Onde os chefs comem? Com Thiago Maeda em São Paulo

Já se perguntou onde os chefs dos restaurantes mais badalados do mundo comem quando não estão atrás das panelas? Na nossa coluna “Onde os chefs comem” eles abrem o jogo e contam quais seus restaurantes e pratos prediletos

Chef Thiago Maeda

Com sua história de vida relacionada à comida japonesa, por tradição familiar, Thiago Maeda saiu da cozinha do restaurante da mãe para o renomado restaurante D.O.M, onde ficou por 3 anos ao lado do chef Alex Atala.

Ganhou destaque nacional com o restaurante Side em São Paulo e depois abriu o Bistrot Bagatelle no Rio de Janeiro, conceituado mundialmente por sua comida e entretenimento, onde ficou por 2 anos como chef principal.

De volta a São Paulo, Thiago comandou o Tessen Restaurant, marcado pela cozinha fusion japonesa contemporânea.

Como novo projeto pessoal, o chef acaba de inaugurar o Koya 88 Company, uma cozinha de memória afetiva, que inclui suas preferências e autenticidade. Em paralelo, o chef ainda ministra consultorias e workshops em todo o Brasil.

Confira abaixo as casas mais frequentadas por Thiago Maeda em São Paulo:

Moela

O Moela é um dos meus locais favoritos no Centro. Um lugar que procuro quando quero me divertir para tomar uma cerveja gelada e um legítimo petisco de boteco. O clima sempre alto astral também é o ponto alto para fazer qualquer cliente se sentir em casa. Dentre os petiscos, meus favoritos são o bolinho de morcilla e a língua à vinagrete.

Rua Canuto do Val, 136 – Santa Cecília / Funcionamento: terça a domingo, das 12h às 23h.

Tan Tan

Katso Sando do Tan Tan Noodle Bar (Foto: reprodução Instagram)
Katso Sando do Tan Tan Noodle Bar (Foto: reprodução Instagram)

Além da amizade há mais de 12 anos, enalteço a coragem do chef Thiago Bañares por inaugurar um noodle bar em São Paulo, em uma época que o prato ainda era pouco conhecido pelos consumidores. Hoje, frequento – menos do que gostaria – pela gastronomia, coquetelaria, bom preço e o ambiente. Apesar de ser um noodle bar, atualmente vou mais pelo Katsu Sando e o cardápio de entradas.

Rua Fradique Coutinho, 153 – Pinheiros / Funcionamento: terça a domingo, das 18h às 23h30.

Tabuleiro do Acarajé

Vizinho em frente ao Koya, é o melhor acarajé da cidade e tem clima da Vila Buarque. Não deixe de tomar a boa caipirinha da casa com o acarajé.

Rua Jesuíno Pascoal, 30 – Santa Cecília / Funcionamento: quarta a sexta, das 18h às 21h, e aos sábados e domingos, das 13h às 17h. 

Nagayama

Se hoje São Paulo é uma das capitais do sushi no mundo, deve-se ao Nagayama, referência dos restaurantes “bombados” na cidade. É um lugar que sempre tem peixe fresco e um bom shari (arroz). Minha dica para deixar a refeição ainda melhor é sentar-se no balcão do Naga e deixar o sushiman surpreender. Mas se for pedir algo, dê atenção à variedade dos peixes brancos que a casa oferece.

Rua Bandeira Paulista, 369 – Itaim / Funcionamento: segunda, das 12h às 15h e das 19h às 23h30; terça a quinta, das 12h às 15h e das 19h às 00h; sexta, das 12h às 15h e das 19h às 00h30; sábado, das 12h às 16h e das 19h às 00h30. 

Sylvester Bar

Lugar que melhor se bebe em São Paulo com qualidade, técnica e perfeita execução, além de ser ótimo local para se divertir. Sente-se no balcão e peça um cocktail feito pelo Frajola. Minhas sugestões são o Dry Figo e o Negroni da casa.

Rua Maria Carolina, 745 – Jardim Paulistano / Funcionamento: segunda a sábado, das 17h às 23h.