por: Viagem e Gastronomia Viagem e Gastronomia

Guia de Angra dos Reis, no Rio de Janeiro

Angra dos Reis une o melhor dos dois mundos. Para quem prefere a movimentação típica da cidade, a região tem opções de turismo e lazer. História e gastronomia são apenas algumas das atrações. Mas é pelas belezas naturais que o local é famoso

Ouvir notícia

A região de Angra conta com uma baía de águas protegidas, famosa por praias paradisíacas e por ilhas espalhadas pela costa. Por conta das águas cristalinas e da vista de tirar o fôlego, a área onde está localizada é batizada como Costa Esmeralda.

Entre as diversas possibilidades para se apreciar, Ilha Grande é uma das mais requisitadas. É considerada um destino único, mas também pode ser desfrutada em passeio turístico por Angra. Turistas costumam considerar os dois locais um paraíso entre Rio de Janeiro e São Paulo. E é impossível não concordar.

Praias: das clássicas às isoladas
Uma dica para quem está na região é fazer uma visita a Lopes Mendes. Ela é considerada uma das mais lindas do mundo. E realmente é difícil encontrar um mar com águas tão limpas e transparentes. Realmente, impressiona. E apesar de ter ondas agitadas e atrair muitos surfistas, o local também pode render momentos gostosos para os banhistas. Mas é importante prestar atenção nas bandeiras indicativas antes de dar um mergulho.
A praia é um destino clássico e famoso entre os visitantes de Angra. Mas para quem pode passar mais tempo na região e quer fugir um pouco do óbvio, a opção é conhecer praias mais exclusivas como a Praia da Piedade. Ela está localizada na Ilha da Gipóia e é conhecida por ter sido sede da Ilha de Caras. É uma praia pequena, porém encantadora. A partir dela, é possível ver a Igreja da Piedade. O lugar é bastante romântico e acolhedor, ideal para casais ou até mesmo famílias.
Os visitantes que gostam de mais glamour, podem optar por conhecer a Praia do Dentista. Ao chegar se prepare para ver muitas lanchas e iates. Ela chama a atenção por ter uma areia fina e branquinha, sem nenhuma estrutura em cima. Por essa razão, na hora de comer, é preciso chamar por um restaurante flutuante que leva a comida até os barcos. É uma opção muito gostosa para quem aprecia comer em alto mar.

Outra alternativa para chegar à Praia do Dentista, além da lancha, é pegar um taxi boat até a Praia da Fazenda e, dali, fazer uma trilha tranquila e fácil, de aproximadamente 30 minutinhos até o local. Dessa forma, é possível apreciar o caminho, explorar as possibilidades até o destino, e ainda é uma chance de se exercitar.
A maioria das praias de Angra são paradisíacas. Com águas calmas, cristalinas e areia branquíssima. Mas as Ilhas Botinas são a recomendação para quem gosta de apreciar a vida marinha, nadar e mergulhar com snorkeling. O momento é mágico para mergulhadores, porque geralmente os peixes se aproximam das pessoas sem nenhum medo. A ilha tem o formato de duas botinhas e, por isso, ganhou esse nome. Mas, um parênteses: só é possível acessar a ilha com lanchas e barcos de pequeno porte.

Angra e suas praias paradisíacas (Foto: Daniela Filomeno)
Angra e suas praias paradisíacas (Foto: Daniela Filomeno)

Para quem gosta de tranquilidade, a dica é a Praia do Sítio Forte. No entanto, não é indicada para quem quer tomar banho de mar, pois suas águas não são tão limpas e nela existe um pequeno mangue. Mas o lugar é ideal para relaxar, pois há pouquíssimos moradores, além de ser pouco frequentado. Possui uma paisagem acolhedora, coberta por algumas casas de alvenaria. Os destaques são o rochedo e o restaurante flutuante.

Outro destino imperdível é a Lagoa Azul. A piscina natural tem esse apelido turístico por conta do clássico do cinema dos anos 80. Os tons da água são semelhantes às cores do Caribe e o passeio é ideal para quem gosta de mergulho. A área está localizada entre duas ilhotas na região de Freguesia de Santana. A Lagoa Verde também é um lugar que pode ser incluído nesse momento de exploração da Ilha Grande. Lá é possível contemplar uma fauna marinha exuberante e surpreendente. Além disso, é possível encontrar petiscos e bebidas, e a área é ideal para nadar e fazer mergulhos.

