por: Viagem e Gastronomia Viagem e Gastronomia

Onde os chefs comem? Com Enrique Paredes, do Ama.zo Cozinha Peruana, em São Paulo

Já se perguntou onde os chefs dos restaurantes mais badalados do mundo comem quando não estão atrás das panelas? Na nossa coluna “Onde os chefs comem”, eles abrem o jogo e contam quais seus restaurantes prediletos

Enrique Paredes, chef por trás do Ama.zo Cozinha Peruana
Enrique Paredes, chef por trás do Ama.zo Cozinha Peruana Luis Morales Tineo

CNN Viagem & Gastronomia

São Paulo

Ouvir notícia

Cozinheiro, baterista e artista autodidata. São muitas as facetas de Enrique Paredes, chef peruano por trás do Ama.zo, restaurante no centro de São Paulo que traz a cozinha de seu país natal à mesa.

Uma de suas facetas mais importantes ganhou até tatuagem no antebraço: ele preza muito por uma “cozinha com liberdade”. Durante a infância, assistia à programas culinários e saboreava o que de melhor, e mais simples, tinha em casa.

Aos 16 anos entrou para Instituto Gastronómico D’Gallia, no Peru. Após estágios e temporadas em restaurantes de renome, alçou voo solo: abriu um balcão “cebichero” em 2015, o Barra Khuda, em Lima, que tinha uma cozinha despretensiosa.

Para ele, a casa era a expressão da “Cocina con Libertad”.

Foi em 2018 que aterrissou no Brasil, contratado por um grupo de empresários brasileiros. Nasceu, assim, o Ama.zo, com o intuito de apresentar uma cozinha peruana autoral com ingredientes do litoral, da serra e da selva. O sucesso foi imediato e a casa vive lotada.

Fora do cotidiano agitado do restaurante – que acomoda 200 comensais -, o chef também experimenta outros sabores pela capital paulista e entrega seus endereços prediletos para comer em São Paulo – a maioria casas de influência asiática:

Komah

Samgiopsal do Komah, pancetta assada e glaceada com molho Gochujang (apimentado) / Rubens Kato

Gosto demais do Komah. A comida é excelente e o delivery é muito bem cuidado – gosto porque não é sempre que tenho tempo para ir em restaurantes, então consigo apreciar uma boa comida em casa.

Noto que a equipe do Komah tem um equilíbrio interessante e delicado com os vegetais e com a força do tempero coreano – tudo isso misturado, claro, à criatividade do chef Paulo Shin. Ao meu ver, ele deu uma inovação para a proposta de comida coreana.

Na casa da Barra Funda são servidas delícias da cozinha asiática, como o samgiopsal, pancetta assada, glaceada com molho gochujang (R$68 com acompanhamentos); o kimchi bokumbap, arroz salteado com kimchi com omelete cremoso (R$59); e o yukhoe, steak tartare coreano com miolo de alcatra, gema curada e pera asiática (R$45).

Rua Cônego Vicente Miguel Marino, 378 – Barra Funda, São Paulo – SP / Tel.: (11) 3392-7072; WhatsApp: (11) 93354-0746 / Horário de funcionamento: segunda à sexta-feira das 12h às 15h e das 18h30 às 23h30; sábado das 12h às 16h e das 19h às 23h30 / Reservas via site / Delivery via iFood (Pinheiros e Barra Funda)

New Shin-la Kwan

Bulgogi do New Shin-la Kwan / Reprodução Instagram

Todas as vezes que fui ao restaurante de churrasco coreano, New Shin-la Kwan, fui com amigos cozinheiros. É o tipo de culinária comfort food, e adoro a ideia de o próprio cliente preparar o prato e colocar os ingredientes na churrasqueira. É um verdadeiro entretenimento, já que vamos tomando uma cerveja e cozinhando. Terminamos com aquela sensação que estamos em casa com os amigos.

Todos os pratos de churrasco na brasa, desde o bosot bulgogi (fatias de bife de ancho marinado), o galbi yangnyeom (costela bovina marinada) até o samgyeopsal yangnyeom (pancetta marinada), saem por R$190 – as porções para duas pessoas acompanham banchan, kimchi, duas tigelas de arroz e duas saladas.

Rua Prates, 343 – Bom Retiro, São Paulo – SP / Tel.: (11) 3315-9021/ Horário de funcionamento: terça a sexta-feira das 11h30 às 14h30 e das 17h30 às 20h30; sábados, domingos e feriados das 11h30 às 20h30; fechado às segundas / Delivery via iFood

Bar Moela

moela bar
Na foto, bolinhos de miúdos ao centro, alheira à direita e pão com moela à esquerda / Reprodução/Instagram

O chef Rômulo Morente é meu amigo, então pelo menos uma vez na semana preciso ir ao Moela. O bar tem um ambiente descontraído e os bolinhos são muito bem feitos – há desde o de arroz com moela (R$8), o de morcilla (R$19) até o de milho com gorgonzola (R$8) e o de arroz com beterraba e queijo de cabra (R$8).

Não há prazer maior do que comer um bolinho sequinho, crocante e saboroso com uma cerveja gelada depois do trabalho. Além disso, acho todos os atendentes muito simpáticos.

Rua Canuto do Val, 136 – Vila Buarque, São Paulo – SP (Unidade Santa Cecília) / Tel.: (11) 99335-5556 / Horário de funcionamento: aberto todos os dias das 14h às  23h / Rua Cardeal Arcoverde, 2320 – Pinheiros, São Paulo – SP (Unidade Pinheiros) / Delivery via Rappi 

Fabrique Pães

É uma padaria que fica embaixo da minha casa, então é um lugar que frequento bastante. Basicamente todos os pães que consumo são da Fabrique – que me satisfaz pois gosto de comer pão puro, sem nada, e o deles são muito bem feitos.

Também adoro os brioches de chocolate que fazem. Muffins, eclair, fougasse, pães de calabresa, de azeitonas e multigrãos também engrossam o cardápio da padaria.

Unidades em Higienópolis, Santa Cecília e na Vila Romana; confira site / WhatsApp: (11) 95210-7347 / Horário de funcionamento: todos os dias das 7h às 21h / Delivery via site

Ikkousha Ramen

Tonkotsu ramen do Ikkousha / Reprodução/Instagram

Sou apaixonado por ramen. Já comi diversos aqui em São Paulo, mas para mim o do Ikkousha, que fica na Liberdade, está na minha lista dos prediletos. Sempre que estou com vontade de ramen, corro para lá.

Entre os ramens há o tonkotsu ramen, especialidade da casa em que utilizam ossos de porco em modo de preparo próprio, e adicionado um caldo fresco ao caldo concentrado para alcançar um sabor mais intenso.

Rua Thomaz Gonzaga, 45 – Loja E – Liberdade, São Paulo – SP / Tel.: (11) 3132-6033 / Horário de funcionamento: segunda a sexta das 11h30 às 15h e das 18h às 22h; sábados feriados das 11h às 15h30 e das 18h às 22h, domingo das 11h às 15h30 e das 18h às 21h / Delivery via site, iFood e Rappi. 


Mais Recentes da CNN