Restaurantes italianos imperdíveis em Paris, por Daniela Filomeno

A gastronomia na Cidade Luz vai muito além das baguetes e batatas fritas. Endereços tradicionais ou novidades quentíssimas; descubra restaurantes italianos que são uma passagem sem escala para o país da bota

Daniela Filomeno no salão do Le Stresa, tradicional restaurante italiano na capital francesa
Daniela Filomeno no salão do Le Stresa, tradicional restaurante italiano na capital francesa Daniela Filomeno

Daniela Filomenodo Viagem & Gastronomia

Ouvir notícia

Mesmo com culturas diferentes – mas igualmente fascinantes – , a Itália nunca esteve tão presente em Paris como agora. Restaurantes italianos de inspiração das mais diversas regiões do país dão um show de gastronomia apurada em plena capital francesa.

São casas já tradicionais e outras várias novidades fresquíssimas que agitam a culinária local. Com isso, pude provar em minha última viagem a Paris que, mais uma vez, a cidade é um destino delicioso e completo para o turismo gastronômico.

Inaugurados na década de 1950 ou ainda no primeiro semestre de 2021, compartilho indicações de restaurantes italianos em Paris para aqueles que, assim como eu, nunca dispensam uma boa massa – e tudo mais de apetitoso que a Itália tem a oferecer.

Le Stresa

daniela filomeno le stresa
Massa do Le Stresa: delícias italianas do menu enxuto são servidas num pequeno e tradicional salão / Foto: Daniela Filomeno

Fundado em 1951, o restaurante já é um veterano na cidade – e de minhas viagens à Paris. Ao adentrar a porta você já ouvirá o italiano como língua dominante no pequeno salão. As mesas são coladas umas nas outras, as cadeiras são avermelhadas e há grandes espelhos nas paredes.

A culinária no Le Stresa é feita de acordo com as estações do ano, utilizando ingredientes frescos para trazer ainda mais sabor às criações. O enxuto menu conta com iguarias, como a alcachofra morna, spaghetti ao vôngole e pratos do dia, todos recitados pelo simpático Tony, como a pasta fresca com trufas.

Não deixe de coroar a experiência com o tiramisù ao final da refeição. E um lembrete: o restaurante não abre aos finais de semana.
Endereço: 7 Rue Chambiges, 75008 Paris, França

Bambini

bambini paris
Entrada do Bambini, novidade em Paris localizada dentro do centro de artes Palais de Tokyo / Foto: reprodução/Instagram/@bambini_restaurant

É uma novidade no Palais de Tokyo, espaço de arte moderna e contemporânea próximo ao rio Sena. O Bambini abriu em maio e traz um cardápio focado em porções para dividir, como um verdadeiro aperitivo italiano.

Do mesmo grupo do Girafe e Mun (outra novidade asiática da cidade), o restaurante traz pizzas, como as com vários queijos e a de abobrinha, e drinques, como o italiano Bellini e Aperol Spritz. Também há o melhor dos pratos italianos tradicionais, como rigatoni carbonara, fetuccine al tartufo e costeletas de vitela e spaghetti com almôndegas.

Descolado, o Bambini se diz uma “neocantina” italiana, ideal para passar uma noite com amigos, apreciar brunches com a família ou até mesmo fazer uma reunião de negócios durante o dia.

Seu interior conta com grandes lustres e mesas altas e baixas com diferentes tamanhos e formatos. Do lado de fora, mesas ficam dispostas com guarda-sóis nos dias mais ensolarados.
Endereço: 3 Avenue du Président Wilson, 75016 Paris, França

Ischia

agnolini com ricota ischia paris
Agnolini com ricota do Ischia, restaurante do renomado chef Cyril Lignac com inspiração na ilha italiana de Ischia/ Foto: reprodução/Instagram/@cyril_lignac

Outra novidade quentinha na Cidade Luz. Do premiado chef Cyril Lignac, personalidade da TV francesa e autor de vários livros culinários, o Ischia abriu as portas em maio no mesmo lugar do antigo Le Quinzième, que tinha uma estrela Michelin.

O nome do próprio restaurante anuncia logo de cara que houve uma inspiração direta na ilha italiana de Ischia (ou Ísquia), que fica no golfo de Nápoles, bem ao sul do país.

A nova casa do badalado chef traz um menu mais descomplicado, com pizzetas, pastas – como os raviolis de lagostim; carnes – como a tagliata; e carpaccios. Para finalizar, queijos, panna cotta, tiramisù e sorvete italiano preenchem o cardápio.

O interior do Ischia possui duas áreas principais, cada uma dominada por um balcão de mármore italiano.
Endereço: 14 Rue Cauchy, 75015 Paris, França

Daroco Bourse

daroco bourse paris
Ambiente interno do Daroco Bourse com suas mesas de mármore verde e clima descontraído /Foto: reprodução/Instagram/@daroco_paris

Descolado, moderninho e um ambiente sofisticado. Assim é o Daroco Bourse, uma verdadeira “trattoria para os tempos modernos”.

Assim como outras casas desta lista, a maioria dos pratos pode ser compartilhado, em que predominam gostosos antepastos, boas massas, pizzas napoletanas e outros acompanhamentos apetitosos.

O interessante é que o restaurante está instalado nas antigas oficinas de costura do estilista Jean Paul Gaultier, em que o teto espelhado reflete o mármore verde das mesas e as altas colunas de concreto. Parte da cozinha é aberta, onde é possível checar os pizzaiolos colocando a mão na massa.

O grupo possui outros dois restaurantes na cidade: o Daroco 16, um bar de drinques e pratos rápidos (destaque para as pizzas), e o bar de coquetéis Danico.
Endereço: 6 Rue Vivienne, 75002 Paris, França

Langosteria

langosteria paris
King Crab do Langosteria, novo restaurante parisiense que já conta com uma casa de sucesso em Milão, na Itália/ Foto: divulgação

O Langosteria já é um famoso restaurante de frutos do mar de Milão, na Itália. Agora, a filial da casa acaba de ser aberta dentro do novíssimo hotel Cheval Blanc, à beira do rio Sena. É o primeiro restaurante do grupo fora da Itália, que comanda ainda uma unidade na baía de Paraggi, na província de Gênova.

O novo restaurante fica no sétimo andar do luxuoso hotel, com uma vista incrível para a Cidade Luz. A casa traz sofisticação com um menu mediterrâneo inspirado nos mercados sazonais e nas combinações entre massas, mariscos e peixes, um perfeito mix do campo e do oceano.

Entre as pedidas das massas estão spaghetti al pomodoro e gnocchetti com camarão vermelho siciliano, tomate amarelo datterini e manjericão.

Já entre os peixes e frutos do mar, destacam-se carpaccio de atum vermelho, berinjela defumada, tomate seco e manjericão, assim como combinações de ostras, camarões vermelhos da Sicília e lagostins.
Endereço: Cheval Blanc, 8 Quai du Louvre, 75001 Paris, França


Mais Recentes da CNN