Fernando de Noronha: hospedagens para curtir o melhor do arquipélago

Destino paradisíaco tem opções de hospedagens que unem conforto e contato com o verde local, tudo de forma equilibrada e sustentável

Ouvir notícia
Piscina do Nannai Solar dos Ventos, em Noronha, com vista de tirar o fôlego para o mar e formações rochosas da região (Foto: divulgação)

Um dos locais mais cobiçados do planeta, eleito como um dos lugares mais bonitos do mundo e destino de um dos episódios do CNN Viagem & Gastronomia, Fernando de Noronha é o paraíso brasileiro. As praias paradisíacas são de água transparente e refúgio de diversas espécies marinhas, além de golfinhos, tubarões e baleias. Impossível também não se impactar pelas atrações naturais, tão exuberantes quanto convidativas à contemplação. Não à toa atraem turistas do mundo inteiro.

E, para acomodá-los, o arquipélago pernambucano tem opções de pousadas e hotéis que oferecem conforto, aconchego e contato com estas paisagens e natureza do local. Confira a seguir as melhores opções de hospedagem na ilha.

Leia mais:
Veja mais passeios e dicas gastronômicas em Fernando de Noronha

Duas das melhores praias do mundo estão no Brasil
Mergulhe com tubarões e nade com golfinhos com estas experiências virtuais no fundo do mar
Praias paradisíacas nos arredores de Recife

  • Maria Flor

Pousada Maria Flor em Fernando de Noronha
Piscina do Maria Flor com detalhe para arquitetura contemporânea da pousada (Foto: divulgação)

Inaugurada no apagar das luzes de 2020, a pousada Maria Flor Noronha é mais um empreendimento do ator e empresário Bruno Gagliasso, dono da Maria Bonita. Ao lado de outros quatros sócios, Gagliasso se dedicou a construir um ambiente, em suas palavras, que fosse um lugar para “se conectar com seu interior, curtir e ficar em paz”.

Com vista para o Forte Nossa Senhora dos Remédios, cartão postal da ilha, e um mirante privativo para o arquipélago pernambucano, a nova pousada do Gagliasso oferece um ambiente exclusivo. São apenas 12 quartos, além de piscina e restaurante, que abre apenas para o café da manhã, com menu assinado pela chef Gabi Freire (a mesma do Maria Bonita) e pela nutricionista Cynthia Howlet.

A arquitetura da pousada foi desenvolvida pelos escritórios da Priscilla Muller e do Solo Arquitetos e paisagismo de Alexandre Furcolin, e cada milímetro da Maria Flor é pensado para impressionar. Nos quartos, aquarelas de Laura Ridolf e lençóis 300 fios da Trousseau são detalhes que ajudam a compor o clima para proporcionar uma experiência marcante. A novidade já vem atraindo famosos. A atriz Fernanda Paes Leme foi uma das primeiras a se deixar fotografar na icônica piscina; o casal Luísa Sonza e Vitão também se hospedaram por lá.

A atenção a esses detalhes rendeu à novíssima pousada uma posição entre as dez melhores hospedagens do país, segundo a revista The Insider, que, aliás, oferece um pacote de cinco dias de estadia em parceria com o hotel do ator global.

  • Nannai Noronha Solar dos Ventos

Piscina do Nannai Noronha com destaque para o mar azul ao fundo
Deck com piscina do Nannai em Noronha com destaque para o lindo mar azul ao fundo (Foto: divulgação)

O grupo responsável pelo icônico resort Nannai em Porto de Galinhas inaugurou, em 2020, mais um hotel da grife, agora em Fernando de Noronha. O projeto é fruto de uma parceria com a antiga pousada Solar dos Ventos e é assinado pelos arquitetos Humberto e Analice Zirpoli. O Nannai Noronha Solar dos Ventos fica em Floresta Velha e conta com seus famosos bangalôs. Ao todo, são dois com 75 metros quadrados e seis com 56 metros quadrados, que abrigam até quatro pessoas cada, além de dois apartamentos de 30 metros quadrados, para até duas pessoas. Todas as unidades têm vista para o mar. O destaque fica com as acomodações master, que contam com chuveiro ao ar livre, cama super king e ampla varanda com vista para as ilhas Chapéu e Cabeluda, cartões postais do arquipélago.

Daniela Filomeno na piscina do Nannai (Foto: CNN Viagem&Gastronomia)

E por falar no mar, a pousada está localizada a 400 metros da Baía de Sueste, que faz parte do Parque Nacional, onde os hóspedes podem explorar a natureza vasta, mergulhar com tartarugas marinhas e visitar o Forte de São Joaquim. Aliás, a arquitetura do Nannai foi toda desenhada para que os hóspedes pudessem vislumbrar o oceano de cada canto da pousada, seja da piscina de borda infinita ou da área social. Já a arquitetura de interiores, assinada por Juliana Monteiro, combina peças de renomados designers com as de artesãos e artistas brasileiros, dando um toque único ao local.

Em matéria de gastronomia, o hóspede pode saborear muitos peixes frescos e frutos do mar, mas o restaurante tem opção também para amantes da carne vermelha e veganos – isso tudo sem deixar de lado a homenagem à terra pernambucana, com moquecas e carne de sol. Com misturas criativas, a culinária desta pousada privilegia a variedade e o conceito de farm do table, levando o alimento direto da horta para o prato, sempre que possível.

Vizinho do Parque Nacional e preocupado com o meio ambiente, o Nannai também afirma que foca na sustentabilidade e na preservação do meio ambiente, com torre de geração eólica, estação de tratamento de efluentes, reciclagem das águas das chuvas, horta orgânica e pomar. Em função da pandemia, adotou protocolos rígidos e conquistou a certificação internacional SafeGuard Covid-19, do grupo Bureau Veritas.

