Miniguia prático de Florianópolis, em Santa Catarina

Capital de Santa Catarina, Florianópolis está entre as cidades mais visitadas no sul do país. Fácil entender o motivo: uma beleza estonteante com opções de passeios para todos os gostos e idades

Avenida jornalista Rubens Arruda Ramos, em Florianópolis
Avenida jornalista Rubens Arruda Ramos, em Florianópolis Foto: Eduardo Zmievski/Unsplash

Daniela Caravaggido Viagem & Gastronomia

Ouvir notícia

A ilha, reconhecida por suas belíssimas praias, mescla a realidade de uma cidade de cerca de 500 mil habitantes com a paz de quem tem a natureza como sua grande aliada. Há Floripa para todos os gostos: para aqueles que amam praticar esportes, para os que vão em busca de uma boa gastronomia, para quem gosta de agito ou para quem apenas quer desfrutar dos atrativos naturais que a região oferece.

Leia Mais:

Quando ir?

Se está em dúvidas do período para visitar Floripa, lembre-se de que estamos falando do sul do país, característico por seu severo frio em determinados momentos do ano. Por se tratar de um destino de praia, a época mais procurada da cidade é de dezembro a fevereiro – com boas temperaturas. Durante o período de Réveillon e Carnaval a cidade fica muito lotada e o trânsito é severo, se busca calmaria melhor evitar essas duas datas.

Floripa é um destino múltiplo, com opções de programas para todos os gostos /Foto: Christian von Koenig on Unsplash

Como chegar?

Floripa tem fácil acesso de diversas partes do Brasil, seja para quem vai de avião, ônibus ou carro. A maneira mais simples de chegar é desembarcando no Aeroporto Internacional de Florianópolis – Hercílio Luz -, que recebe voos de São Paulo, Rio de Janeiro, Campinas, Foz do Iguaçu, Porto Alegre, Chapecó, Belo Horizonte e Brasília.

O aeroporto está localizado a 12km do centro da cidade. Para chegar até lá, táxis estão à disposição na porta do desembarque. Também é possível solicitar os serviços pelos aplicativos de carro, comuns na cidade. Desembarcar no aeroporto de Navegantes (cerca de 120km de distância) também é uma opção.

Quem optar por chegar a Floripa de maneira terrestre, a cidade está localizada a cerca de 700km de São Paulo e 1.300km do Rio de Janeiro. As capitais mais próximas são: Curitiba (a 300km) e Porto Alegre (a 480km).

A Rodoviária de Florianópolis tem uma boa estrutura. Recebe mais de 10 mil passageiros por dia e é responsável por mais de 100 rotas. Conta com o apoio de 20 empresas de ônibus, além de oferecer rotas para outros países como Argentina, Uruguai, Paraguai e Chile. As principais empresas de ônibus que operam na Rodoviária de Florianópolis são: Viação Catarinense, Reunidas, Santo Anjo, União, Eucatur, Brasil Sul, Santa Cruz, Kaissara, 1001, Real Expresso, Real Expresso, Penha, Expresso do Sul e Planalto.

Dica: as distâncias entre um programa e outro na ilha não são curtas. Se pretende visitar vários pontos turísticos e praias da região, vale a pena alugar um carro.

O que fazer?

Dos surfistas na praia da Joaquina, aos “baladeiros” que procuram agito na animada Jurerê Internacional e Praia Mole, Florianópolis é o destino que inclui diversas opções de turismo. As 42 praias que cercam a ilha são o grande destaque por suas belezas naturais, mas os passeios e a gastronomia não ficam para trás.

Confira pontos imperdíveis:

 

Ilha do Campeche

Chamada de “caribe brasileiro” por muitos, a Ilha do Campeche impressiona pelas tonalidades de azul da água, areia branquinha e mar calmo, sem ondas.

