por: Viagem e Gastronomia Viagem e Gastronomia

Guia Portugal: highlights do Arquipélago dos Açores

Conheça um pouco do arquipélago e suas praias desertas, vulcões, lagoas termais, florestas perenes e cidades históricas

Ouvir notícia

No meio do oceano Atlântico, o Arquipélago dos Açores é o ponto mais ocidental da Europa e é composto por nove ilhas: São Miguel, a maior e mais famosa, Santa Maria, Terceira, São Jorge, Pico, Faial, Graciosa, Flores e Corvo. É um dos principais destinos para observação de baleias do mundo, com praias desertas, vulcões, lagoas termais, florestas perenes e cidades históricas que parecem paradas no tempo.

Arquipélago dos Açores (Foto: divulgação)
Arquipélago dos Açores (Foto: divulgação)

O destino ainda não caiu na graça dos turistas brasileiros, mas acredite, suas riquezas naturais singulares merecem ser contempladas pelos viajantes mais exigentes.

HIGHLIGHTS DO ARQUIPÉLAGO DOS AÇORES 

Angra do Heroísmo

A capital histórica da Ilha Terceira é considerada Patrimônio Mundial pela UNESCO e vale passar ao menos dois dias por aqui. Seus casarões pintados com cores vibrantes são uma atração à parte. Vale fazer um piquenique no Monte Brasil, que tem uma vista espetacular; visitar o Castelo de São João Baptista; a enorme cratera da Caldeira de Guilherme Moniz, com 3km de largura; as amplas cavernas subterrâneas no Algar do Carvão e as fumegantes Furnas do enxofre e gêiseres, rodeados por lama e rochas sedimentares.

As praias escondidas do Pico

A Praia da Baixa da Ribeirinha é uma típica praia açoriana: muita rocha, rampas de cimento e água fria. É para desmotivar? Não! O cenário compensa! A ilha de São Jorge, lá ao fundo, é maravilhosa. Outra “prainha” escondida é a Prainha de Baixo, mais perto de São Roque do Pico, onde encontra-se um conjunto de piscinas naturais maravilhosas. Outra, é a Poça das Mujas na Calheta de Nesquim, na zona sul da ilha do Pico, com piscinas bem escondidas entre as rochas.

Lagoa das Sete Cidades

Lagoa das Sete Cidades (Foto: Rui Cunha)
Lagoa das Sete Cidades, no interior da Ilha de São Miguel (Foto: Rui Cunha)

No interior da Ilha de São Miguel está a hipnotizante Lagoa das Sete Cidades, formada por duas grandes lagoas que enchem a enorme cratera de um vulcão adormecido. Reza a lenda que uma jovem princesa, filha de um rei viúvo austero, se apaixonou por um pastor, tendo sido proibida de lhe falar. No dia em que a princesa contou ao jovem a decisão do rei, ambos choraram formando duas lagoas: uma verde, da cor dos olhos da princesa; outra azul, da cor dos olhos do jovem. Do Pico do Carvão, pode-se desfrutar de magníficas vistas sobre a Lagoa das Sete Cidades.

As praias escondidas do Pico

A Praia da Baixa da Ribeirinha é a típica praia açoriana: muita rocha, rampas de cimento, não tem muito espaço para estender a toalha e água fria. É para desmotivar? Não! O cenário compensa! A ilha de São Jorge, lá ao fundo, é maravilhosa. Outra “prainha” escondida é a Prainha de Baixo, mais perto de São Roque do Pico, onde encontra-se um conjunto de piscinas naturais de fazer inveja a muitas piscinas artificiais. Outra, é a Poça das Mujas na Calheta de Nesquim, na zona sul da ilha do Pico, com piscinas bem escondidas entre as rochas.

Mais Recentes da CNN