por: Viagem e Gastronomia Viagem e Gastronomia

Miniguia de Brotas, a cidade do ecoturismo no interior de São Paulo

Com as férias de julho chegando, o destino é ideal para quem deseja curtir a natureza com a família, praticar esportes como rafting e trilhas, ou ainda aproveitar dias tranquilos em um hotel de charme

Rafting é um dos passeios mais conhecidos de Brotas, estância turística do estado de SP
Rafting é um dos passeios mais conhecidos de Brotas, estância turística do estado de SP Scanes Fotografia

Fred Sabbagcolaboração para o Viagem & Gastronomia

Brotas, São Paulo

Ouvir notícia

Se você, assim como eu, curte fugir um pouco do agito da cidade grande para curtir a natureza em família, a coluna de hoje pode te ajudar.

Com as férias de julho chegando, a busca por destinos perto para uma escapada com as crianças aumenta. E Brotas, no interior de São Paulo, é uma ótima opção.

Tenho uma relação afetiva com a cidade, pois é tradição na minha família ir para lá todo feriado de Páscoa.

Brotas está localizada no centro do estado de São Paulo, à 250km da capital paulista, e chegar lá é muito tranquilo, pois as rodovias são duplicadas e seguras. O acesso a partir da capital é via Rodovia Washington Luís (SP 310).

Hospedagem

Detalhes da fachada da Villa Maria pousada de charme em Brotas / Fred Sabbag

Me hospedei na Villa Maria Brotas, pousada de charme que fica em um imóvel de mais de 50 anos e possui poucos quartos, além de pertencer a uma família muito querida.

Localizada a poucos metros do principal cartão-postal de Brotas, o Parque dos Saltos, e próxima dos principais restaurantes e agências de aventura, os quartos são espaçosos, o serviço é superatencioso e a estrutura tem piscina e jacuzzi, além de um gostoso jardim e um café da manhã digno de novela.

Algumas outras sugestões de hospedagem são o Frangipani Hotel Boutique; o Hotel Fazenda Areia que Canta – que também se destaca com um parque e uma grande estrutura de passeios na natureza dentro da própria propriedade; o Hotel Fazenda Jacaúna; e a Pousada Estalagem de Brotas.

Onde comer e beber em Brotas

Tive uma boa experiência no Vicino della Nonna, restaurante italiano que existe desde 2006 no centro de Brotas. A dica aqui é experimentar a berinjela de entrada (R$ 45), em que as fatias vêm com molho ao sugo e são gratinadas com queijo parmesão.

Na casa, também comi um gostoso carré de cordeiro com molho de hortelã (R$ 115) acompanhado de risoto de gorgonzola e uma massa recheada de queijo meia cura com um ragu de linguiça caseira.

Vale a ida também ao Brotas Zen, um restaurante no meio da natureza perto do Ecoparque Cassorova que serve uma variedade de pratos, como massas, carnes e entradinhas para serem compartilhadas. É um espaço ótimo para fazer uma pausa, comer uma refeição gostosa e curtir o seu grande jardim.

Para os adoradores de cervejas artesanais, a parada é no Brotas Beer, pub com cervejas premiadas da marca produzidas localmente e que podem ser degustadas a partir de várias torneiras – há desde pilsen, red ale, apa, ipa, bock, entre outras.

Unindo restaurante a antiquário e orquidário, o Vila Del Capo também é uma boa parada e uma atração por si só. O local, que fica entre São Pedro e Brotas, serve massas, risotos, carnes e peixes. Os pratos principais dão direito à entrada e sobremesa, e o tom daqui é o slow food. Vale ressaltar que os pets também são bem-vindos.

A fim de um lanche? Vale a paradinha no Da Roça Brotas, que prepara lanches tradicionais e sanduíches da casa, como o com cubos de frango com provolone, catupiry e muçarela no pão francês (R$ 32); o de linguiça de pernil com requeijão de corte (R$ 32) e o com tablete de fraldinha moída (R$ 34). Não deixe de experimentar a maionese da casa, que pode ser comprada e até encomendada.

Interessante é que o negócio também possui um food truck – chamado de Truck da Roça – que estaciona em alguns períodos em São Paulo e região.

E que tal arrematar com um sorvete? Vou desde criança à Sorveteria Bejupri, no centro, que tem algumas delicinhas clássicas, como merengue e sundae, além de sorvetes de massa nas casquinhas e picolés de diversos sabores – como o de laranja com pedaços de frutas.

