por: Viagem e Gastronomia Viagem e Gastronomia

Conheça Karlovy Vary, a segunda cidade mais visitada da República Tcheca

Ouvir notícia

Conhecida por suas águas termais com poder de cura, Karlovy Vary é um reduto de hotéis e spas de luxo, arquitetura encantadora e paisagens de tirar o fôlego

karlovy-vary-republica-tcheca-centrinho

Fundada em 1350, a pequena Karlovy Vary já nasceu como uma cidade luxuosa. Localizada na junção dos rios Teplá e Ohre, diz a lenda que o imperador Carlos IV caçava na região quando um dos cervos que perseguia caiu em um poço de água quente. Assim, foi descoberto os mananciais de águas termais que fizeram nascer a cidade de Karlovy Vary, que significa literalmente “águas quentes de Carlos”.

Pequena e fácil de ser localizada, pode e deve ser conhecida inteira a pé. Segundo destino mais visitado da República Tcheca, Karlovy Vary tem várias atrações. Separamos algumas dicas e curiosidades do que ver na cidade.

Fontes de águas termais

Vridlo_karlovy_vary

Por conta do poder de cura das águas termais, muitas personalidades já se hospedaram na cidade, como Goethe, Beethoven, Gogol, Wagner, Marx, Freud, Strauss, entre outros. Antigamente a cidade tinha mais de 200 spas, entre públicos e privados. Hoje em dia muitos desses spas ficam dentro de hotéis de luxo, que oferecem desde tratamentos de beleza até tratamentos para o sistema digestivo, oncológicos, entre outros.

Para quem quiser experimentar destas águas, existem 12 fontes espalhadas pela cidade. Cada fonte tem temperatura e quantidade de dióxido de carbono diferentes. A maior e mais famosa é a Vridlo, que joga um jato de até 15 metros, com temperatura que chega a 70° graus.

Importante: não é recomendado que turistas bebam muito dessa água, pois ela é usada para tratamentos digestivos e vocês podem imaginar o que acontece.

Arquitetura 

karlovy-vary-arquitetura

Em 1604, a cidade foi quase totalmente devastada por um incêndio, então restam poucas construções “originais” da época de sua fundação. Mas os traços arquitetônicos barrocos e art nouveau foram mantidos em suas novas construções e são absurdamente encantadores. Passear por sua avenida principal, às margens do Rio Teplá, faz qualquer um esquecer do tempo. A dica é andar olhando para cima e observando todos os detalhes dos pequenos edifícios – é um presente aos olhos! Sente-se em algum dos cafés e restaurantes com mesinhas no grande calçadão e aproveite o momento!

karlovy-vary-colunas

Muito famoso na cidade são as colunatas. A mais importante é a Mlýnská kolonáda: são 124 imponentes colunas que dão suporte e servem de passeio para cinco fontes termais.

Cinema e cultura 

A cidade é tão linda que foi cenário para famosos filmes como “Cassino Royale” e “As férias da minha vida”, com Queen Latifah e Gérard Depardieu. Ambos usaram o Grand Hotel Pupp, o mais luxuoso da região, em suas filmagens. O hotel mantém em sua entrada placas com os nomes dos artistas que já se hospedaram lá e vive lotado de turistas tirando foto de sua fachada. Se tiver tempo, vale agendar uma refeição ou um tratamento no spa do hotel, muito charmoso e com boa gastronomia.

GRAND-HOTEL-PUPP-KARLOVY-VARY

Além disso, acontece todo mês de julho o Festival Internacional de Cinema, deixando a cidade lotada de turistas e famosos artistas. A cidade também é palco de outros importante festivais, como o Festival Internacional de Jazz, o Festival Mozart y Karlovy Vary, o Festival de Música Clássica, o Festival Mladé para jovens instrumentistas e a Competição Internacional de Canto Antonín Dvorák.

Museu do licor Becherovka

fabrica-de-licor-karlovy-vary

Foi na República Tcheca, em Karlovy Vary, que foi inventado o licor inebriante e famoso em todo o mundo, o Becherovka. Criado em 1807, o licor Becherovka é uma bebida forte, que leva ingredientes como alcaçuz e mais 30 ervas em sua composição. A receita secreta jamais foi desvendada e reza a lenda que somente duas pessoas conhecem a tão famosa fórmula. Feito com a famosa água termal de Karlovy Vary e ervas da região, a fábrica é motivo de orgulho para a cidade que mantém no local da primeira usina, o Museu de Jan Becher (nome do criador da bebida). Um museu rápido e gostoso de ser visitado, que no final do tour oferece uma degustação com o famoso licor e outros lançamentos da marca.

Degustação de cerveja no restaurante Charles IV

degustacao-cerveja-karlovy-vary

No mesmo prédio onde fica o Museu de Jan Becher, no complexo que chama Becherplatz, fica o restaurante Charles IV. O restaurante é inteiro feito com madeiras de 150 anos, tiradas de antigos barris Becherovka. Além de provar comidas típicas do país, lá é possível fazer uma degustação das famosas cerveja Karel IV, produzidas na cidade. São cinco tipos de cerveja, desde a famosa Karel IV pilsen até a “wheat lager”, com um toque de banana. Para os amantes de cerveja é programa obrigatório.

Guloseima típica de Karlovy Vary

kolonada-republica-tcheca

Os waffers da marca Karlovarské Oplatky são super famosos e típicos da cidade. Disponíveis em vários sabores, o de chocolate é o melhor.  Vendidas em todos os cantos da cidade, essa bolachinha é item “tem que experimentar” quando estiver por lá. O melhor é o de chocolate, que pode ser comido quentinho em alguns cafés. Uma delícia!

Andar e andar…

KARLOVY-VARY-GERAL

Karlovy Vary é cheia de parques e praças encantadoras: ande sem rumo, sem medo de se perder, e aprecie a paisagem.

Como ir:

A cidade fica a 120 km de Praga. O Viagem&Gastronomia foi de carro e o trajeto demorou pouco menos de duas horas. Caso prefira, tem um trem que vai direto de Praga para Karlovy Vary e leva cerca de três horas.

karlovy-vary-centrinho

A jornalista viajou a convite da KLM e do Escritório de Turismo da República Tcheca. 

Fotos: Tina Bornstein, Divulgação e Irina Burmistrova / Shutterstock.com

Mais Recentes da CNN