Clubes de vinhos crescem durante a pandemia. Vale a pena entrar nessa?

Clubes de vinho crescem durante a pandemia, mas será que vale a pena fazer parte? Conheça um pouco da história, benefícios e diferenciais

Ouvir notícia
Sociedade da Mesa, o primeiro clube de vinhos do Brasil (Foto: divulgação)
Foto: Andreas Schantl
Foto: Andreas Schantl

Abrir o Instagram e dar de cara com taças de vinho de todos os tipos nunca foi tão comum como nos tempos de pandemia em que estamos vivendo. Embora não se tenha um dado concreto do aumento do consumo da bebida, são vários os fatores que nos levam a ter essa percepção tão clara. Alguns números estão aí para comprovar ainda mais essas evidências.

Ouvidos pela CNN Viagem & Gastronomia, os clubes de vinho relataram aumento expressivo no número de seus associados. A Wine2Go, de Santos, por exemplo, viu o número crescer em 150% neste período, o que evidencia de certa forma pelo menos o aumento dos entusiastas da bebida.

“Nosso objetivo sempre foi buscar pessoas que gostam de vinho, mas que não entendem tanto do assunto. Criamos até um dicionário como forma de popularizar e aproximar ainda mais esse consumidor. Buscamos o que nossos clientes querem experimentar de acordo com seus gostos e feedbacks. Nosso diferencial é esse: a personalização do atendimento. Temos nossos planos que contam com profissionais que viram ‘tutores’ dos nossos clientes, que estão à disposição para qualquer dúvida relacionada a esse universo, além dos descontos especiais”, ressalta Leonardo Corrêa, um dos proprietários da Wine2go.

Para ajudar na rotina de quem gosta de tomar um bom vinho, mas não conhece muito sobre o assunto, surgiram esses clubes. Mais do que lojas que vendem garrafas ou fornecem descontos especiais, essas empresas proporcionam de forma simples uma troca de experiências com profissionais gabaritados, que tornam mais simples um assunto tão complexo, atraindo cada vez mais associados e apaixonados pela bebida.

Leia mais:

Onde os bartenders bebem? Com Ricardo Barrero, brand ambassador London Essence
Queijos brasileiros imperdíveis por Daniela Filomeno
Descomplicando o vinho: marcas brasileiras ousam para simplificar a bebida e atrair millennials

OS ASSOCIADOS

Qual vinho combina mais com uma carne? E com um peixe? Vinho bom é vinho caro? Eu gosto de vinho mais doce… Ele, do mais encorpado… Qual eu escolho?

Quantificar e conhecer todos os rótulos disponíveis para o consumidor, hoje, seria tarefa difícil até para aqueles profissionais que mais entendem do assunto. Para os leigos ou apenas apreciadores da bebida, escolher uma boa garrafa dentre tantas opções é ainda mais desafiador.

O Diretor de tecnologia Paulo Pontin, de 52 anos, se associou ao seu primeiro clube de vinhos há 15 anos. Hoje, sócio da Sociedade da Mesa, primeiro clube do Brasil, o apaixonado pela bebida conta o porquê vê vantagem em fazer parte do grupo.

“Eu bebo vinho há bons anos e hoje não abro mão em fazer parte de um clube. Além de toda comodidade de receber as garrafas em casa, ele proporciona experiências únicas. A Sociedade da Mesa especificamente oferece um serviço que me faz ter a sensação de viajar sem sair de casa. Eles trazem rótulos de países que nem imaginaria ter vinhos com boa qualidade, como Turquia e Rússia, além de rótulos de regiões diferentes de países tradicionais. Em um clube, você está em contato direto com quem entende. Além de todo o suporte de um sommelier, você tem a garantia de que chegará um vinho de qualidade”, ressalta.

Já o Relações Internacionais Fábio Ruas, primeiro associado do Clube Winet, contou que ele e sua esposa passaram a ser elogiados por seus convidados após servirem vinhos indicados pelo consultor de vinhos e proprietário do clube, Déco Rossi.

“Esse é meu segredo. Ele escolhe o vinho e eu e minha esposa recebemos os elogios – claro que sempre dando os devidos créditos ao nosso ‘Wine Curator’”, brinca.

