Onde comer em Bonito: os melhores restaurantes e pratos da região

Peixes de água doce e especialidades regionais misturadas com influências pantaneiras são as estrelas dos cardápios da capital brasileira do ecoturismo

Ouvir notícia
Daniela Filomeno no Juanita Restaurante em Bonito (Foto: Daniela Filomeno)

Além de belezas naturais estonteantes, outro cenário impressiona em Bonito: a gastronomia. Por ali, as influências pantaneiras misturadas com tradições locais são de dar água na boca. As estrelas dos cardápios são os peixes de água doce, como o piraputanga, abundante nos rios que cortam a cidade, e ainda pacus e traíras.

Especialidades regionais também chamam atenção dos olhos e do paladar, como a moqueca pantaneira – servida na Casa do João – e costelão de angus assado do Juanita Restaurante.

Confira locais imperdíveis para se comer bem em Bonito:

Leia mais
Saiba tudo sobre Bonito
Onde se hospedar em Bonito: dicas de pousadas e hotéis na capital brasileira do ecoturismo
Bonito para crianças: passeios imperdíveis para curtir com os pequenos
Bonito: os programas imperdíveis de Daniela Filomeno

Casa do João

Moqueca ao estilo pantaneiro servida na Casa do João
Moqueca pantaneira da Casa do João servida junto de pirão da casa, arroz e farofa de banana (Foto: divulgação)

Restaurante pioneiro em Bonito, comer na Casa do João é imperdível. Da cozinha comandada pelo chef Felipe Caran saem pratos típicos da culinária pantaneira, como a traíra sem espinha e a moqueca pantaneira – feita com pintado da região, banana da terra, coentro, dendê e mandioca. É quase uma parada obrigatória! “Ir na Casa do João é uma experiência além do prato de comida”, dizem os locais. Experimente ainda a porção de torresmos e a gin tônica de guavira.
Rua Cel. Nelson Felício dos Santos, 664 – Centro. Tel: (67) 3255-1212

Juanita Restaurante

Pacu na Brasa do Juanita Restaurante em Bonito
Pacu na brasa com farofa de banana e acompanhamentos do Juanita, carro-chefe da casa (Foto: Daniela Filomeno)

Comandado pela chef Juanita Battilani, o restaurante é tradicional e mistura elementos paraguaios com brasileiros – a chef é natural de Bela Vista, cidade na fronteira com o Paraguai. O uso de temperos frescos é levado a sério pela equipe: nada é comprado de fora. O pacu na brasa é a especialidade da casa, assim como a linguiça de jacaré – de abate legal – e o costelão de angus assado no bafo por 10 horas são iguarias deliciosas. Para finalizar, experimente o Chico Balanceado, um creme de banana caramelada e suspiro queimado na hora.
Rua Nossa Senhora da Penha, 854 – Centro. Tel: (67) 3255-1924

Varandas

Localizado no centro da cidade, o Varandas serve dois pratos ótimos: o peixe no urucum ou piraputanga safadinha, peixes da região bem temperados e feitos com capricho. Dica: sente do lado de fora do restaurante, é super agradável!
Rua Coronel Pilad Rebuá, 1883 – Alvorada. Tel: (67) 99142-4788

Restaurante Marruá (Hotel Marruá)

A cozinha do restaurante do hotel, que fica próximo ao centro de Bonito, é comandada por Sylvio Trujillo, paulista que foi passar férias na cidade e de lá nunca mais saiu. Trabalhando há 14 anos no espaço, ele explica que seus pratos aliam o clássico com o regional, caso da piraputanga defumada no angico, receita criada na pandemia, que leva peixe recheado com farofa de panko acompanhado por um purê de cenoura. Destaque também para a costela de angus.
Rua Joana Sorta, 1173 – Formoso. Tel: (67) 3255-6262

Toca do Sucuri

Pintado a moda da casa da Toca do Sucuri
Pintado a moda da casa da Toca do Sucuri, no complexo de ecoturismo do Rio Sucuri (Foto: Daniela Filomeno)

É importante ressaltar que os passeios em Bonito são feitos em propriedades particulares e várias instalações possuem restaurante e estrutura para receber os turistas. É o caso do passeio no Rio Sucuri, em que o almoço é servido em um agradável espaço aberto e a comida é saborosa. Chamado de Toca do Sucuri, o restaurante do complexo de ecoturismo oferece iscas de tilápia e um pintado ao urucum que faz sucesso entre os clientes. O pintado grelhado também é estrela no cardápio, assim como a sobremesa de cocada assada com sorvete de doce de leite.
Fazenda São Geraldo, 18, Rodovia Bonito – Zona Rural.

Boca da Onça

Comidas tipicas servidas no restaurante do Boca da Onca
Comidas típicas servidas no restaurante do Boca da Onça (Foto: Daniela Filomeno)

A Boca da Onça é um complexo de ecoturismo em Bodoquena, cerca de 70 km de Bonito, que oferece circuitos aventureiros de diferentes tamanhos e dificuldades com pontos de banho, cachoeiras, mergulhos refrescantes e trilhas com muita beleza natural. Se for passar o dia por ali, a dica é almoçar no restaurante do local, que fica no receptivo da propriedade e serve comidas típicas. A refeição é servida no estilo buffet self-service, em que peixes, carnes e outras delícias da culinária regional são preparadas no fogão a lenha.
Rodovia Bodoquena, Km 26, s/n –  Zona Rural, Bodoquena

Confira o programa CNN Viagem&Gastronomia em Bonito:


Mais Recentes da CNN