por: Viagem e Gastronomia Viagem e Gastronomia

Brasília, a cidade-arte, completa 60 anos

Ouvir notícia

Ela é sessentona! Brasília, a capital do Brasil, completa 60 anos e ensina as belezas da melhor idade

Brasília completa 60 anos (Foto: Shutterstock)

O sonho de um presidente, a imaginação de uma dupla e das mãos e pés de muito trabalhadores. Brasília mudou para sempre a história do nosso país. Inaugurada em 21 de abril de 1960, a capital federal levou 3 anos e 10 meses para sair dos papéis de Lúcio Costa e Oscar Niemeyer e ficar pronta. A dupla foi a responsável por tornar realidade o grande marco do governo de Juscelino Kubitschek.

Costa pensou na cidade como um ponto de encontro entre os desejos do passado, do presente e do futuro do país. Unindo arquitetura, urbanismo e arte, Brasília alterou o curso do movimento modernista no Brasil e se tornou atração mundial.

Patrimônio cultural da humanidade pela UNESCO, Brasília é essencialmente uma cidade-arte, ou seja, a arte é a própria cidade. Ao lado de cidades como Berlim, Dubai e Singapura, a capital possui também o título de cidade criativa do design. Passear por aqui é ver esculturas-prédios e edifícios-monumentos que foram pautados pela liberdade das formas, pela estética e pela leveza, e que dividiram a história da arquitetura brasileira em antes e depois.

Igreja Nossa Senhora de Fátima (Foto: Shutterstock)
Igreja Nossa Senhora de Fátima (Foto: Shutterstock)

Pessoas do mundo todo e do próprio Brasil se atentaram para a experiência única que é conhecer Brasília. Turistas vêm com o objetivo de entender a unicidade de uma cidade que tem como atrativo a arquitetura, o design e a arte. Por aqui, é comum se sentir pequenino em meio à monumentalidade que é esse acervo a céu aberto, mas ao mesmo tempo se sentir grande no meio de uma das superquadras residenciais.

Monumento do JK (Foto: Maurilio Quadros on Unsplash)
Monumento do JK (Foto: Maurilio Quadros on Unsplash)

Eixo Monumental

Um dos cenários mais conhecidos, é no Eixo Monumental que se concentra monumentos, órgãos governamentais importantes, museus, a Torre de TV e dois setores hoteleiros. É ali, inclusive, que está localizado o B Hotel, que conversa com a cidade modernista com suas linhas sinuosas, seu urbanismo e paisagismo.

Hotel B, em Brasília (Foto: divulgação)
Hotel B, em Brasília (Foto: divulgação)

Assinado pelo renomado arquiteto brasileiro Isay Weindfeld, o B nasceu com o espírito avant-garde daqueles que projetaram Brasília, entendendo que a hospedagem vai muito além de bons quartos e oferecendo um design de experiência completo desde o momento em que se cruza a porta giratória da recepção até a vislumbre do pôr do sol no rooftop ou ao tomar um drinque em seu bar, é possível entender o lifestyle e as particularidades brasilienses.

Fazem parte do “pacote Brasília” monumentos que exploram o contraste entre linhas retas e curvas, luz e sombra, antes e depois; um caldeirão formado por pessoas e culturas distintas; os jovens da Universidade de Brasília e os idosos que construíram a cidade; uma gastronomia que agrega aspectos regionais, nacionais e internacionais, possível apenas por se tratar da capital do país.

Conhecer Brasília é conhecer o Brasil.

Texto por: Carina Benedetti, produtora de conteúdo da agência 5561 BrandBoutique

Mais Recentes da CNN