por: Viagem e Gastronomia Viagem e Gastronomia

Com diárias acima de R$ 2 mil, hotel na Serra da Mantiqueira quer ser o mais luxuoso do país

Adquirido por um grupo de investidores brasileiros em 2021, o antigo Botanique agora é o único empreendimento operado pela marca Six Senses nas Américas e em breve dobrará de tamanho

Six Senses Botanique recebe investimento de R$ 80 milhões
Six Senses Botanique recebe investimento de R$ 80 milhões André Klotz

CNN Viagem & Gastronomiado Viagem & Gastronomia

Ouvir notícia

Considerado um verdadeiro oásis no meio da serra, o Six Senses Botanique, na Serra da Mantiqueira, em São Paulo, vai dobrar de tamanho.

O empreendimento receberá um aporte de R$ 80 milhões em melhorias e novos atrativos para os hóspedes.

Hotel vai dobrar de tamanho e passará a ter 40 quartos / André Klotz

O objetivo dos sócios é alçar o negócio ao posto de hotel mais luxuoso do Brasil.

No radar, consta a construção de uma nova piscina e fitness center, a expansão do SPA, a reforma do atual Restaurante Mina e a construção de um novo restaurante, a implementação de quadras de beach tennis, o retrofit das atuais acomodações do hotel (20 suítes e vilas) e a adição de mais 20 vilas na propriedade.

Atualmente, o hotel que tem a diária a partir de R$ 2.414,00 + taxas, conta com 70 funcionários – quase 2 funcionários por hóspede. Ao dobrar de tamanho, a mesma proporção será mantida.

Além disso, a médio e longo prazo, um ambicioso projeto imobiliário prevê inicialmente a construção de 13 casas de 800 m² nas cercanias da propriedade, todas de alto padrão, e com acesso aos serviços do hotel.

Todo o complexo ocupa cerca 2,5 milhões de m², dos quais 200 mil m² correspondem ao hotel. Com isso, o empreendimento espera ampliar o seu market share para outros mercados, sobretudo fora do estado de São Paulo, principal polo emissor.

Adquirido no ano passado por um grupo de investidores brasileiros, o empreendimento passou a ser gerenciado em fevereiro de 2021 pela Six Senses, considerada a pioneira na indústria hoteleira em práticas sustentáveis.

Em seu primeiro ano de operação, uma série de medidas, todos em pleno uso pela atual administração do hotel, resultaram em melhorias significativas para o meio ambiente.

A mais impactante delas, foi a redução do uso de plástico para zero, sobretudo na área dos quartos, o que resultou em uma tonelada a menos de consumo do material.

Em um ano, mais de 60.000 garrafas pets deixaram de ser utilizadas ao serem substituídas por vasilhames de vidro para água, sucos e outros itens.

A gastronomia do Six Senses Botanique

O viés sustentável também está bastante visível na área de alimentos e bebidas do hotel. O empreendimento possui uma horta própria com produtos orgânicos, livres de agrotóxicos e conservantes e faz uso constante dos insumos ali produzidos nas criações do Restaurante Mina, que é amplamente reconhecido por desenvolver uma culinária que prioriza alimentos frescos, literalmente “do campo para a mesa”.

Somente em 2021, mais de 2.000 ovos e 1.300 kg de vegetais foram produzidos, colhidos e utilizados no próprio hotel.

Tal medida, não só gerou um grande alívio para as contas do hotel, já que não há mais qualquer tipo de gasto com a compra de folhas e vegetais variados, mas deu ainda mais liberdade de criação para a cozinha do Six Senses Botanique.

Rua Elídio Gonçalves da Silva, 4000 – Bairro dos Mellos – Campos do Jordão – SP


Mais Recentes da CNN