por: Viagem e Gastronomia Viagem e Gastronomia

Onde os chefs comem com Patricia Lopes, em São Paulo

Já se perguntou onde os chefs mais badalados do país comem quando não estão comandando seus restaurantes? Na nossa coluna “Onde os chefs comem” a chef Patricia Lopes abre o jogo e conta quais seus prediletos em São Paulo

Ouvir notícia

 

A chef Patricia Lopes, criadora da Cook it, é formada Chef de Cuisine e Restauranteur pelo Centro Europeu – Curitiba e tem vasta experiência internacional em seu currículo. Além de chef de cozinha, ela é empresária, esposa, mãe, blogueira, pesquisadora e food trotter. Por ter morado em cidades como Londres e Cidade do México, pôde aperfeiçoar seus conhecimentos em escolas como Le Cordon Bleu e Universidad Iberoamericana Ciudad de México. De volta ao Brasil, em 2012, a chef se fixou em São Paulo (SP), onde trabalhou como consultora gastronômica para o Programa Brasil no Prato, da renomada Chef Carla Pernambuco, e posteriormente iniciou estudos para desenvolver um projeto de comida sous vide. O sonho de levar boa comida e praticidade para as mesas brasileiras era latente. Assim nasceu a Cook it. Conheça mais do projeto aqui.

Chef Patricia Lopes (Foto: divulgação)

Confira abaixo os locais mais frequentados pela chef em São Paulo:

Cór Gastronomia – o Cór fica bem próximo ao Cook it e o almoço executivo é delicioso. Só, ou em reunião com clientes, sempre almoço por lá. E como também moro na região, aos finais de semana, gosto de caminhar pelo bairro com minha família e sempre paramos por lá para drinques e petiscos na varanda. O ambiente é muito agradável.

Praça São Marcos, 825 – Alto de Pinheiros / Tel: (11) 3726-2908 ou 3021-2399 / De terça a sexta, das 12h às 14h45 e das 19h às 22h45 (sendo que das 18h às 19h funciona somente o bar). Sábado, das 12h às 16h45 e das 19h às 23h45. Dom. e feriados, das 12h às 16h45. Segunda não abre.

Keito Pub Kei – este é um restaurante japonês que me faz lembrar muito da minha viagem a Tóquio. No horário do almoço muitos executivos, em sua maioria japoneses, sentados às mesas com seus teishoku. Mas eu gosto mesmo de sentar no balcão e aproveitar os momentos para me transportar de volta ao Japão e saborear o excelente niguiri de ostra ou vieiras com uni. O guioza, feito na casa, também é imperdível. E se você gosta de um pouco mais de “agito” aproveite o karaokê no jantar!

Av. Paulista, 854 – Bela Vista / Tel: (11) 3145-1741 / De segunda a sexta, das 11h30 às 14h30 e das 18h às 22h. Sábado, das 11h30 às 15h e das 18h às 22h. Domingo, das 11h30 às 14h30 e das 18h às 21h30. 

C6 Burger – com um filho adolescente não poderia faltar hamburguerias na minha lista de lugares favoritos. Atualmente, sem dúvida, a C6 Burger é o meu lugar preferido. O atendimento da Fran é algo incomum em São Paulo, o hambúrguer é muito bom, as cervejas sempre agradam e SEMPRE tem um espaço nas mesas comunitárias para nós. O conjunto da obra é excelente! Atualmente estou num caso de amor com o Korea burger, com kiimchi, molho gotchujang, panceta e maionese japonesa no pão artesanal e supermacio da casa: maravilhoso!

Mercado de Pinheiros: Rua Pedro Cristi, 89  – Pinheiros / Diariamente, das 11h às 22h. Panamby: Rua Aureliano Guimarães, 100 – Panamby / Diariamente, das 11:40h à 0:00h.

 Bar Obelisco – quando o assunto é relaxar e curtir não há melhor lugar que o Bar Obelisco, anexo ao Restaurante Vista. O lugar é amplo, agradável e a vista da cidade é linda, acompanhada por drinques incríveis preparados pelos mixologistas Zulu e Jairo Gama, é de perder o fôlego. O cardápio, por conta do chef Marcelo Correa Bastos, completa a experiência: lula à dorê com maionese de limão cravo é o meu petisco favorito.

obelisco-bar-mac
Bar Obelisco (Foto: divulgação)

Av. Pedro Álvares Cabral, 1.301, Ibirapuera / Tel: (11) 97382-7261 / De terça à quarta das 18h à 1h e quinta, sexta e sábado das 18h às 2h.

Sede 261 – quando o assunto é vinho, o meu lugar favorito é o Sede 261.  Daniela Bravin e Cássia Campos arrasam no serviço do vinho. Um lugar bastante descontraído onde as estrelas são os vinhos. Sinto-me como se estivesse tomando uma taça no quintal de casa, com a melhor carta de vinhos, hoje, em São Paulo. Lá não tem comidinhas, por isso sempre preparo uma pequena cesta de piquenique com queijos e pães d’A Padeira. O único problema é que só abre de quinta a sábado. Temos que ficar na expectativa.

Rua Benjamim Egas, 261 – Pinheiros / Tel: (11) 3819-0618 / De quinta e sexta das 17h às 23h e sábado das 14h às 21h. 

A Pizza da Mooca – para fechar o final de semana e esperar a segunda-feira em alto astral nada melhor que comer uma redonda no início da noite de domingo. E para nós – é unânime na família – a melhor pizza de São Paulo é A Pizza da Mooca. A borda inflada e bem torrada e o recheio na medida certa fazem com que atravessemos a cidade em busca da fatia perfeita. Além da Diavola, minha favorita, gosto muito da Salada Pizzanella, que é uma versão da Panzalla.

Rua da Mooca, 1747 – Mooca / Tel: (11) 2601-4653 / De terça a quinta das 18h às 23h30; sexta e sábado, das 18h às 0h; domingo, das 18h às 23h. 

Mais Recentes da CNN