina até então escondida na Vila de Jericoacoara, ele é bem ventilado e tem área inferior aberta.

No almoço, receitas internacionais, como o filet poivre vert e o polvo à la provençal dão charme ao menu. Mas é claro que os pratos típicos da região, como bobó de camarão, moqueca de polvo, carne de sol com baião de dois e peixada cearense têm seus espaços reservados no cardápio. No jantar, a estrela da noite é o ceviche. Há também diferentes antepastos, moquecas e outras opções com carnes, frutos do mar e pratos vegetarianos.

Rua São Francisco, S/N/Telefone: (88) 99916-0577

Restaurante O Bigode

O Restaurante O Bigode é indicado para quem busca simplicidade, preço bom e fartura. Bem no estilo quiosque de praia, ele foi um dos primeiros restaurantes abertos na Vila. Serve pratos generosos, sempre bem acompanhados seja com arroz, feijão, farofa ou batata frita.

Bar do Bigode é tradicional em Jeri e foi um dos primeiros abertos na Vila. O ambiente é bem simples e as porções para dividir em mais pessoas (Foto: reprodução Instagram)

Os peixes na brasa e camarões fritos ganham destaque – é possível pedí-los na mesma porção para compartilhar – com uma cervejinha gelada, é o ambiente propício para um pós-praia. As caipirinhas e drinques do local também ganham protagonismo no cardápio.

Rua do Forró, 435, Jijoca de Jericoacoara/Telefone: 88 99691-3965

Naturalmente Jeri

Naturalmente Jeri tem crepes deliciosos de massa fina. Pé na Areia e com vista para o mar, é ideal para um fim de tarde (Foto: reprodução Instagram)

Para quem busca algo mais leve para comer, o Naturalmente Jeri é uma ótima opção. Especializado em crepe de massa fininha e com diversos sabores de recheio – doces e salgados -, ele é ideal para um fim de tarde, com pé na areia, vista privilegiada para praia e ambiente charmoso. Há também opções de massas, saladas, sucos e açaí.

Rua da Praia, em frente ao Pôr do Sol/Telefone:(85) 99700-6116  

Onde se hospedar?

Essenza Hotel

Essenza Hotel tem ótima localização e chama a atenção por seus quartos com piscinas privativas (Foto: reprodução Facebook)

O Essenza foi um dos primeiros hotéis “instagramáveis” de Jericoacoara e tem vista direta para a Praia Principal. Cinco estrelas e bem perto da Duna Pôr do Sol (cerca de 300m), ele possui duas categorias de acomodação. A mais requisitada – e também mais cara – é a com a piscina privativa na varanda, marca registrada do hotel.  A outra não fica pra trás e te dá acesso direto à piscina da área comum.

Caso não queira sair do local para jantar – apesar de ser apenas 100m do Centro da Vila de Jerioacoara -, o hotel possui um restaurante de cozinha internacional.

Av. Beira Mar, sem número, Jijoca de Jericoacoara/Telefone: (88) 98158-5612

My Blue Hotel

Também com excelente localização – bem próximo ao centro da Vila – o My Blue Hotel conta com 80 quartos e suítes amplas, algumas com vista para o mar. Sua área comum tem duas piscinas, duas hidromassagens – sendo uma delas com vista panorâmica -, spa, sauna, academia, sofá lounge na praia e bar de praia com serviço de cadeiras e toalhas.

My Blue Hotel tem ampla área verde e encanta por suas instalações (Foto: reprodução Instagram)

Mas o que mais chama atenção é sua área verde e também sua preocupação ambiental. Segundo o hotel, ele foi construído com impacto mínimo, integrando a rica vegetação sem derrubar nenhuma árvore nativa e plantando novas vegetações.  Só uma pequena porção do terreno foi usada para construção, deixando aproximadamente 75% da área natural. São também utilizados painéis solares para economizar a energia. Os jardins ornamentais com árvores seculares, de fato, encantam os hóspedes.

Av. Ismael, sem número, Jijoca de Jericoacoara/Telefone: (88) 98158-4737

Vila Kalango

Vila Kalango mantém em sua estrutura os coqueiros centenários típicos da região e é totalmente integrada à natureza local (Foto: reprodução Facebook)

Colada à Duna do Pôr do Sol, a pousada Vila Kalango mantém em sua estrutura os coqueiros centenários típicos da região e é totalmente integrada à natureza local – São 5 mil m² de coqueiros e cajueiros preservados à beira-mar. Bem charmosa e luxuosa na medida certa, ela possui 24 acomodações que são divididas em apartamentos, bangalôs e palafitas. Todos com características próprias que podem ser conferidas neste link.

A pousada foi construída com materiais que homenageiam a região. São madeiras como o cumaru e a massaranduba, ou até as cascas de coco reaproveitadas no jardim.

Já a gastronomia não fica para trás. O restaurante do local, o Vila K, tem ampla área aberta, vista para o mar e oferece jantares especiais a luz de velas, com música ao vivo e menu completo, composto de entrada, prato principal e sobremesa. As reservas podem ser feitas diretamente com a concierge. A cozinha mistura a culinária local com a criatividade dos chefs.

Rua Angela Marques, 30, Jijoca de Jericoacoara/Telefone: (11) 98629-4354

La Villa

A pousada La Villa Jericoacoara pode ser definida como um refúgio no meio de outro, que é a própria Jeri. Apesar da boa localização, entre o mar e as dunas do Parque Nacional e à beira da Vila, ela é mais afastada do centro e seus agitos, tornando-se um verdadeiro paraíso para quem busca tranquilidade em sua estadia.

La Villa Jericoacoara tem ambiente tranquilo, longe de agitos (Foto: reprodução Instagram)

A arquitetura refinada está presente em todos os seus charmosos bangalôs. O ambiente acolhedor é espalhado por todos os locais da pousada, que conta com uma ampla piscina, bar, spa e outros atrativos.

No restaurante, uma seleção de pratos diversos e saudáveis. Não deixe de pedir também os drinques do local, que vão desde clássicos até os mais exóticos.

Para quem busca mais exclusividade, há também está à disposição casas privativas, chamadas de vilas, que possuem estrutura e piscina própria – em diferentes localizações. Mais detalhes podem ser conferidos no site do La Villa Group.

Rua Nova Jeri, 17, Jijoca de Jericoacoara/Telefone: (88) 99911-0253


 

Mais Recentes da CNN