  • Pousada Morena

Com uma das mais belas vistas do arquipélago de Noronha, o Morro do Pico, a Pousada Morena une conforto e exclusividade para o hóspede aproveitar ao máximo tudo o que a ilha oferece. Os quartos são integrados com vegetação nativa e foram decorados com detalhes pensados para que o hóspede tenha uma vivência única.

Ao todo, são cinco tipos de acomodação, que vão de apartamentos Standard com vista para o interior da ilha e capacidade para duas pessoas ao custo de R$ 3,5 mil por duas noites, aos Bangalôs Master, com terraço e deck privativos e vista panorâmica que saem a R$ 7,5 mil para três adultos também por duas noites. Há ainda apartamentos de luxo para famílias e casais. Todas as acomodações contam com detalhes bem pensados e mimos, como amenities L’Occitane e enxoval Trussardi.

Com piscina infinita, jacuzzis, academia, spa e uma loja de moda praia com marcas, como Lenny Niemeyer, Reserva, Richards e Animale, o hotel oferece dentro das suas instalações tudo que o turista precisa. Além destas experiências, conta ainda com uma horta hidropônica que supre não só a sua demanda, como a de outras pousadas, como Paraíso Noronha e Colina Spa Pousada.

O restaurante da Morena possui um cardápio regional com toque de culinária francesa e vista para o mar. O menu é assinado pelo chef Jonatas Moreira, reconhecido nacionalmente pelos restaurantes Akuaba e Vera Moreira, em Maceió. Unindo o regionalismo à cozinha contemporânea, ele cria um cardápio regional com um toque de culinária francesa. Nas noites de sexta, faz sucesso o Festival de Ceviche, evento para o qual é necessário fazer reserva.

  • Maria Bonita

Quarto superior da Pousada Maria Bonita em Fernando de Noronha
Quarto superior da Pousada Maria Bonita, com destaque para detalhes em madeira e vista para a natureza (Foto: divulgação)

Refúgio é como se descreve essa pousada em Fernando de Noronha. Não bastasse estar localizada no arquipélago mais desejado do Brasil – e um dos mais bonitos do mundo – o local respira brasilidade. A arquitetura do Maria Bonita é rústica contemporânea, feita de uma mistura de materiais naturais e objetos de design, enaltece o artesanato brasileiro, principalmente da região nordestina.

Inaugurado pelo global Bruno Gagliasso, o local foi eleito pelos hóspedes como a melhor hospedagem da ilha em 2019 e é repleto de materiais naturais, além de arte popular assinadas por Mestre Zezinho, de Tracunhaém, e da Mestra Sil, de Alagoas.

São apenas 11 habitações e uma piscina que completa a experiência. No menu do restaurante, o café da manhã tem autoria da chef Gabi Freire e itens clássicos dos brasileiros: frutas, bolos e iogurtes. Mas é a tapioca de queijo coalho que remete ao local tudo aquilo que faz de Noronha o que ela é: sua raiz nordestina.

Leia mais
Lugares incríveis para conhecer em Morro de São Paulo, na Bahia
Um paraíso mineiro chamado Comuna do Ibitipoca por Daniela Filomeno
Baía das Caraúbas Glamping – um paraíso sustentável escondido no norte Cearense

  • Pousada Maravilha

Elaborada para emoldurar as beleza naturais de Fernando de Noronha, a Pousada Maravilha tem piscina de borda infinita, varandas amplas nos apartamentos luxo e bangalôs. Há ainda um restaurante, cujo menu é assinado pelo chef Joca Pontes e tem pratos de cozinha contemporânea. A cozinha valoriza os ingredientes regionais e tem mesas ao ar livre que dão vista para as paisagens que definem, em muitas vezes, a região como sendo um verdadeiro paraíso.

O spa tem menu completo de massagens, desenvolvidas para bem-estar e relaxamento e que incluem, entre outras comodidades, o famoso banho turco, além de sauna. O local ainda possui parceiros da região com passeios exclusivos para observação da fauna e flora únicas da região.

  • Zé Maria

Pensando na fragilidade do ecossistema de Fernando de Noronha, essa pousada foi idealizada sem que nenhuma árvore fosse derrubada. O anfitrião dá nome ao local e recebe os hóspedes. Como a maioria das pousadas que habitam o lugar, de natureza frágil, a preocupação com a sustentabilidade no Zé Maria está no dia a dia. A pousada possui uma estação de tratamento de efluentes que cuida do esgoto gerado, além de uma horta orgânica.

Seu restaurante recebe hóspedes e visitantes e tem menu que viaja pelo mundo. Da espanhola paella até pratos tipicamente nordestinos, como a carne de sol, arroz de jaca e farofa, o local ainda possui um sushi bar que serve pratos japoneses típicos e coquetéis refrescantes que combinam com o clima tropical da ilha.

A pousada ainda oferece ampla piscina, além de boutique, loja de conveniência e academia.

  • Teju Açu

Sustentabilidade é a palavra-chave desse hotel que se define como eco-pousada. Toda a estrutura é feita com madeira de reflorestamento e decks de PVC visando minimizar ao máximo o uso da matéria-prima. Para se manter viva sem prejudicar o meio ambiente, o Teju Açu conta com um programa que atua na eficiência energética, produção de cerca de 30% da energia consumida através de placas fotovoltaicas e campanhas de conscientização de economia de água e energia com colaboradores e hóspedes.

A cozinha do restaurante, que leva o mesmo nome da pousada, tem como base a gastronomia contemporânea, com ingredientes da horta orgânica do local. Não sendo restrito aos hóspedes, o restaurante atende também outros visitantes. Todo o cardápio é feito à base de ingredientes naturais e orgânicos.

Mais Recentes da CNN