por: Viagem e Gastronomia Viagem e Gastronomia

Casa-Museu Ema Klabin abre aos finais de semana com entrada franca

Ouvir notícia

Reconhecida como polo cultural na cidade de São Paulo por sua rica programação cultural de shows, cursos, oficinas, palestras e exposições, a Casa-Museu amplia atendimento das visitas guiadas, sem a necessidade de agendamento prévio

Inspirada no Palácio de Sanssouci, em Potsdam, Alemanha, cujo salão de festas estão dispostas as peças mais raras da casa e foi decorado pelo italiano Terri Della Stuffa, pioneiro do design de interiores em São Paulo, a Casa-Museu Ema Klabin, localizada no Jardim Europa, tradicional bairro paulistano, abriga mais de 1500 obras de grandes mestres da arte.

ema-klabin-museu

Com um jardim que leva assinatura de Burle Marx e aberta ao público desde março de 2007, a Casa-Museu, antiga residência da mecenas, colecionadora e empresária Ema Klabin (1907-1994) abriga um valioso acervo provenientes dos quatro continentes e diversas civilizações, com mais de 1500 obras, entre pinturas do russo Marc Chagall, do holandês Frans Post, talhas do mineiro Mestre Valentim, mobiliário, peças arqueológicas e decorativas.

Para quem não conhece ou quiser ir novamente, fica a dica: Casa-Museu Ema Klabin funciona de quarta a domingo, das 14h às 17h (com permanência até as 18h), sem agendamento. Aos finais de semana, a visita tem entrada franca. Nos outros dias, o ingresso custa R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia) e para os professores a entrada é grátis, em qualquer dia e horário.

Serviço:

Ema Klabin
Rua Portugal, 43, Jardim Europa – São Paulo

Fotos: Divulgação 

Mais Recentes da CNN