por: Viagem e Gastronomia Viagem e Gastronomia

Mapa interativo ajuda turistas com informações sobre situação de países europeus

Objetivo é estimular o retorno ao turismo no bloco, principalmente com a chegada do verão no Hemisfério Norte

Jéssica Otoboni,

da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia
A Comissão Europeia lançou nesta segunda-feira (15) um site com um mapa interativo que reúne informações sobre viagens para dentro e fora da União Europeia (UE), em meio à pandemia do novo coronavírus. O objetivo, segundo o grupo, é “apoiar um retorno seguro às viagens e ao turismo pela Europa”, principalmente com a chegada do verão no Hemisfério Norte.

Chamada Re-open UE, a plataforma está disponível nas 24 línguas oficiais do bloco (inclusive em português) e fornece informações atualizadas sobre a situação das fronteiras dos países, restrições de viagens e serviços de transporte e turismo em funcionamento, além da situação de praias e hotéis, se foram reabertos ou não.

Também disponível na versão mobile, a plataforma ainda lista normas de saúde e segurança relacionadas à Covid-19, como manutenção do distanciamento social e uso de máscaras em locais públicos e fechados.

Ao abrir o site, o usuário escolhe o país sobre o qual busca informações e aparecem na tela quatro categorias. Em “Informações”, há dados sobre órgãos públicos do território em questão, como páginas voltadas para o turismo ou o órgão de saúde local, e informações sobre cada região ou cidade.

Na aba “Viagens”, o usuário consegue saber como está a situação do país com relação ao seu território de origem e se ele tem autorização para viajar ao destino desejado. Também lista as opções de transporte disponíveis para entrar no território e se é necessário fazer algum tipo de teste, apresentar atestado ou ficar de quarentena quando chegar.

Em “Serviços”, o usuário tem acesso à situação de locais como restaurantes, bares, museus, praias e locais de cultos, se estão abertos ou não e as medidas necessárias para entrar nesses ambientes.

Em “Saúde e segurança”, há informações sobre obrigatoriedade do uso de máscaras, se há áreas de risco no país, protocolos de saúde para turistas, medidas de segurança nos transportes públicos, entre outras.

Segundo a Comissão Europeia, a criação da plataforma é parte de uma lista de medidas do departamento de turismo e transporte do bloco divulgada em maio com o objetivo de restaurar a confiança das pessoas em viajar pela Europa e ajudar o turismo local a voltar às atividades de forma segura e em conformidade com as determinações dos órgãos de saúde.

Mais Recentes da CNN