Para chegar até a ilha, é necessário pegar barcos autorizados para fazer o trajeto. O principal ponto de partida é a Praia da Armação – cerca de 23km do centro de Floripa. O tempo de deslocamento é de aproximadamente 40 minutos e as embarcações costumam levar cerca de 20 visitantes por vez – os preços partem de R$ 70. A Associação dos Pescadores Armação é uma das indicadas para a viagem. Consulte os canais oficiais para mais informações. Dica: em alta temporada, é indicado o agendamento prévio.

Trilhas e mergulhos são o grande atrativo do local, que também possui serviço de aluguel de cadeira e guarda-sol. Para comer, o Restaurante Bacalhau é a opção. Apesar do destaque aos frutos do mar, ele pode agradar a todos os paladares com um amplo cardápio.

Muito esporte na Joaquina e Praia Mole

Um dos pontos mais procurados pelos surfistas – e palco de competições do esporte -, a Praia da Joaquina fica a aproximadamente 15km do centro de Florianópolis e tem cerca de 3km de extensão. O mar bravo, com ondas fortes, e as dunas são as grandes características da região, bastante procurada por quem vai a cidade, principalmente o público mais jovem. A praia é de tombo, com aquela areia grossa que “afunda o pé”.  Lá, é possível encontrar restaurantes pé na areia, bares e lojinhas para levar uma lembrancinha para casa.  Outra atividade encontrada por lá é o “sandboard”, uma espécie de surfe pelas dunas.

Bem próxima à Joaquina, vale a pena visitar a Praia Mole. Apesar de ser considerada uma das mais perigosas pelo mar traiçoeiro, é uma das mais procuradas para o agito e pelo público jovem. Lá também é cenário de competições de surfe, e se seu espírito aventureiro estiver ativado, há à disposição saltos de parapente. Bem próximo de lá, após uma  trilha de aproximadamente 15 minutos, está a Praia da Galheta, uma praia de nudismo opcional. Na Praia Mole também é encontrada uma estrutura de quiosques para petiscar e tomar bons drinques.

Jurerê Internacional

Badalada região de Florianópolis, estar em Jurerê Internacional é estar rodeado de lindas casas de luxo, daquelas sem muros, no melhor estilo “mansão”. Os beach clubs também são bastante procurados por lá – o agito em forma de festas é uma das grandes características do local.

Os restaurantes são uma atração à parte, muitos viram balada após determinado horário, como é visto em muitos países da Europa. Andar por Jurerê por si só já é um agradável passeio.

Santo Antônio de Lisboa

Localizado no norte da Ilha, Santo Antônio de Lisboa é imperdível para quem vai a Florianópolis. A charmosa região  está localizada a cerca de 18km do centro da cidade. Famosa pelas características coloniais açorianas, sua arquitetura é bem característica e seu centrinho histórico, com chão de pedras estilo calçada, é repleto de boas opções de restaurantes e artesanato. O local não perdeu sua essência e é possível viajar no tempo ao entrar no bairro, que não possui prédios.

Os turistas que visitam a região se encantam pelo lindo pôr do sol e pela vista panorâmica para a Baía Norte e também para a famosa ponte Hercílio Luz. A Igreja Matriz Santo Antônio de Lisboa também é outro ponto a ser visitado.

Santo Antônio de Lisboa, em Florianópolis, encanta por sua paisagem / Foto: Eduardo Zmievski/Unsplash

Maratona Internacional Florianópolis

Para os corredores e esportistas de plantão, Florianópolis é conhecida por receber durante o ano algumas provas importantes de diversas modalidades. Uma delas é a Maratona Internacional de Floripa, que originalmente acontece no mês de agosto. Este ano, a prova será em novembro e receberá atletas de todo o Brasil que buscarão suas medalhas nas distâncias de 10k, 21k ou 42k. Uma ótima forma de conhecer a cidade, com boa estrutura e organização para superar seus desafios. Confira o trajeto neste link.

Onde comer?

Como uma boa cidade de praia, Florianópolis chama atenção pelas deliciosas opções de peixes fresquinhos à disposição. Tainha, anchova, ostras, camarão, siris e outros frutos do mar são o ponte forte da culinária da capital catarinense. Em 2014, a Ilha ganhou o título de Cidade Criativa na área de Gastronomia pela UNESCO. Foi a primeira cidade brasileira a integrar a seleta lista da Organização. As opções de restaurantes são inúmeras e vale a pena pedir uma dica para cada pessoa que conhece a cidade – sempre haverá uma diferente e deliciosa.