Para quem gosta de exclusividade e simplicidade, a dica é a Praia da Ilha dos Macacos. Ela é pouco frequentada e muita gente só descobre que ela existe quando faz passeios de barco pela região. É um bom lugar para quem quer tomar um banho tranquilo, porque o mar é calmo. Além de ser uma ótima oportunidade para quem quer descansar.
Uma outra praia interessante para quem gosta de descanso é a Praia da Baleia. Ela é pequena e pouco movimentada. Mas, atenção: lá não é possível encontrar opções para comida e bebida. Ainda assim, vale a pena conhecer suas águas cristalinas e aproveitar a paz.

Angra dos Reis (Foto: Daniela Filomeno)
Angra dos Reis (Foto: Daniela Filomeno)

Os amantes de história também têm destino certo: a Praia dos Meros. Essa praia guarda vestígios geológicos de civilizações que habitaram o local há aproximadamente três mil anos. Apesar de ser pequena, possui uma fauna marinha incrível e tem um mar de águas bem agitadas. É boa para tomar banho, pescar ou mergulhar. Mas, fora isso, não oferece outras opções de lazer. É bem restrita mesmo.

Já a Praia de Palmas é um lugar que vale a pena conhecer – todos os estilos de visitantes. Ela possui uma água cristalina e tem uma natureza hipnotizante. É ideal para pescaria e snorkel. É bem próxima de Lopes Mendes e dá para chegar por meio de trilhas ou barcos e lanchas.

Mas o lugar com a biodiversidade mais estonteante é, sem dúvidas, o Saco do Céu. É composto por manguezais e rico em crustáceos e conchas, sendo um ambiente calmo e belo, que favorece momentos de paz e contato com a natureza.
Já para quem prefere uma experiência com mais exclusividade, a dica é a Praia de Dois Rios, conhecida por ter abrigado o presídio Cândido Mendes. É composta por dois rios lindos e tranquilos: um de água salgada e outro de água doce. Para chegar até o local é preciso fazer uma trilha. Mas um detalhe importante: por ser uma região isolada, celulares não funcionam.

A Praia da Parnaioca é um destino semelhante à Praia de Dois Rios. Na verdade, não na sua paisagem, mas em relação ao que ela oferece. Situada de frente para o Atlântico, possui um mar bem agitado. Apesar disso, é um excelente refúgio para quem quer ficar somente em contato com a natureza. Também é bem difícil conseguir usar o celular por lá, mas a privacidade e a exclusividade estão garantidas.

Veja também:
Viagem de carro: cidades paradisíacas no litoral do Rio de Janeiro
8 cidades na região serrana do Rio de Janeiro 

Beleza, sofisticação e misticismo são as características mais marcantes de outra praia da região: Praia do Caxadaço. Uma das mais bonitas de Ilha Grande, rende belíssimas fotos. Por ser bem pequena, seu acesso é limitado a botes ou trilha a partir da Lopes Mendes. E por falar em beleza, um lugar considerado por muitos visitantes como o mais paradisíaco da Ilha Grande é a Praia do Aventureiro. Sua água é límpida e suas características são deslumbrantes. Mas nem sempre é fácil de chegar lá, às vezes é necessário ser aventureiro mesmo. Isso porque quando o mar está muito agitado, o transporte marítimo que leva até ela fica inviável.

Melhores lugares para mergulho:
Ilha de Jorge Grego: fica em frente a Lopes Mendes e Dois Rios. É uma ilha em mar aberto, onde é possível encontrar muitos peixes, lulas, cavalos marinhos, corais e até golfinhos. Sem dúvida, é uma das melhores opções de mergulho.
Lagoa Azul: o mergulho é legal e as águas são transparentes. É possível encontrar e se aproximar de muitos peixes. No entanto, a fauna marinha não é tão abundante como em Jorge Grego.
Pinguino: fica na enseada de Sítio Forte. É um mergulho interessante e mágico que desvenda o que restou do naufrágio do navio Pinguino. Os mergulhadores podem explorar os destroços, motores, cabines e toda a vida marinha que se formou em torno deles.
Parcel do Coronel: esse é o destino perfeito para mergulhadores avançados. O Parcel tem uma profundidade de 18 e 25 metros e nele é possível ver tartarugas, encontrar ouriços, tocas e peixes.
Ilha Imboassica: com uma grande quantidade de corais e peixes, e profundidade que varia de 0 a 12 metros, é um lugar interessante para mergulhadores iniciantes e avançados.

