por: Viagem e Gastronomia Viagem e Gastronomia

Conheça ONGs que ajudam no combate à fome no Brasil e saiba como colaborar

Tema urgente, a insegurança alimentar voltou a bater na porta de milhares de brasileiros. Conheça projetos independentes que distribuem refeições Brasil adentro e saiba como ajudá-los

Ouvir notícia
(Foto: reprodução Instagram)

Os impactos causados pela pandemia do coronavírus são sentidos em diversos âmbitos da sociedade desde março de 2020. Mais do que novos problemas, essa situação acentuou crises antigas que, muitas vezes, podem não bater na sua porta, mas nem por isso deixam de existir. Hoje, no entanto, estão mais presentes do que nunca. Pode-se dizer que a fome, o problema antigo mais atual do mundo, é uma das principais. Um relatório da Organização das Nações Unidas (ONU) de 2019 mostrou que uma pessoa a cada 10 na população de todo o planeta passou fome em 2018. O número chega a quase 822 milhões de pessoas.

Em 2020, cerca de 155 milhões de pessoas enfrentaram níveis de crise de insegurança alimentar por conta de conflitos, eventos climáticos extremos e choques econômicos ligados em grande parte à Covid-19. A  informação está em um relatório divulgado por agências da ONU em maio deste ano.

Falando de Brasil, o Inquérito Nacional sobre Insegurança Alimentar no Contexto da Pandemia da Covid-19, realizado pela Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional, mostrou que nos últimos meses de 2020 cerca de 19 milhões de brasileiros passaram fome e mais da metade dos domicílios no país enfrentou algum grau de insegurança alimentar.

Em 2014, o Brasil havia saído do Mapa da Fome da ONU, mas com os números atuais há grandes chances de retornar para essa amarga lista. Se o problema da fome está longe de ser controlado, fazer qualquer doação certamente fará a diferença para alguma família – muito mais do que você pode imaginar.

Conheça alguns dos principais projetos independentes para ajudar no combate à fome no Brasil.

Ação da Cidadania

Entrega de cestas básicas da campanha ‘Brasil Sem Fome’ no Acre (Foto: reprodução Instagram)

A Ação da Cidadania foi fundada em 1993 pelo sociólogo Herbert de Souza, conhecido como Betinho. Criada no auge do Movimento pela Ética na Política, ela se transformou em um dos movimentos sociais mais reconhecidos do Brasil. O projeto está presente em 19 estados do país e no Distrito Federal.

Em 2020, arrecadou mais de R$50 milhões e cerca de 10 mil toneladas de alimentos. Existem várias maneiras de apoiar a Ação da Cidadania. Além de colaborar com cestas básicas, alimentos individuais não perecíveis ou doações em dinheiro, também é possível colaborar mensalmente com um valor fixo de doação que é cobrado de maneira recorrente. Acesse o link para mais informações.

Tel.: (21) 2233-7460 e Whatsapp: (21) 98464-2560/ E-mail: contato@acaodacidadania.org.br

Amigos do Bem

A ONG Amigos do Bem surgiu em 1993 com a missão de transformar vidas por meio da educação e de projetos autossustentáveis, capazes de promover desenvolvimento e inclusão social, erradicando a fome e a miséria. Hoje, o projeto é um dos maiores do país e atende, regularmente, mais de 75 mil pessoas no sertão de Alagoas, de Pernambuco e do Ceará

Distribuição de alimentos para famílias do sertão nordestino da Amigos do Bem (Foto: reprodução Instagram)

Você pode doar de várias maneiras, seja por depósitos em conta e pela chave PIX da iniciativa ou fazer transferências por diversos aplicativos como PayPal, PicPay e Ame.

Tel.: (11) 3019-0100/ E-mail: informacoes@amigosdobem.org

Amparaí

O Amparaí foi criado em março de 2020 e se tornou o principal projeto da ONG Misturaí que tem sede no Rio Grande do Sul. Ele surgiu a partir do aumento da fome e agravamento da crise econômica e sanitária. O objetivo é distribuir diariamente refeições para pessoas em situação de vulnerabilidade social em Porto Alegre.

Já foram distribuídas mais de 130 mil quentinhas e a meta mensal está definida em arrecadar R$24 mil, valor que cobre os custos de produção para cinco mil quentinhas. As doações podem ser feitas pelo site do projeto, PIX ou transferência bancária. Quem estiver interessado também pode escolher para qual objetivo destinar o seu dinheiro. Confira mais neste link

WhatsApp: (51) 98023-3892/ E-mail: misturaipoa@gmail.com

Banco de Alimentos

Entrega de cestas básicas em Osasco pela ONG Banco de Alimentos (Foto: reprodução Instagram)

A ONG Banco de Alimentos surgiu a partir de uma ideia da economista Luciana Chinaglia Quintão e se tornou uma associação civil que recolhe alimentos que já perderam valor de prateleira no comércio e indústria, mas ainda estão aptos para consumo, e os distribui onde são mais necessários.