Confira quatro delas:

O Timoneiro

Localizado na Barra da Lagoa, uma das charmosas e imperdíveis praias de Florianópolis, o Restaurante O Timoneiro tem um agradável ambiente, com uma vista privilegiada e mesinhas no deck. Os frutos do mar são os protagonistas do cardápio, com destaque para a sequência de camarões. De prato principal, o “Camarão à Timoneiro” traz grandes camarões empanados em flocos de coco, acompanhados de arroz à grega, legumes salteados na manteiga e batatas sautée (R$267) e costuma fazer sucesso.

Há diversas opções de entradinhas para compartilhar, que vão desde ostras gratinadas (R$ 27 – 6 unidades) até o “Petisco à Timoneiro”, que reúne camarões e lulas à milanesa, isca de peixe e batatas fritas (R$ 125). Todas as opções podem ser conferidas no cardápio do restaurante, disponível neste link.

Restaurante O Timoneiro fica na Barra da Lagoa, charmosa praia de Florianópolis / Foto: reprodução Facebook

Rua Laurindo José de Souza, 205 – Barra da Lagoa/Telefone: (48) 3204-4084

Ostradamus 

O Restaurante Ostradamus tem uma história interessante: foi idealizado por Jaime José de Barcelos em 1997, inicialmente como uma lanchonete que vendia sorvetes, caldo de cana, água de coco e cachorro quente. Com o aumento da produção de ostras na região, o chef, que antes trabalhava em uma oficina mecânica, resolveu apostar na ampliação do local para atender a procura e demanda constante de turistas. A aposta deu certo e, hoje, o Ostradamus possui duas unidades em Florianópolis.

O amplo cardápio chama atenção por suas diversas opções de frutos do mar. Mas é claro que as ostras são as grandes protagonistas: são mais de 10 opções, que vão desde cozidas no vapor (R$ 54 – dez unidades) até as defumadas com especiarias, gratinadas com molho branco e queijo cheddar (R$ 48 – cinco unidades). Confira todas as opções aqui.

Elas são cultivadas e depuradas pelo próprio restaurante. Conheça todo o processo até ser levada à mesa no site do restaurante.

Ostradamus tem mais de 10 opções de Ostras para os fãs da iguaria / Foto: reprodução Facebook

Rua Des. Pedro Silva, 2314 – Coqueiros/Telefone: (48) 3771-5377
Rod. Baldicero Filomeno, 7640 –  Freguesia do Ribeirão da Ilha/Telefone: (48) 3337.5711

Acqua Jurerê

Localizado no primeiro posto de praia, do lado direito de Jurerê Internacional, o Acqua Jurerê é um restaurante pé na areia sofisticado. Mesas e sofás acomodam os clientes, que também têm à disposição uma estrutura na praia com chaise longue, mesa e guarda-sol públicos e gratuitos – com atendimento exclusivo de garçom. O ambiente é o grande atrativo do local, com música e vista privilegiada.

O menu, desenvolvido pelos chef peruanos Hugo Olaechea e Sarah Sanchez, traz referências mediterrâneas. Para começar, o Tartar Salmão Citron é uma das opções (R$ 65). Já o Linguine com lagosta grelhada serve duas pessoas (R$ 398) e é uma das sugestões da casa como prato principal. Confira todas as opções neste link.

Linguine com lagosta grelhada é uma das sugestões do Acqua Jurerê / Foto: reprodução Instagram

Villa do Porto

Em um charmoso sobrado de 1840, localizado em uma esquina do bairro do Santo Antônio de Lisboa, o Villa do Porto é outra referência quando o assunto é um bom fruto do mar. Seu nome vem de uma simpática vila Açoriana, na Ilha de Santa Mônica. Em Floripa, a modernização do espaço acontece sem perder a essência e os pratos são releituras de pratos típicos dos colonizadores desta região. Uma das opções é o bacalhau à lagareiro, assado com pimentões, tomate, cebola, azeitonas e regado ao azeite de oliva – acompanha arroz com amêndoas (R$ 175). O amplo cardápio ainda reúne opções de peixes, camarões, moquecas, polvo, além das diversas sugestões de entrada.