“Eu vejo um clube de vinho como um clube de investimentos. Assim como você confia seu dinheiro em alguém que entende de investimentos, no vinho você não quer entrar em roubada, confia no especialista, e tem certeza de que vai receber as melhores indicações. Todo mês ele separa com muito cuidado rótulos importantes, uvas diferentes, safras e manda uma ficha técnica com todas as informações. É uma forma de nos conectarmos com esse prazer.  Para muitos virou um modo de vida, uma forma da gente apreciar as coisas boas da vida”, ressalta.

O Clube Wine, maior clube de vinhos do mundo, virou referência no mercado. Karla Parente, que virou associada na quarentena, tem percebido e comemorado as vantagens em pertencer ao grupo.

“A confraria é interessante, porque você consegue ter acesso a vários rótulos, todos os meses, que comprando em supermercado talvez não teria. Isto porque eles conseguem oferecer vinhos de diversas regiões com um custo mais baixo (compram em grandes quantidades). No caso da minha assinatura, todo mês eles mandam dois vinhos de um país específico e as informações de cada um deles. Além disso, a confraria tem um adicional muito importante para quem curte a bebida: você consegue comprar garrafas avulsas com eles a um preço melhor que em outros lugares”, conta.

OS CLUBES DE VINHO

Segundo pesquisa da consultoria Winext, que representa a inglesa Wine Intelligence no Brasil, 17% dos consumidores de vinhos compram suas garrafas por meio de clubes. O estudo foi feito em janeiro de 2020 com compradores regulares da bebida. Os campeões de compras ainda são os mercados, segundo 80% dos entrevistados, seguidos por lojas especializadas em vinho (33%) e e-commerce (28%). As respostas não precisavam ser exclusivas para um determinado local.

Criado em 2003, o clube Sociedade da Mesa possui mais de 40 mil assinantes em seus diferentes planos, sendo 10 mil atuantes, que recebem garrafas todo mês. Além de terem acesso a rótulos de mais de 100 países selecionados por uma curadoria composta por winehunters do mundo inteiro, os associados contam com benefícios exclusivos, como isenção total da rolha em diversos restaurantes e uma publicação mensal com conteúdos especiais, com entrevistas dos maiores especialistas do assunto.

“Quando um consumidor gosta de determinada uva, ele acaba optando pela zona de conforto por não conhecer o restante. Quando você integra um clube desses, você preenche um formulário com seus gostos e há uma equipe por trás que vai levar novas opções de acordo com suas preferências. Oferecemos uma experiência completa do mundo de vinhos. Temos uma equipe de atendimento treinada à disposição de nossos clientes para sanar todas as dúvidas, tanto de rótulos quanto de harmonização. Respondemos por telefone, e-mail, Whatsapp. Os clientes têm canal aberto”, ressalta Lucas Cordeiro, sommelier exclusivo do clube.

“Fazemos um trabalho muito focado, com um time de especialistas. Investimos naquilo que não é comum. Levamos o que há de melhor no mundo para os nossos clientes, que podem ter a certeza do receber vinhos sem defeitos, com qualidades técnicas, de acordo com suas preferências”, completa.

AUMENTO NO VOLUME IMPORTADO X CONSUMO

Segundo a Product Audit International, empresa especializada em dimensionar o volume total de produtos importados, o volume de vinhos importados passou de 12 milhões de caixas de 9 litros para 14 no último ano (números comparados de setembro de 2018 a agosto de 2019 x setembro de 2019 a agosto de 2020) –um crescimento de 16%.

Para Carlos Abar, diretor da empresa, é inegável que houve um aumento de consumo de vinhos neste período, entretanto, é preciso tomar cuidado com essas variações de crescimento, pois os fatores podem ser diversos.

“Vamos ter uma dimensão real nos próximos meses, mas esse crescimento pode ter tido alguns fatores especiais, como reposição de estoque no varejo devido ao não repasse de preços da ‘max do dólar’, o fato de muitos consumidores que antes compravam esse vinho fora passarem a comprar internamente devido à impossibilidade de viagem ao exterior, uma super importação devido a problemas logísticos causados pela pandemia e/ou, é claro, pelo fato de as pessoas terem ficado mais em casa neste período, aumentando o consumo”, explica.

