Pequenos produtores: da roça para sua casa

A partir da ideia de impulsionar os pequenos produtores de Joanópolis, o DeJoá traz produtos de qualidade direto da roça para São Paulo Pequenos produtores de Joanópolis, quase na divisa com Minas Gerais, conseguiram sobreviver a pandemia graças ao esforço de Julia Hohagen e Daniel Kamada. Há um ano e meio, os paulistanos se mudaram […]

A partir da ideia de impulsionar os pequenos produtores de Joanópolis, o DeJoá traz produtos de qualidade direto da roça para São Paulo

DeJoá, produtos da roça para as cidades grandes (Foto: Reprodução Instagram)

Pequenos produtores de Joanópolis, quase na divisa com Minas Gerais, conseguiram sobreviver a pandemia graças ao esforço de Julia Hohagen e Daniel Kamada. Há um ano e meio, os paulistanos se mudaram para a cidade do interior para organizar eventos gastronômicos.

O casal que acredita e aposta em uma melhor qualidade de vida e valorização do pequeno produtor, teve a ideia de organizar um serviço único de delivery, o DeJoá, que traz à capital os produtos da roça.

“Por conta do confinamento, muitos produtores da região que viviam do turismo viram sua renda diminuir consideravelmente. Então, surgiu a ideia de colocar o projeto DeJoá em prática”. Apresentar para São Paulo produtos artesanais e especiais da roça que merecem ser compartilhados. Em quase 5 meses de atuação, o DeJoá, que começou com 3 produtores, conta hoje com mais de 25 fornecedores de Joanópolis e região, onde semanalmente atende a capital paulista, Guarulhos, Bragança Paulista e Piracaia.

Veja também:
Novos restaurantes em São Paulo por Daniela Filomeno
The Burger Store reabre com novidades em seus cursos 
Renomado Charco inaugura marca dedicada ao delivery de doces e café 

Entre os produtos e produtores está o tomate seco de Adriano Azevedo, feito totalmente artesanalmente com um tempero da família Silveira Azevedo guardado a sete chaves há mais de 3 gerações. O joanopolense Adriano também é responsável pelo shitake em conserva com alho na cachaça e da colheita do mel de eucalipto. Já o molho de tomate artesanal é produzido pelo Joá Verde Orgânicos, sem nenhum conservante e feito à base de tomates da fazenda Bela Vista – de onde saem os tomatinhos cereja orgânicos.

Com levain, a focaccia de fermentação natural vem da Alvorada Pães, zona rural de Joanópolis, assim como as massas de pizza pré-assadas. Todos com fermento natural que facilita a digestão, tem baixo índice glicêmico e não possuí nenhum aditivo.

Ainda tem o Parmesino, um queijo parmesão “jovem” com menos tempo de cura da queijaria Q Queijo do professor Antonio. Fresco, sua produção pode acontecer apenas um dia antes da entrega. Já os cookies artesanais da Natalie Ribeiro variam a cada semana de sabores e adoça a DeJoá. Os mais pedidos: tradicional com gotas de chocolate, paçoca e o de nozes com chocolate.

Cookies artesanais da Natalie Ribeiro (Foto: reprodução Instagram)
Cookies artesanais da Natalie Ribeiro (Foto: reprodução Instagram)

As opções, levadas aos clientes todas as quintas e sextas-feiras, variam a cada semana e são divulgadas via Instagram (@dejoafood) e WhatsApp (Tel.: 11 97665-0707).

 

Apostas: destinos em alta no Brasil por agência Sete Mares