por: Viagem e Gastronomia Viagem e Gastronomia

Padaria Tu És Pão aterrissa em Alto de Pinheiros agora com brunch e almoço

Quem resiste a um pão quentinho? Os paulistanos não! E a Tu És Pão é prova disso ao inaugurar a segunda casa em menos de um ano; a nova unidade serve pratos a qualquer hora do dia e brunch aos fins de semana

Tu És Pão inaugura segunda unidade com foco em refeições a qualquer hora do dia e brunch aos finais de semana
Tu És Pão inaugura segunda unidade com foco em refeições a qualquer hora do dia e brunch aos finais de semana Raul da Mota

Tina Binido Viagem & Gastronomia

São Paulo

Ouvir notícia

O setor de panificação movimenta R$ 105 bilhões por ano no Brasil e, só em São Paulo, são vendidos 25 milhões de pãezinhos todos os dias.

Para ajudar esse número crescer ainda mais, a Tu És Pão, padaria especializada em pães artesanais, abriu em menos de um ano duas unidades, uma na Vila Madalena e outra recém-inaugurada no bairro de Alto de Pinheiros.

E o dono Carlos Maceiras, conhecido como Caco, já adianta que não vai parar por aí: no início de 2023 abrirá sua terceira unidade no Brooklin ou no Itaim.

Pães artesanais: carro-chefe da Tu És Pão, que tem unidades na Vila Madalena e no Alto de Pinheiros / Raul da Mota/Divulgação

Com um investimento de aproximadamente R$ 1,5 milhão, a filha mais nova da rede tem 46 funcionários e mantém a assinatura da casa: vitrine recheada de pães artesanais produzidos com farinhas de moagem em pedra, orgânicas e/ou certificadas, sem aditivos químicos, com água filtrada, sal não refinado e fermentação natural. E, mesmo crescendo, eles garantem que isso não mudará.

No menu, a variedade é grande: o pão orgânico (R$ 26), representante da casa, é feito de farinha brasileira orgânica com crosta crocante. No pão pedra de mó (R$ 29,90), um blend de três farinhas francesas forma uma massa de miolo úmido e aerado, com crosta escura e crocante. Já a baguette francesa (R$ 11) tem longa fermentação, apresentação leve além crosta crocante e caramelizada.

Outros sabores, como pães de abóbora (R$ 28), milho (R$ 26), centeio com frutos secos (R$ 34,90) e cacau com gotas de chocolate belga (R$ 22) também fazem sucesso. Brioches, focaccias, e ciabattas ainda completam o cardápio.

Com mesas externas, nova unidade em Alto do Pinheiros oferece refeições completas todos os dias e brunch aos fins de semana / Raul da Mota/Divulgação

Com tamanho e cardápio ainda maiores, o objetivo agora é servir refeições a qualquer hora do dia. O café da manhã fica a cargo do chef Rodrigo Barbara (ex-PAO e Renaissance) que preparou o cardápio matinal com sanduíches e toasts.

Entre as possibilidades apresentadas, destaca-se os sanduíches de atum tostado, de homus e de brioche tostado com queijo emmental, além das tostadas de ricota de amêndoa, de creme de ovos e de abacate. Cuias com iogurte e mix de folhas e legumes tostados completam a experiência.

Croissants, toasts, sanduíches e diversos tipos de pães compõem o menu  / Raul da Mota/Divulgação

Já no almoço, a cozinha tem no comando o chef Alejandro Peyrou – que passou pelo extinto Açougue Central, do chef Alex Atala – com pratos que mudam a cada dia, mas tem como alguns exemplos salada de mix de folhas; milanesa de wagyu com papardelle na manteiga e salada niçosse, atum vermelho, mix de folhas, tomate cereja, azeitonas e cebola roxa; além de opções de massas.

No fins de semana, um brunch com ovos beneditinos, mollet e mexidos, assim como pães especiais, croissants, bolos, frutas, bebidas e cafés especiais está disponível das 7h às 14h.

Rua Isabel de Castela, 529, Alto de Pinheiros, São Paulo – SP/ Horário de funcionamento: todos os dias, das 7h às 20h.


Mais Recentes da CNN