por: Viagem e Gastronomia Viagem e Gastronomia

Companhia aérea lança assentos de classe executiva que não reclinam

Finnair, a maior companhia da Finlândia, quer revolucionar o mercado com um novo conceito de luxo nos céus: apesar de não reclinarem, os assentos prometem máximo conforto

finnair/Divulgação

Julia Buckleyda CNN

Ouvir notícia

Espaçosos, cheios de dispositivos eletrônicos e com infinitos ângulos de reclinação à medida que se afundam em uma cama reclinável. Há uma razão pela qual os assentos da classe executiva são tão caros – e confortáveis – quanto são.
Agora, uma companhia aérea pretende revolucionar o luxo nos céus ao estrear um assento de classe executiva que não reclina.

Os novos assentos Airlounge da Finnair, revelados na última quinta-feira (10), são superespaçosos e privativos, com suas costas largas de cerca de 129 cm curvadas ao redor do corredor, para fornecer uma barreira rasa aos transeuntes.

E ainda assim eles não reclinam. Os passageiros receberão almofadas e um pufe para ficarem confortáveis, enquanto os painéis de preenchimento podem ocupar uma superfície totalmente plana, e os colchões estão à mão para configurar o espaço como uma cama de quase 200 cm de comprimento, que se inclina em direção à janela.

O vídeo promocional dos novos assentos, desenvolvido pela Collins Aerospace, mostra um painel de controle simples no apoio para os braços oferecendo um suporte para as pernas ajustável, juntamente com opções de iluminação e um sinal de não perturbe – mas sem opções de reclinação.

Os assentos são dispostos em uma configuração 1-2-1, o que significa acesso direto ao corredor para todos. Há um divisor de plástico sólido entre os assentos do meio que pode ser abaixado para quem viaja junto.

Os assentos são equipados com painéis acolchoados e um colchão para fazer uma cama / finnair/Divulgação

A companhia aérea se inspirou nos assentos regulares da sala de estar, disse em um comunicado à imprensa, acrescentando que “o assento foi projetado para maximizar seu conforto, espaço e liberdade de movimento durante um voo de longa distância”.

O objetivo era criar “um ambiente mais residencial”, disse David Kondo, da equipe de experiência do cliente da Finnair.
A inovação também será tipicamente finlandesa: edredons e travesseiros serão um design especial de Marimekko, enquanto Iittala fornecerá a louça.

E enquanto o júri está atualmente em sua classificação de conforto, o novo assento poderia muito bem ser mais sustentável – conchas pesadas e mecânica para assentos de luxo aumentam o consumo de combustível em aviões.

Os novos assentos serão implementados nas frotas A330 e A350 da Finnair, com 28 assentos por cabine na primeira e até 43 na segunda.

Os assentos se curvam para oferecer privacidade em uma configuração 1-2-1 / finnair/Divulgação

Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

versão original

Mais Recentes da CNN