Cabines hi-tech e 250 metros de altura: Dubai inaugura maior roda-gigante do mundo

Atração chamada de Ain Dubai fica em ilha artificial da cidade e tem previsão de abertura para 21 de outubro

Roda-gigante fica na Bluewaters Island, próxima à marina de Dubai, e possui visão privilegiada de pontos turísticos da cidade
Roda-gigante fica na Bluewaters Island, próxima à marina de Dubai, e possui visão privilegiada de pontos turísticos da cidade Divulgação

Saulo Tafarelodo Viagem & Gastronomia

São Paulo

Ouvir notícia

Dubai é colecionadora de superlativos: a cidade possui o maior arranha-céu do mundo, a piscina mais profunda do mundo e a maior fonte do mundo. Agora, mais um recorde entra para a lista do emirado e promete ser sensação por lá. Com 250 metros de altura, a Ain Dubai é a maior e mais alta roda-gigante do mundo e está prevista para começar a girar em 21 de outubro na Bluewaters Island, ilha artificial próxima à marina de Dubai.

A grande engenhoca possui 48 cabines descritas como “hi-tech”, ou seja, com uso de tecnologia avançada; capacidade de 1.750 pessoas e 192 cabos que, somados, resultam em 2.400 km de comprimento. Com uma visão 360º, do alto pode-se ver toda a Marina de Dubai, assim como as construções mais icônicas da cidade, a exemplo do hotel Burj Al Arab, a ilha Palm Jumeirah e, claro, o Burj Khalifa, maior prédio do mundo com 828 metros de altura.

A base da Ain Dubai, que em árabe significa “olho de Dubai”, também será recheada de dispositivos de entretenimento e um telão de LED de cerca de 80 metros será montado na estrutura, criando uma plataforma para anúncios e programação audiovisual. Aberto durante o dia e à noite, diferentes tipos de experiências serão oferecidas na roda-gigante e nas cabines.

Cabines hi-tech

De acordo com a Dubai Holding, empresa por trás do projeto, todas as cabines terão ar-condicionado e uma gama de equipamentos de entretenimento. Ao todo, são três categorias de cabines: as de observação, as sociais e as privativas, com experiências que variam segundo o tempo das rotações – uma rotação completa demora cerca de 38 minutos e duas rotações somam 76 minutos.

As cabines de observação são feitas para que visitantes contemplem o skyline de Dubai, com vistas instagramáveis para os pontos turísticos da cidade. Já as cabines sociais incluem pacotes com bebidas, oferecendo um tratamento premium aos clientes – também há o Ain Dubai Sky Bar, que serve bebidas para o brindar o pôr do sol. E, por último, as cabines privativas são voltadas para celebrações exclusivas, como aniversários, noivados, casamentos, encontro de negócios, entre outros, podendo ser ainda reservadas junto de serviços de comida e festividades.

Os preços para as cabines mais simples de observação começam a partir de AED 130.0 (cerca de R$186). O plano mais caro, que envolve drinks, acesso ao lounge e cabine privativa, fica em torno de AED 4700.0 (cerca de R$ 6.750).

Hub de entretenimento

A Bluewaters Island, ilha artificial em que a roda-gigante fica, é dividida em áreas residenciais, comerciais e de lazer, além de hotéis e clubes de praia. É tido como um centro de entretenimento e, de acordo com comunicado à imprensa da Dubai Holding, a Ain Dubai desempenha um papel estratégico no turismo da cidade, “fortalecendo sua posição global como um centro turístico-chave”.

A roda-gigante foi anunciada em 2013 com conclusão planejada para 2015. A construção começou com dois anos de atraso e a abertura seria em outubro de 2020, adiada novamente por conta da pandemia de Covid-19. Atualmente, a roda-gigante mais alta do mundo é a High Roller, em Las Vegas, com 167 metros de altura. Quando inaugurada, a Ain Dubai terá quase duas vezes o tamanho da icônica London Eye, em Londres, que possui 135 metros de altura. 


Mais Recentes da CNN