por: Viagem e Gastronomia Viagem e Gastronomia

O que visitar em Praga, na República Tcheca

Ouvir notícia

Praga, a capital da República Tcheca, é um convite para viajar no tempo. Caminhar e se perder por suas ruas históricas é uma delícia, sem deixar de conhecer alguns pontos turísticos, daqueles que aparecem em todos os guias e cartões postais da cidade.

A cidade respira história, entrelaçada por guerras, revoluções, ocupações e transformações políticas. Listamos abaixo os locais obrigatórios para os turistas de primeira viagem na incrível Praga, a cidade das cem torres.

Dizem que o coração de Praga é a Praça da Cidade Velha, e realmente é impossível andar pelas ruazinhas do centro histórico e não cair na grande praça (praticamente todas as ruas levam à ela!). A Praça da Cidade Velha é historicamente um local onde a população sempre se reuniu. Por este motivo, era para abrigar a Catedral de Praga (hoje a Catedral de São Vito). O objetivo da igreja era aumentar a penetração do catolicismo, já que a grande maioria da população era (e continua) ateia.

praga-praca

Acontece que a igreja foi construída anos depois da Praça e acharam que – com o andar da obra – tirariam as casas dos nobres da frente, coisa que notadamente não aconteceu. A solução do Rei foi transferir a Catedral para o Castelo e, depois de muitas negociações, conseguiram uma pequena passagem entre as casas para dar acesso à Igreja.

igreja-praca-praga

É aqui que fica o prédio da prefeitura, com sua enorme torre, e o famoso Relógio Astronômico, que há séculos mostra impecavelmente não só o tempo e a data, mas também a posição do Sol, as fases da Lua, os ciclos astronômicos e os feriados do calendário cristão. Os turistas se reúnem na sua frente, de hora em hora, onde o cuco aparece.

relogio-astronomico-praga

Ponte Carlos, talvez o principal símbolo de Praga, que liga os bairros de Staré Mesto e Malá Strana. Observar o pôr do sol daqui e ver o vai e vem dos turistas é algo imperdível.ponte-carlos-praga

Castelo de Praga, entre os três maiores castelos do mundo está o de Praga, que apesar dos incêndios e invasões que sofreu, preservou Igrejas, capelas e torres de todas as épocas de sua história. Um dia é pouco para ver tudo que o castelo oferece, entre eles a monumental catedral gótica de São Vito, passear nos seus pátios, palácios, museus e jardins e admirar a beleza surpreendente da história milenar do trono dos reis, imperadores e presidentes checos.

castelo-de-praga

Em Praga está Josefov, conhecido como Bairro Judeu. Local de muita importância para a história do povo judaico na Europa. Entre suas atrações estão as belas construções estilo Art Nouveau, as velhas vielas, a Sinagoga Staronavá – com estilo gótico é a mais antiga da Europa, construída por volta de 1270 -, a Sinagoga Klausen, que hoje abriga o Museu Estatal Judaico Franz Kafka Museum e o pitoresco e impressionante cemitério judaico, onde estão enterrados mais de 100.000 judeus.

cemiterio-judaico-pragaNa entrada do bairro judeu, pelo rio, repare na grande construção à sua esquerda. O Rudolfinum, hoje um teatro, já abrigou escritório da Gestapo (a polícia particular do nazismo) e da SS (exército particular do Hitler). Foi construído no séc. XIV, com estilo em neorenascentista, em homenagem a Rudolfo I.

rudolfino-praga

No bairro de Malá Strana está o Palácio e Jardim Wallenstein, esse foi o primeiro grande prédio de estilo barroco da cidade. Quando foi construído, entre 1624 e 1630, a intenção era de ofuscar o brilho do Castelo de Praga. Hoje, o palácio é usado para atividades estatais, mas seus jardins são abertos ao público e valem a visita. Perto do palácio estão as igrejas de S. Nicolau e a Igreja de S. Tomás, outros dois importantes marcos da cidade.

palacio-wallenstein-pragaDentro do Strahov Monastery, em Praga, tem uma das bibliotecas mais impressionantes do mundo. A grande maioria dos livros são de religião, usados para estudo dos monges. Datado de 1138, tem 40 mil livros e uma coleção rara de catálogos do Louvre da França,  presente de Catarina, segunda mulher de Napoleão Bonaparte. Veja matéria completa aqui.

Convento Strahov

Fotos: Daniela Filomeno, Tina Bornstein e Shutterstock

Mais Recentes da CNN