Um tour por 5 bares tradicionais do Rio de Janeiro

Ah, o Rio de Janeiro! Paisagens deslumbrantes e um clima boêmio que torna qualquer passeio pela cidade uma delícia. Não é à toa que os cariocas amam um bom boteco com sabores tradicionais e roda de conversa sem hora para acabar - e, se possível, na calçada

Feijoada do tradicional bar Jobi, servida diariamente

Difícil encontrar um morador do Rio de Janeiro que não tenha aquele boteco predileto pela cidade. A capital fluminense reúne uma vasta seleção de endereços de bares tradicionais que valem a visita, mas, claro, antes de pedir por uma mesa, é importante se atentar se a casa segue todas as orientações de prevenção ao coronavírus.

Comece o seu tour pelos locais a seguir e sinta-se como um verdadeiro carioca.

Bar Jobi

No coração do Leblon, funciona o Bar Jobi, referência da clássica boemia carioca desde 1956. Em um dos endereços mais badalados do Rio, vale sentar sem pressa e se deliciar com a feijoada (R$ 79,50) servida diariamente, o bacalhau à Jobi (R$ 195 – serve duas pessoas) ou com a farta porção de bolinhas de queijo (R$ 42,80 – com vinte e quatro unidades) de dar água na boca. O Jobi também é famoso pelo chope (R$ 7, com 200 ml) muito bem tirado, ganhador, inclusive, de diversos prêmios.

Outra característica marcante do local é o atendimento. Como em qualquer bom bar raiz, os garçons são peças-chave da casa. Sempre simpáticos, são chamados pelos clientes pelo nome, numa relação de amizade.

Avenida Ataulfo de Paiva, 1.116, loja B – Leblon / Horário de funcionamento: diariamente, das 11h às 02h / Tel.: (21) 2274-5055 / (21) 2274-0547 / (21) 96403-4298 (WhatsApp)

Cachambeer Bar e Botequim

O Cachambeer tem em seu DNA o subúrbio carioca. Localizado no Cachambi, bairro da Zona Norte, é o típico botequim que faz qualquer um entrar no clima do Rio já na calçada, onde é costume aproveitar o chope gelado (fora de pandemia!) enquanto aguarda uma mesa e, também, onde ficam as churrasqueiras que assam o carro-chefe da casa: a famosa costela no bafo (R$ 149 – serve duas pessoas).

No cardápio alguns pratos merecem destaque, como o palmito in natura, um palmito gigante, assado na casca com opção de camarão, costela no bafo, ou frango na manteiga e no alho. São cobertos por Catupiry e acompanhados por arroz de abacaxi, passas, camarões e batatas cozidas (R$ 134 a opção com camarão); pastel de camarão – com muito recheio! (R$ 9,00 a unidade); e o porquinho embriagado, um costelinha de porco selecionada, banhada na cerveja preta e ervas especiais por 12 horas, assada no bafo por mais 3 horas e servida com limão, laranja, molho barbecue e uma saborosa farofinha de bacon e alho torradinho (a partir de R$ 104,40).

Rua Cachambi, 475, lojas A e B – Cachambi | No momento, está priorizando o delivery (clique aqui), mas quem chega ao bar é atendido normalmente de terça a sexta-feira, das 17h às 23h; sábado, das 11h às 23h; e domingo e feriados, das 11h às 17h / Tel.: (21) 3549-0258

Brewteco

No Brewteco os grandes personagens da casa são as cervejas, que ganham um cardápio recheado de opções artesanais de micro e pequenas empresas nacionais, além de marcas de todos os cantos do mundo. Claro que para acompanhar as geladas vale pedir o bolinho de cevada, feito com linguiça com malte, bacon e ervas (R$ 29 – com doze unidades) ou o pastel de costela com queijo (R$ 13 – unidade). O bar é o ponto de encontro dos cariocas nas quatro regiões em que está localizado: Barra da Tijuca, Tijuca, Leblon e Gávea.

Leblon: Rua Dias Ferreira, 420 / Horário de funcionamento: das 11h30 à 01h / Tel.: (21) 3217-8280 / Gávea: Praça Santos Dummont, 106 / Horário de funcionamento: das 11h30 à 01h / Tel.: (21) 3594-3642 / Barra: Avenida Olegário Maciel, 231, lojas J e K / Horário de funcionamento: das 17h à 01h / Tel.: (21) 3986-1012 / Tijuca: Avenida Maracanã, 782 / Horário de funcionamento: das 17h à 01h / Tel.: (21) 3596-6270

Bar e Restaurante Urca

Bobó de camarão executivo do Bar da Urca (foto: divulgação)

Já imaginou comer um bom petisco tendo a Mureta da Urca como mesa de bar? No Bar Urca, é possível. Desde 1939, numa das regiões mais queridinhas por cariocas e turistas, a mureta virou extensão do balcão do primeiro andar. Já é costume esperar vagar uma mesa para o salão de restaurante, no segundo piso, aproveitando a vista deslumbrante para a Baía de Guanabara, ao ar livre.

E enquanto se espera, não dá para abrir mão das ‘Canoas’, porções individuais dos pratos do restaurante, servidos em uma embalagem em formato de canoa, para comer na mão. Quando for para a mesa vale pedir o bobó de camarão (R$ 55), a Caldeirada de frutos do mar (R$ 250 – serve duas pessoas) ou a moqueca de posta de peixe baiana (R$ 180 – serve duas pessoas).

Rua Candido Gaffre, 205 – Urca | Horário de funcionamento: Bar – terça a domingo, das 10h às 21h; sexta e sábado, das 10h às 22h / Restaurante – terça a domingo, das 11h30 às 21h; e sexta e sábado, das 11h30 às 22h / Tel.: (21) 2295-8744

Bar do Momo

Tradicional boteco carioca localizado na Tijuca, o bar carrega esse nome inusitado porque, em 1972, o Rei Momo, figura mítica do carnaval, abriu o estabelecimento e o nomeou. Em 1986, o estabelecimento foi comprado, e novos pratos foram criados, colocando o local no circuito gastronômico do Rio.

Com estrutura totalmente familiar, o bar tem a cozinha comandada pelo filho do dono, Toninho, que serve criações inusitadas, desde petiscos a pratos para matar a fome. No cardápio, marcam presença o clássico torresmo (R$ 25), o Momovo (R$ 13 – unidade), uma releitura com massa de bolinho de bacalhau e recheio de ovo de gema mole, e o bolinho de arroz (R$ 7 – unidade).

Rua General Espírito Santo Cardoso, 50, loja A – Tijuca / Horário de funcionamento: terça a sábado, das 12h30 às 22h; e domingos, das 12h às 18h / Tel.: (21) 2570-9389

  • *Preços e horários sujeitos a alterações sem aviso prévio. Valores consultados em fevereiro/ 2021.