Especial NYFW: os programas obrigatórios na cidade por Carol Rabello

Ouvir notícia

Carol Rabello é administradora de empresas e diretora estratégica da Iorane há dez anos. Habitué de Nova York, conta abaixo seus locais prediletos na Big Apple 

Le Coucou (Foto: divulgação)

Le Coucou

Depois de tomar de assalto a cena gastronômica parisiense, o chef Daniel Rose, aclamado internacionalmente, volta a sua terra natal com o Le Coucou, sua colaboração com o restaurateur Stephen Starr. O espaço é super-bem decorado e cheio de charme. A cozinha traz modernidade à culinária clássica francesa com primor.

138 Lafayette St

BG at Bergdorf

Em uma das esquinas mais icônicas de Nova York na Quinta Avenida, está a loja de departamento mais sofisticada da cidade, a Bergdorf Goodman. Centenária – foi fundada em 1901 – a casa abriga mais do que itens de luxo, mas também o BG at Bergdorf, restaurante que herdou o requinte e a elegância que fez da loja referência mundial. Seu interior é lindo e merece ser observado com atenção. Candy colors pintam as paredes e os estofados, que, por sua vez, completam poltronas de design sofisticado. O menu convida a almoços, sobremesas e a um chá com torradas, biscoitos, sanduíches, geleias ou quitutes gostosos que podem ser degustados entre um assunto e outro. Vá sem pressa para conversar ou apenas admirar a casa.

754 5th Ave

Carbone

Que tal um italiano, daqueles com ares mafiosos e pratos típicos? É assim no Carbone, um restaurante que parece que parou no tempo – no bom sentido, claro. Por lá, a trilha sonora vem diretamente dos anos 60, os garçons são atenciosos, prestativos e parecem mafiosos. Logo de entrada, assim que você senta à mesa, um grande queijo grana padano é servido em lascas para serem saboreadas com balsâmico. O difícil aqui é conseguir uma mesa, ainda mais depois que o ex- presidente Barack Obama jantou na casa. Entre as entradas frescas, peça o king crab (caranguejo do Alasca) apenas cozido, com limão e sal. Entre os pratos principais, escolha as pastas: o Rigatoni Diavolo alla Vodka e o Spaghetti ao Vôngole são incríveis. O Meatball com molho de tomate fresco e folha de limão siciliano te faz viajar para Taormina, comuna italiana. De sobremesa, uma releitura interessante do Tiramisù, que mais se parece um bolo. É uma delícia!

181 Thompson St

The Aviary NYC 

Mais que um bar, uma experiência. A casa, do chef Grant Achatz, prepara pratos típicos da cozinha molecular do expert, que surgem acompanhados de coquetéis inventivos que mais se parecem com experiências científicas. É a união da criatividade com a rica cultura da coquetelaria nova-iorquina. Não à toa, os 90 lugares da casa vivem lotados!

80 Columbus Circus

ABCv

Filho mais novo da rede de restaurantes do grupo  do chef Jean-George Vongerichten (seus irmãos são ABC Kitchen e ABC Cocina), a casa é mais que vegetariana: prima por proposta sustentável, com menu inteiro elaborado com ingredientes vegetais. Por lá, leva-se em consideração o mantra: “uma carne leva bem mais de dois meses para ser ‘gerado’ e ficar pronto, enquanto um legume, apenas duas semanas”. Sendo assim, espere por pratos fresh, sucos orgânicos feitos na hora e deliciosos omeletes com grãos.

38 East 19th St

 

Veja também:

Helena Bordon conta quais os seus restaurantes prediletos em Nova York

Modelo Fernanda Motta dá dicas imperdíveis de Nova York 

Taciana Veloso, da Index Assessoria, conta seus 3 locais prediletos em NYC 

 

https://viagemegastronomia.cnnbrasil.com.br/destino-gastronomico/hotspots-restaurantes-nova-york/

Mais Recentes da CNN