4 passeios imperdíveis nos Lençóis Maranhenses por Daniela Filomeno

Seja na região de Santo Amaro ou em Barreirinhas e suas vilas, visitar dunas, lagoas e apreciar o pôr do sol são atividades obrigatórias pela região

Ouvir notícia
Daniela Filomeno na Lagoa do Junco, uma das atrações imperdíveis nos Lençóis Maranhenses (Foto: CNN Viagem & Gastronomia)

Os Lençóis Maranhenses guardam inúmeras gratas surpresas para quem visita a região no estado do Maranhão. As águas das lagoas, ora azuis ora esverdeadas, e as grandes dunas desenhadas pelos ventos conquistaram logo de cara meu coração e fizeram meus olhos brilharem.

Santo Amaro, Barreirinhas e a vila de Atins são as principais portas de entrada para conhecer as beldades naturais dali. Além da área de proteção ambiental do Parque Nacional, estes locais reservam outros passeios igualmente fantásticos e que garantem um contato muito rico com a cultura local.

A seguir, destaco quatro passeios imperdíveis pelos Lençóis que você não pode deixar de experimentar:

Leia mais
Saiba tudo sobre os Lençóis Maranhenses
CNN Viagem&Gastronomia: assista a todos os programas comandados por Daniela Filomeno

Lençóis Maranhenses: desbravando a tímida e fascinante Santo Amaro do Maranhão
Onde os chefs comem? Com Lourdes Medeiros, em São Luís do Maranhão

1 – Lagoa do Junco, Santo Amaro

lagoa do junco lencois maranhenses
Lagoa do Junco, na região de Santo Amaro: passeio imperdível pelos Lençóis (Foto: CNN Viagem & Gastronomia)

Essa lagoa realmente é um choque de beleza! A particularidade dela está em sua tonalidade, de um azul impactante, e em sua transparência. É um dos pontos altos nos passeios nos Lençóis a partir de Santo Amaro. Ela é extensa, com mais de um quilômetro, e também profunda, chega a ter até cinco metros de profundidade nos períodos mais cheios. A visita costuma ser incluída no chamado Circuito da Betânia, em que se passeia também por lagoas mais distantes, terminando o dia com um lindo pôr do sol.

2 – Pôr do sol na Lagoa Bonita, Barreirinhas

dani filomeno no circuito lagoa bonita
Daniela Filomeno no alto do Circuito da Lagoa Bonita (Foto: CNN Viagem & Gastronomia)

O nome já diz tudo e não decepciona: imperdível de se visitar e de se banhar. Ela é a estrela de um passeio pelas dunas que dura até três horas a partir da locomoção em carros 4×4, onde uma das paradas é um mirante em uma duna de mais de 60 metros. A dica é subir o banco de areia, com a ajuda de uma escada, em que todo o esforço é recompensado pelo visual incrível que se tem dos Lençóis lá do alto. Na volta, os visitantes podem andar pelo areal e se refrescar nas águas das lagoas, como a da Bonita. O dia termina com um pôr do sol pela lagoa, espetáculo da natureza, com o sol brilhando fortemente e beijando a imensidão das dunas ao fundo.

3 – Passeio de quadriciclo nos Pequenos Lençóis, em Vassouras

quadriciclo pequenos lencois maranhenses
Daniela Filomeno em passeio de quadriciclo pelos Pequenos Lençóis (Foto: CNN Viagem & Gastronomia)

Próximo a área de proteção ambiental do Parque Nacional dos Lençóis e do Rio Preguiças fica o que é chamado de Pequenos Lençóis, grupo de dunas e lagoas em escala reduzida. Eles estão entre os municípios de Tutóia e Paulino Neves e uma das maneiras de chegar por ali é através de voadeira, uma lancha baixa e rápida que serpenteia o rio e leva a povoados da região. Um deles é Vassouras, vilarejo de pescadores que possui muitos macaquinhos e ainda é muito propício para passeios de quadriciclo. A aventura é feita por dunas íngremes e ainda passa-se por regiões alagadas, bem emocionante!

4 – Se perder pelas dunas de Atins com pôr do sol na Lagoa do Kite

por do sol dunas atins
Pôr do sol pelas dunas próximas a Atins (Foto: CNN Viagem & Gastronomia)

A charmosa Atins é uma pequena vila de Barreirinhas que agrega algumas das pousadas, lojinhas e restaurantes mais incríveis da região. Chega-se até ela através de lancha voadeira pelo rio Preguiças, uma vez que o vilarejo encontra-se entre o rio e o mar. Além de suas maravilhas naturais próximas do parque nacional, um dos melhores programas por ali é caminhar pelas areias e desbravar a região a pé, uma conexão com a natureza sem igual. O ideal é terminar o dia na foz do rio Preguiças, que forma uma espécie de lagoa, conhecida por ser ideal para prática de kitesurf e outros esportes náuticos. Por ali, o pôr do sol é arrebatador, uma comunhão incrível com a natureza ao redor e um momento de contemplação.


Mais Recentes da CNN