por: Viagem e Gastronomia Viagem e Gastronomia

Os restaurantes mais animados de Courchevel, na França

Shows, música boa, gente animada, drinques e comidinhas de qualidade: região dos Alpes Franceses também domina a arte da badalação

La Folie Douce, em Méribel, junta gente animada, drinques, shows e música nos Alpes Franceses
La Folie Douce, em Méribel, junta gente animada, drinques, shows e música nos Alpes Franceses Daniela Filomeno

Daniela Filomenodo Viagem & Gastronomia

Courchevel, França

Ouvir notícia

Além das boas pistas de esqui, de seus hotéis superluxuosos e de uma gastronomia ímpar, Courchevel também domina a arte da badalação. No après-ski, ou seja, nos momentos de socialização com bebidinhas e comidas após o esqui, os almoços e jantares são embalados por DJ’s, shows e muita gente animada.

Disparado o mais animado, o La Folie Douce, em Méribel, transforma o almoço no après-ski em uma verdadeira e divertida festa. Como o nome diz, a folia é garantida: aqui, as dançarinas driblam o frio nos shows, os DJ’s tocam seu set e uma curiosa gaiola içada manda champanhes em grades cruzando o céu da casa rumo à área VIP, em um mezanino.

Do outro lado, no topo, onde fica o DJ com seus dançarinos, é de onde também saem fogos de artifício. A dica é almoçar antes no La Frutière, restaurante na área externa do La Folie, e depois mudar para o bar. Atenção, pois o local é no topo da montanha, logo, se agasalhe muito bem. E não se preocupe: para quem se animar demais e não conseguir voltar esquiando, há meio de locomoção para voltar para o hotel.

Já a noite mais animada é no La Mangeoire, em Courchevel 1850, que vira uma verdadeira festa com dançarinas em cima das mesas e muitas garrafas em tamanho gigante passando pelo salão. O forte aqui não é a comida, mas a festa! Peça as entradinhas, como a burrata, o sushi, o risoto ou a pasta de trufas e aproveite a balada. A novidade fica pela versão na montanha onde era o Nammos com o La Mangeoire Ski Club, que sobe a montanha com animação, novo chef e boa comida.

Antigo Nammos, que hoje dá lugar ao animado La Mangeoire no topo da montanha/ Daniela Filomeno

Outra sugestão é o Bagatelle, ideal para dias com sol ou com frio mais branco: vale sentar na área externa cercada por topos de montanhas e vislumbrar a paisagem. No menu, opte pela pizza e as entradinhas. As carnes também são ótimas.

A novidade fica por conta do La Ferme Saint-Amour, restaurante balada no centrinho de Courchevel 1850. Bem decorado e repleto de muita sofisticação, destaca-se pela comida excepcional. Dica: não deixe de pedir as vieiras com trufa de entrada, maravilhosas! O clima de festa toma conta do restaurante, principalmente após as 22h, com dançarinos e muita música boa.

Vindo diretamente da capital Paris, o Le Piaf busca aliar a tradicional animação da estação de esqui com comida mais sofisticada e música de qualidade. Com restaurante e cocktail-bar, a casa destaca-se com salada de vagem e foie gras, frango assado e coração de filé mignon e batatas fritas caseiras.

Dos locais de almoço na montanha, em dias com sol, o Le Cap Horn, Cave des Creux e La Soucoupe também têm DJ’s que animam as tarde de esqui. Quer mais? Ainda oferecem as melhores refeições da montanha.


Mais Recentes da CNN