Explorando a vida noturna LGBTQIA+ em Roma

Por Klébio Damas Klébio Damas em Roma (Foto: divulgação)Roma é uma cidade de muitas faces. Com muitos bares, museus, trattorias e restaurantes, tem atrações para todos os gostos e uma vida vibrante. Desde 2020 já recebeu a Europride duas vezes, além de realizar anualmente a Roma Pride. Próximo ao Coliseu está localizada a Via di […]

fontana di trevi

Por Klébio Damas

Klébio Damas em Roma (Foto: divulgação)Roma é uma cidade de muitas faces. Com muitos bares, museus, trattorias e restaurantes, tem atrações para todos os gostos e uma vida vibrante. Desde 2020 já recebeu a Europride duas vezes, além de realizar anualmente a Roma Pride. Próximo ao Coliseu está localizada a Via di San Giovanni in Laterano, conhecida como a Rua Gay de Roma. A rua é bastante movimentada, com diversos restaurantes, lojas e baladas, e é o destino inicial da noite LGBTQIA+ romana. Nela estão dois bares famosos: Coming Out e My Bar.

O Coming Out foi o primeiro bar voltado para o público LGBTQIA+ na região. Fundado em 2001 após seus donos terem visitado a cidade e percebido a ausência de um estabelecimento voltado à diversidade, ele fica aberto o dia todo e é possível tomar café da manhã, almoçar e jantar por lá. Durante a semana, é mais tranquilo e a partir de sexta o movimento fica bastante intenso, estabelecendo uma tradição bem interessante para os turistas e proporcionando uma vista linda do Coliseu.

Para quem curte mais as baladas, há um espaço muito bom que se chama L’Alibi. O lugar é gigante, com três andares e dois bares.

Fontana di Trevi em Roma (Foto: Cristina Gottardi)

Andando pela Itália, percebi uma grande circulação da comunidade LGBTQIA+. Em Roma, notei que não há uma liberdade tão grande e acredito que isso se deve à forte influência religiosa na cidade, pelo fato da localização do Vaticano. Apesar disso, durante minha estadia, não me senti desrespeitado, estava com o meu noivo e não houve um “olhar torto”. Com turistas, houve uma receptividade muito boa e torço para que os cidadãos romanos tenham o mesmo respeito.

Fazendo o mochilão ao redor do mundo, percebi que cada país tem uma forma específica de cultura LGBTQIA+. Em Roma, acima de tudo, percebi que há um grande avanço para uma sociedade de respeito, empatia e muito amor.

Desbravando Portugal com Klébio Damas