Se por um lado não se pode afirmar em números de larga escala que houve um aumento de consumo da bebida neste ano, por outro, o jornalista Marcelo Copello, um dos principais formadores de opinião da indústria do vinho no Brasil, fez uma pesquisa em abril de 2020 entre os seguidores de suas redes sociais que mostrou dados interessantes Os 1.000 participantes são pessoas já envolvidas com vinho, em sua maioria entre 25 e 55 anos de idade.

O resultado aponta claramente para um aumento do consumo, com 67% das respostas declarando um aumento entre 30% a 60%.

Na pergunta sobre compra, a maioria responde que tem comprado mais (57%), mas este percentual está abaixo dos que declaram consumir mais (67%). A explicação, confirmada em várias entrevistas, é que os consumidores estão baixando seus estoques caseiros – consumindo mais que comprando.

No que se refere ao canal de compra, a liderança, como antes da COVID-19, continua sendo das grandes redes varejistas, que embora não revelem números, reportam ter crescimento de dois dígitos no período.

A pesquisa mostra ainda um grande crescimento do E-Commerce, que normalmente responderia por 10% das vendas e na pesquisa chegou a 35%. O dado confere com números das principais .COM brasileiras de vinho, que reportam crescimento de cerca de 50%. Importante observar que neste crescimento do e-commerce há uma fatia importante de novos consumidores, que nunca haviam comprado vinho on-line – uma porta foi aberta.

Outro canal emergente é o das vendas diretas via WhatsApp, que registrou 23% na pesquisa. Perguntados sobre o futuro próximo, a maioria disse que pretende manter o atual consumo.

COMO ESCOLHER UM CLUBE?

Se ao ler essa matéria você se identificou e percebeu que faz parte desse grupo que aumentou o consumo da bebida nesses últimos meses, provavelmente também ficou curioso em saber mais sobre os planos e vantagens desses clubes voltados para os apaixonados e ao mesmo tempo leigos sobre o assunto.

Mas em meio a tantas opções de clubes e planos, qual devo escolher? Conheça alguns deles para saber com qual você se identifica:

SOCIEDADE DA MESA

Criada em 2003, a Sociedade da Mesa é o clube de vinhos mais antigo do Brasil. Os clientes podem encontrar quatro tipos de planos diferentes. Todos eles incluem duas garrafas ao mês, revista com conteúdo exclusivo, programa Saca-Rolha (isenção da rolha em alguns restaurantes), sommelier à disposição e descontos especiais na compra de garrafas avulsas, em jantares de parceiros e também em alguns cursos de degustação. Os descontos vão aumentando de plano para plano. São quatro planos: Seleção de descobertas, Seleção de grandes vinhos, Seleção de obras-primas e Seleção Magna, o mais premium.

Para mais informações sobre valores e acesso ao e-commerce: https://www.sociedadedamesa.com.br/ / Tel.: 0800-7740303

GRAND CRU

Maior importadora e distribuidora especializada em vinhos de qualidade da América Latina, a Grand Cru viu suas vendas online aumentarem em quase 40% muito impulsionadas por seu clube de assinaturas. Chamada de Confraria, ela foi criada para quem quer receber todo mês os melhores vinhos selecionados por renomados sommeliers. Os planos são divididos em: Confraria Reserva, Reserva +, Reserva Especial e Grand Reserva.

Em todos eles, o assinante (confrade) recebe 15% de desconto em qualquer compra na Grand Cru (tanto nas mais de 80 lojas espalhadas pelo Brasil, como no e-commerce) e recebe catálogo, ficha técnica, gift e a revista exclusiva Grand Cru. Um dos pacotes recém lançados foi a Confraria Flex, em que o cliente tem liberdade para escolher e trocar o vinho.