Outra sugestão de prato principal é o Camarão Mineiro. São camarões com molho de queijo, batatas laminadas, cogumelos frescos, tomate cereja, gratinados com queijo – acompanha arroz (R$ 169). Confira o menu completo neste link.

Bacalhau à lagareiro é uma das opções do menu do Villa do Porto / Foto: reprodução Instagram

Rua Quinze de Novembro,123 – Santo Antônio de Lisboa/Telefone: (48) 3234-1000

Onde se hospedar?

Por se tratar de uma cidade turística, Florianópolis tem diversas opções de hospedagem. Os hotéis estão distribuídos em toda a Ilha. O melhor lugar para ficar se torna relativo. É necessário entender o objetivo da viagem: se o hotel será apenas um ponto para descansar depois de passeios do dia ou se pretende aproveitá-lo na totalidade, incluindo suas áreas de lazer.

Confira algumas sugestões:

Costão do Santinho

Um dos resorts mais famosos da região – se não o mais – o Costão do Santinho está localizado na Praia do Santinho, ao norte da Ilha, desde 1991 – bem próximo à Praia dos Ingleses. Para chegar do aeroporto, é necessário percorrer 45km.

Ele possui diversos tipos de acomodações, com quartos de diferentes tamanhos e as chamadas “Villas Portuguesas”, que são recomendadas para quem vai ficar mais tempo ou para quem vai com um grupo maior de pessoas. Nelas são encontradas estruturas de casas, com opções de um até quatro dormitórios, incluindo sala de jantar, cozinha completa e até serviço de churrasqueira.

A estrutura do resort conta com cinco restaurantes, quatro bares e uma boate. Para lazer, tem um complexo de nove piscinas, quadras para prática de diversos esportes, academia, spa, entre outros. O sistema é All Inclusive, com todas as refeições, snacks, petiscos, sanduíches durante o dia nos bares da piscina e bebidas. Para mais informações, acesse o site do local e conheça os pacotes oferecidos.

Costão do Santinho oferece estrutura completa de lazer e sistema all inclusive em Florianópolis / Foto: reprodução Facebook

Estrada Vereador Onildo Lemos, 2505 – Praia do Santinho/Telefone: (48) 3261-1000

IL Campanario Villaggio Resort

Em Jurerê Internacional, o Il Campanario Villaggio Resort oferece uma estrutura completa de resort para a estadia. Possui piscinas, academia, sauna, área de lazer para crianças e recreação, serviço de praia com toalhas, cadeiras e guarda-sol, bar na piscina e restaurante. Ele está localizado a poucos metros do mar e próximo aos principais beach clubs, do Jurerê Open Shopping e do Jurerê Sports Center, bem no “fervo” de Jurerê.

Há diferentes tipos de acomodações que podem ser conferidas no site.

IL Campanario Villaggio Resort oferece estrutura completa em Jurerê Internacional / Foto: reprodução site oficial

Avenida dos Búzios, 1760/Telefone: (48) 3331-7200

Jurerê Beach Village

Outra opção em Jurerê Internacional é o Jurerê Beach Village. Suas acomodações oferecem estrutura de casa, com cozinha equipada e varanda privativa – são 244 ao todo. A área de lazer conta com piscina, saunas, salão de jogos, academia. Na parte gastronômica, três restaurantes estão à disposição oferecendo culinária nacional e internacional. O café da manhã está incluso nas diárias. Para mais informações, como preço de pacotes e serviços completos, acesse o site.

Jurerê Village Beach tem 244 acomodações com cozinha equipada para a estadia / Foto: site oficial

Alameda César Nascimento, 646/Telefone: (48) 3331-7200


Mais Recentes da CNN