por: Viagem e Gastronomia Viagem e Gastronomia

Fernando de Noronha tem novo protocolo de segurança para a entrada de visitantes

Para as pessoas que não tiveram a Covid-19, o exame agora poderá ser feito com 48 horas de antecedência da viagem

André Rigue, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia
Praias de Fernando de Noronha
Praias de Fernando de Noronha
Foto: Divulgação/Prefeitura de Fernando de Noronha

O arquipélago de Fernando de Noronha adotará novas medidas de flexibilização do turismo a partir da próxima segunda-feira (21). Para poder entrar na ilha, os turistas que não tiveram Covid-19 poderão realizar exames com 48 horas de antecedência da viagem.

Anteriormente, era exigido exame com 24 horas de antecedência ou no dia do embarque. As medidas foram publicadas nesta quarta-feira (16) no Diário Oficial de Pernambuco.

O resultado negativo deverá ser apresentado pelo exame RT-PCR no balcão da companhia aérea, no momento do embarque para a ilha, no aeroporto de origem.

Para as pessoas que tiveram Covid-19, deve ser apresentado o exame RT-PCR com no mínimo 20 dias antes do embarque ou, no máximo, 90 dias antes.

“Essa foi uma mudança boa para o turista e para a ilha. Para o turista porque dá mais tempo dele fazer o exame e ter o resultado, e para a ilha porque o exame agora será exigido no embarque. Não vai ter o risco de a pessoa chegar na ilha sem o resultado negativo, diminuindo o risco de levar a doença para o arquipélago”, afirmou Guilherme Rocha, administrador de Noronha.

As demais regras seguem em andamento: utilização obrigatória de máscaras em ambientes públicos, distanciamento social, uso de álcool em gel e utilização do aplicativo Dycovid (que notifica o usuário sobre possível contato de risco) durante o período de estadia em Fernando de Noronha.

Mais Recentes da CNN