Os detalhes de cada plano e valores podem ser encontrados no site, assim como os endereços das lojas físicas espalhadas pelo Brasil: https://www.grandcru.com.br/ / Tel.: 0800 666 1004

WINE2GO

A Wine2GO oferece três categorias de plano: Clube Nível 1, 2 e 3. Nestes planos, o cliente pode escolher a opção de receber entre duas ou quatro garrafas por mês. Todos eles têm à disposição um ‘Wine Planner’, consultor especial para ajudar os associados na escolha de rótulos com base no perfil de cada um. Os sócios da Wine2Go ainda têm o benefício de desconto de 25% todo mês em um terceiro rótulo e 10% em outras compras.

Além do e-commerce e do clube de assinaturas, a empresa possui duas lojas físicas localizadas em Santos e São Paulo.Para mais informações sobre valores dos planos: https://www.wine2go.com.br/

CLUBE WINE

Considerado hoje o maior do mundo, o Clube Wine oferece seis tipos de planos diferentes, que podem ser escolhidos de acordo com a preferência de seus associados. São eles: Essenciais, Surpreendentes, Notáveis, Singulares, Refrescantes e Espumantes.

Há opção de assinatura mensal ou anual, com condições de descontos e isenção de pagamento nos primeiros meses em alguns deles. Todos os planos incluem o envio de dois rótulos escolhidos a dedo das melhores vinícolas do mundo a cada mês.

Ao escolher uma modalidade de acordo com seus gostos de vinho, o cliente receberá todo mês a chamada ‘WineBox’, que conterá as duas garrafas, uma revista exclusiva, além de um corta-gotas. Os preços variam de acordo com a opção de plano escolhida.

Os associados também possuem 15% de desconto em todas as compras na Wine, taxa de entrega diferenciada e brindes e cupons na indicação de amigos ao clube.

Para mais informações, como benefícios, valores dos planos e acesso ao e-commerce: https://www.wine.com.br/

EVINO

Outro grande clube de vinhos do país, o Evino também conta com uma curadoria especial, com uma seleção de vinhos escolhida por seus sommeliers. Vinhos exclusivos, regra do frete diferenciado, ofertas e descontos especiais aos associados também fazem parte das vantagens de pertencer ao clube. São dois planos ofertados por eles: Evino Club Red e Evino Club Black.

Para mais informações, como benefícios, valores dos planos e acesso ao e-commerce: https://www.evino.com.br/ Tel.: (11) 4200-4999

ENIWINE.COM

A Eniwine possui planos de assinaturas de todos os valores. Neste clube de vinhos, o cliente é quem monta seu próprio plano e escolhe o que irá receber, de acordo com o preço que deseja pagar.

A empresa reúne cerca de 30 importadores e produtores, mais de 2.000 rótulos com preços até então praticados somente para restaurantes e lojas de vinho.

O site não exibe apenas os vinhos que estão à venda, mas também conta com uma base de dados com mais de 12.000 rótulos que serve de apoio à ferramenta Digital Sommelier – uma aplicação de inteligência artificial, que identifica gosto do cliente com base em avaliações anteriores, evitando erros na compra e garantindo um vinho que realmente agrade.

Para mais informações sobre os planos, acesso ao e-commerce e outros conteúdos: www.eniwine.com /Tel.: (11) 98590-1308

WINET CLUB

Criado há oito anos pelo consultor de vinhos, publicitário e escritor Déco Rossi, o Winet Club nasceu de sua consultoria Winet, sempre com o objetivo de aproximar o vinho do consumidor com uma linguagem fácil, acessível e descontraída. Neste clube, o atendimento é personalizado, e o contato com o consultor é direto, um de seus grandes diferenciais. O cliente tem a opção de assinatura de quatro planos diferentes, mas pode escolher apenas o serviço de consultoria de Deco. Só na pandemia, houve um aumento de 70% de seus associados.

Se optar pela assinatura, os associados recebem mensalmente rótulos cuidadosamente selecionados. Como são opções baseadas na exclusividade, dificilmente são encontradas em lojas e supermercados, somente nas importadoras. O clube possui quatro perfis: Iniciante, Entusiasta, Expert  e Master. Ser sócio do Winet Club também proporciona descontos nos eventos, cursos e degustações promovidos e organizados pela Winet.

Para informações sobre valores dos planos e serviços oferecidos pela consultoria: https://winetclub.com.br/ Tel.: (11) 95060-2338

 

Mais Recentes da CNN