O que fazer em Brotas

Atividades e agências

Conhecida como a Capital da Aventura por conta de seus variados programas que mexem com nossa adrenalina, Brotas é uma cidade repleta de opções que seguem uma linha radical – mas que podem ser aproveitadas por toda a família.

Aqui, mergulhamos de cabeça no ecoturismo. Atividades como rafting, tirolesa, cavalgada, canionismo, arvorismo, trilhas, banhos de cachoeira, boia cross e passeios de mountain bike são alguns dos principais atrativos.

Todos estes passeios podem – e devem – ser feitos ao lado de operadoras certificadas, que possuem experiência em oferecer as atividades de modo seguro. São várias espalhadas pela cidade.

Desta vez, contratei os serviços da Território Selvagem Canoar, que oferece pacotes dos programas mais típicos de Brotas – alguns podem ser fechados inclusive pelo próprio site antes de sair de casa. A sede fica ao lado do Parque dos Saltos e dessa vez fechei passeio de rafting – uma das grandes atrações da cidade, que, em média, tem valores a partir de R$ 120.

Entre as melhores opções, também destaco as agências Alaya Brotas, referência em aventura; a Vaca Náutica, uma das pioneiras; e a Brotas EcoAção, especialista em rafting.

Pontos turísticos e parques

Além das atividades feitas na natureza exuberante da cidade, que é uma estância turística do estado de São Paulo, alguns pontos turísticos são quase que obrigatórios para se ter um gostinho completo da região.

Ponte no Parque dos Saltos, um dos cartões-postais da cidade / Fred Sabbag

Um bom começo é o Parque dos Saltos, um dos cartões-postais de Brotas que fica bem próximo ao centro. De entrada gratuita, aqui o rio Jacaré-Pepira corta a cidade e forma algumas quedas d’água e corredeiras.

Aproveitando tais desníveis, foi construída até uma pequena represa que forma uma cachoeira – local onde fica a famosa ponte pênsil de Brotas. No parque é possível ainda seguir por algumas trilhas, apreciar as águas, os sons da natureza e ainda tirar algumas boas fotos em família.

Muito conhecido por seus estudos científicos que envolvem astronomia e geologia, a Fundação CEU – Centro de Estudos do Universo é um programa enriquecedor. A mistura entre diversão para os pequenos e muito conhecimento para todas as idades faz do local um dos cantos mais especiais de Brotas.

Aqui encontramos o observatório com telescópios onde, em condições meteorológicas favoráveis, é possível observar a Lua, planetas, aglomerados e até galáxias. Também há planetário digital, oficinas didáticas, relógio solar, réplica em tamanho reduzido de Stonehenge e telão ao ar livre com show que narra as transformações geológicas da Terra.

Para o público em geral, os passeios começam a partir das 21h e seguem até 23h15. Em dias de céu nublado ou tempo chuvoso, atividades digitais dão lugar à observação e um voucher para retorno é entregue para ser usado em dias mais limpos. Os ingressos variam de R$ 70 (inteira) e R$ 35 (meia), e crianças de até 4 anos não pagam – é recomendado agendar a visita, que pode ser feita via site.

Parte da propriedade do Cassorova Hotel Boutique, o Cassorova EcoParque possui estrutura caprichada e atividades de aventura como canionismo, arvorismo, tirolesa e stand-up paddle. O parque possui duas belas cachoeiras, a Cassorova e a dos Quatis, a primeira com impressionantes 60 metros de altura e a outra com cerca de 46 metros.

Bons pontos para rapel, elas também formam piscinas naturais em suas bases que nos garantem banhos refrescantes. O day use do parque se inicia por volta dos R$ 200 – hóspedes do hotel boutique têm acesso livre.

Outro parque ecológico com grande estrutura que recebe famílias e que vale a pena ser visitado em Brotas é o Recanto das Cachoeiras, situado no alto da Serra da Roseira. Mais uma vez, a natureza aqui impera, com direito a uma estrutura de lazer integrada ao espaço natural.

Piscina, quadriciclo, stand-up paddle, arvorismo, trilhas, cachoeiras, cavalgada e vistas privilegiadas a partir de alguns mirantes são alguns dos atrativos. O day use sai a partir de R$ 150 – há algumas atividades pagas à parte e combos.


Mais Recentes da CNN