No lugar de descartar alimentos, os parceiros da iniciativa doam os excedentes à ONG que repassa às entidades sociais cadastradas no projeto. De 1998 até 2020, já foram mais de 13 mil toneladas de alimentos entregues com cerca de 23 mil pessoas beneficiadas diariamente. As doações podem ser feitas por pessoas físicas e empresas. A colaboração pode ser única ou mensal via cartão de crédito ou boleto bancário. Para mais informações, acesse o link.

Tel.: (11) 3674-0080/ E-mail: info@bancodealimentos.org.br

Tem Gente com Fome

A campanha Tem Gente com Fome é uma iniciativa da Coalizão Negra Por Direitos, articulação que reúne 200 organizações, grupos e aliados do movimento negro brasileiro em todo território nacional, em parceria com diversas outras entidades. A ideia é mobilizar forças para arrecadar fundos para ações emergenciais de enfrentamento à fome, miséria e violência na pandemia de Covid-19.

O projeto mapeou quase 223 mil famílias em situação de vulnerabilidade que serão beneficiadas e já arrecadou mais de R$12,4 milhões. Você pode fazer doações em dinheiro pelo site do Tem Gente com Fome ou por meio de depósito em conta, PIX e PayPal.

Entrega de alimentos orgânicos arrecadados pela campanha ‘Tem gente com Fome’, em Pernambuco (Reprodução Instagram)

E-mail: doe@temgentecomfome.com.br

Instituto Stop Hunger

O Stop Hunger foi criado em 1996 por colaboradores da Sodexo dos Estados Unidos, uma das maiores empresas de serviços de alimentação e gestão de facilidades do mundo. Atualmente, o projeto é uma força de liderança global na luta contra a fome e a má nutrição e, no Brasil, desde 2003, promove diversas iniciativas. Há seis anos, constituiu-se o Instituto Stop Hunger no país.

Você pode doar em dinheiro por meio de transferência bancária ou então pelo código PIX disposto no site da iniciativa. O Stop Hunger faz sazonalmente campanhas de arrecadação, então você pode ficar ligado no site e nas redes sociais do projeto.

Tel.: (11) 3594-2091

Gerando Falcões 

O Gerando Falcões é uma organização social que atua dentro de estratégia de rede, em periferias e favelas. Apesar dos projetos serem focados em esporte e cultura para crianças e adolescentes e qualificação profissional para jovens e adultos, eles lançaram uma enorme campanha chamada Corona no Paredão, Fome não! que já arrecadou R$ 59.009.345 ajudando a combater a fome de 196.698 famílias. Uma família de aproximadamente 5 pessoas, precisa de 1 cesta básica a cada 15 dias. O Gerando Falcões enviar cestas digitais de maneira continua para que essas famílias não passem por necessidades, levando em conta o básico para a alimentação de uma família. As cestas são direcionadas para  Unidades Próprias/ Aceleradas, que fazem todo o processo de entrega para os menos afortunados de cada favela. O valor doado é R$ 150,00 por 2 meses para cada família. Para ajudar é simples, pelo próprio site do projeto é possível doar cestas básicas digitais no valor de R$ 50 ou outros valores via cartão de crédito, boleto, pix ou PayPal.

G-10 Favelas

A proposta do G-10 Favelas é inspirar o Brasil inteiro a olhar para a favela, tornando as comunidades grandes polos de negócios, atrativo para investimentos, de forma a “transformar a exclusão em Startups e Empreendimentos de Impacto Social” de sucesso. Um ponto importante para os organizadores da iniciativa é deixar claro que o objetivo não é arrecadar doações ou patrocínio, mas investimentos que gerem tanto retorno ao investidor quanto o desenvolvimento econômico das comunidades. Porém com o agravamento da fome no Brasil viram a urgência de levar auxílio para comunidades nos quatro cantos do país. Para doar qualquer valor entre no site da instituição.

Hamburgada do Bem

O Hamburgada do Bem é um projeto criado por um grupo de amigos que mensalmente distribui hambúrgueres, recreação e informação em comunidades carentes. A ideia e objetivo é promover a integração social entre voluntários e crianças através de uma experiência inédita.

Entrega de kits da Hamburgada do Bem na comunidade Recanto Verde, em São Paulo (Foto: reprodução Instagram)

As doações podem ser feitas de várias maneiras. A primeira delas é chamada de “amigo da Hamburgada” em que o interessado faz doação mensal a partir de R$5 reais com cobrança recorrente. Também é possível fazer uma transferência bancária por meio de DOC e TED ou pela chave PIX do projeto. Saiba mais e participe acessando o site.

Tel.: (11) 2411-0447/ E-mail: erick@hamburgadadobem.com.br

IPREDE (Instituto da Primeira Infância)

O Instituto da Primeira Infância (IPREDE) foi fundado em 1986, em Fortaleza (CE), e se tornou uma das principais ONG’s do estado. A iniciativa foi criada por um grupo de profissionais que se sensibilizaram com a condição de crianças em desnutrição grave e vivendo em situação de vulnerabilidade social e pobreza na época.

Atualmente, o projeto conta com várias unidades e parceiros espalhados pela região. Os interessados podem fazer doações de diversos valores pelo site do IPREDE.

Tel.: (85) 3218-4000/ E-mail: iprede@iprede.org.br

Mais Recentes da CNN