por: Viagem e Gastronomia Viagem e Gastronomia

Passeios no Mato Grosso para surpreender

O Mato Grosso, único estado brasileiro a ter, sozinho, três dos principais biomas do país (Amazônia, Cerrado e Pantanal), não faltam atrações.  Confira uma lista de lugares para visitar no Mato Grosso

Ouvir notícia

Um estado que não costuma figurar nas listinhas de lugares “quero conhecer”. Pouco explorado, o Mato Grosso tem uma natureza exuberante, com cachoeiras, lagos cristalinos e grutas. É lá que fica a Chapada dos Guimarães, próximo também do Pantanal (200km). O Malai Manso Resort Iate Golf Convention & Spa, resort all-inclusive, traz dicas de passeios, muitos próximos ao hotel que fica no Lago do Manso, uma hora e vinte de Cuiabá.

Chapada dos Guimarães

Chapada dos Guimarães (Foto: Flavio André – MTur)

Parque nacional localizado a pouco mais de uma hora da capital, Cuiabá. Reúne atrações como cavernas, lagoas e cachoeiras. Seus paredões de arenito vermelho-alaranjado – marcas registradas da região – têm mais de 150 km de extensão. A cidadezinha que leva o mesmo nome da reserva é um típico município do interior, com construções antigas e uma bucólica igreja com uma praça onde, aos finais de semana, funciona uma feirinha de artesanato durante o dia.

O que visitar:

Circuito das Cachoeiras: acessível por meio de trilha (com cerca de 7 km, ida e volta), conta com sete cachoeiras com alguns pontos onde o banho é permitido. Durante toda a trilha, que leva o dia inteiro, há mirantes com vista para os paredões da Chapada e para a mata. Difícil vai ser resistir e não parar algumas vezes para fazer fotos deslumbrantes da região.

Cachoeira Véu de Noiva: com mais de 80 metros de queda, o acesso à parte baixa está fechado, mas é de um mirante que se pode observar a queda d’água e belas araras vermelhas que sobrevoam o local. É o único passeio que não necessita de guia credenciado e agendamento.

Cachoeira Véu da Noiva, Chapada dos Guimarães (Foto: Flavio André – MTur)

Morro dos Ventos: de um mirante a 800 metros de altura, com estrutura de aço fixada na rocha, os turistas se encantam com os paredões e precipícios da Chapada. No local, um restaurante de mesmo nome serve pratos típicos da região servidos em panelas de ferro, como o Maria Isabel, preparado com carne seca e arroz.

Nobres

Com rios cristalinos cheios de peixes, grutas e cachoeiras, o local lembra Bonito (MS), com ótimos locais para praticar mergulho e flutuação, mas com preços mais em conta. A uma hora e meia de Cuiabá, é na região de Bom Jardim que estão a maior parte dos atrativos. Para todos os passeios é preciso comprar ingresso, que inclui guia. Conheça alguns locais imperdíveis:

Aquário Encantado em Nobres (Foto: prefeitura de Nobres)

Aquário Encantado: como o nome diz, é literalmente um aquário natural escondido entre as árvores, com as águas de um azul límpido, cristalino e uma variedade de peixes impressionante. No local, a flutuação é feita com guia. Colete salva-vidas, snorkel e calçados apropriados são indispensáveis e fornecidos por quem organiza o passeio. Não é permitido pisar no chão, para não subir a areia fina e atrapalhar a visão que se tem dos peixes que acompanham o tour.

Rio Salobra: ao lado do Aquário Encantado, não tem nada de salobra, ao contrário do nome, mas tem uma leve correnteza. Com snorkel, é possível fazer o trajeto com mais de 1 km vendo diversas espécies de peixes da região. Também não é recomendado colocar o pé no chão durante o percurso.

Lagoa das Araras: É no final da tarde, ao pôr do sol, que araras, maritacas e periquitos se reúnem no lago e encantam os turistas. É preciso ter paciência para apreciar e se encantar com os pássaros. Neste passeio, binóculos também são bem-vindos.

Lagoa das Araras, Nobres (Foto: divulgação Nobres Turismo)

Malai Manso Resort

O Malai Manso Resort está a pouco mais de uma hora de Cuiabá e próximo das atrações deste roteiro. Localizado à beira do Lago do Manso em uma área de 117 hectares, com vista dos Morros do Chapéu e do Navio, relevos marcantes da Chapada dos Guimarães, o empreendimento conta com estrutura para atender pessoas de todas as idades.

Com piscinas que somam mais de três mil metros quadrados de lâmina d’água, complexo esportivo com quadras de tênis e poliesportivas, campo de golfe com 9 buracos, lago com 50 km de estirão navegável e 427 km² de superfície de água represada, em que há suporte para práticas esportivas, e um completo Spa da marca Shishindo, que oferece tratamentos estéticos e terapêuticos.

O sistema all-inclusive oferece diversas refeições ao longo do dia (café da manhã, brunch, almoço, petiscos e snacks, chá da tarde, happy hour, jantar e ceia com sopas), com gastronomia regional e internacional. Destaque para a Vila Malai, com pizzaria, sorveteria, loja de conveniência e artesanato local.

Mais Recentes da CNN