Angra dos Reis, Rio de Janeiro (Foto: Daniela Filomeno)
Angra dos Reis, Rio de Janeiro (Foto: Daniela Filomeno)

Para os amantes de pescaria
Os visitantes que pretendem pescar, encontram diversas Lages na região. A mais conhecida delas é a do Coronel. É famosa por ter uma ampla variedade de peixes locais e por ser uma das mais próximas. Agora, para quem gosta de fazer pescas mais rápidas, o melhor ponto é a Ilha de Jorge Grego. Por um simples motivo: ela fica em mar aberto. Além de peixes locais, é possível encontrar outros migratórios como o atum e o dourado. Muitos outros peixes grandes também circulam por essa área.

Os que são fãs de trilha não podem perder
As trilhas podem ser usadas para acessar praticamente todas as praias de Ilha Grande. Algumas são mais longas, outras menores. Para escolher é importante saber se o destino e a paisagem compensam. A trilha para chegar a praia de Dois Rios por exemplo, é um pouco longa. Mas ela é cheia de atalhos e oportunidades de se refrescar antes de chegar à praia. Mas uma trilha que vale a pena se aventurar é a de Lopes Mendes. Apesar de curta e fácil, levando em torno de 30 minutos, ela apresenta igrejas, vestígios de civilizações indígenas, praias, mirantes e muito mais. Não dá para se cansar e nem ver o tempo passar.
A trilha para Palmas também é interessante, mas um pouco mais extensa – cerca de uma hora e meia para chegar.

Onde comer

Vieiras fresquinhas em Angra dos Reis (Foto: Daniela Filomeno)
Vieiras fresquinhas em Angra dos Reis (Foto: Daniela Filomeno)

Depois de um dia gostoso de passeios de lanchas ou mergulho no mar, é hora de conhecer a gastronomia local, mais uma atração para se deleitar. O que mais nos chamou atenção foi a Maricultura Costa Verde, uma das maiores produtoras de vieiras e beijupirá do país. Além de ver a produção de perto, temos a oportunidade de degustar os peixes e frutos do mar.
Outro lugar que vale a pena conferir é Restaurante Lua e Mar, famoso por oferecer um delicioso peixe com banana. É o destino ideal para quem gosta de almoçar de frente para o mar, porque ele fica bem na praia do Abraão, em Ilha Grande. O local é de fácil acesso para quem está em Angra e muito próximo a Lopes Mendes.
Recomendamos também uma visita ao Reis e Magos. O ambiente é agradável, com música ao vivo e serviço de qualidade. Muito famoso pela caipirinha especial e frutos do mar frescos e deliciosos. Não tem como não gostar.
No Fasano a experiência gastronômica também é incrível. Quem janta no restaurante, não esquece das apresentações sofisticadas de peixes, camarões, lagostins e, inclusive, de beijupirás. O chef trabalha com uma ampla variedade de frutos do mar. É uma opção romântica e refinada.

Restaurante Reis e Magos, em Angra dos Reis (Foto: Daniela Filomeno)
Restaurante Reis e Magos, em Angra dos Reis (Foto: Daniela Filomeno)

Onde se hospedar
Inaugurado em 2017, o Fasano tem uma vista encantadora para o mar de Angra dos Reis e também para o campo. Como de costume, o hotel apresenta serviço impecáveis, como SPA com mais de dois mil metros quadrados, tanto para adultos quanto para crianças. É delicioso para relaxar depois de um dia agitado desbravando a região. Assim como em outras unidades, o local oferece espaço fitness, boulevard de lojas e quadras de tênis e poliesportivas. E a localização também é incrível: no Porto Frade, uma das áreas mais luxuosas de Angra. Mesmo para quem está acostumado ao atendimento de qualidade do Fasano, as experiências por lá são sempre surpreendente prazerosas.

Mas, para quem busca um momento de mais proximidade com a natureza, o Vila Galé Eco Resort é a primeira opção. O hotel está localizado no meio da exuberante Mata Atlântica e de mar com águas claras e cristalinas.
Poderia dizer que é uma localização privilegiada, mas arrisco afirmar que os privilegiados são os hóspedes. Além de todos os encantos de Angra, no Vila Galé ainda há oportunidade de fazer uma caminhada ecológica, mergulhos ou passear de barco pelas ilhas da Costa Verde. Apesar da simplicidade de promover contato mais íntimo com o meio ambiente, a estrutura não deixa a desejar na elegância, sofisticação, conforto e entretenimento para adultos e crianças. É um lugar espetacular para descansar depois de um dia desfrutando das experiências de Angra dos Reis.

Conheça o novo Fasano Angra dos Reis, luxo na medida certa

Mais Recentes da CNN