por: Viagem e Gastronomia Viagem e Gastronomia

Onde comer bem em Chicago, além dos restaurantes estrelados

Não é apenas pela rica arquitetura e forte cena cultural que Chicago vem ganhando cada vez mais a atenção dos turistas. A gastronomia é um quesito levado muito à serio por seus moradores. Prova disso é que a cidade sedia um dos maiores festivais gastronômicos do mundo, o Taste of Chicago, que acontece todo mês de julho. Fora o roteiro dos restaurantes estrelados da cidade, é possível experienciar a culinária local e de outras culturas. Selecionamos alguns locais que vão agradar não só o paladar, como também o bolso

Ouvir notícia

Não é apenas pela rica arquitetura e forte cena cultural que Chicago vem ganhando cada vez mais a atenção dos turistas. A gastronomia é um quesito levado muito à serio por seus moradores. Prova disso é que a cidade sedia um dos maiores festivais gastronômicos do mundo, o Taste of Chicago, que acontece todo mês de julho. Fora o roteiro dos restaurantes estrelados da cidade, é possível experienciar a culinária local e de outras culturas. Selecionamos alguns locais que vão agradar não só o paladar, como também o bolso

Beatrix

Charmoso e cheio de opções saudáveis e orgânicas, o Beatrix é um restaurante/cafeteria com unidades nos bairros de River North, Streeterville e Fulton Market. Local ideal para fazer um brunch de final de semana, sem pressa. As cafeterias de bairro se tornaram ponto de encontro na cidade e atendem muito bem qualquer uma das refeições do dia. A carta de bebidas incluem sucos funcionais, seleção de cervejas americanas, drinques e rótulos de vinhos. Entre as opções que saltam os olhos, os mini hambúrgueres de quinoa, molho de tomate caseiro e ovos pochê. O balcão de boulangerie é recheado de itens deliciosos, como cookies, muffins e bolos, muitos deles em versões sem glúten e sem açúcar.

519 N Clark St.

Chinatown

Com uma arquitetura muito interessante e uma abundância de atrações culturais, Chinatown é um dos bairros mais excitantes de Chicago para explorar. Se quiser conhecer um pouco mais sobre a história da área e seus moradores, comece seu tour com uma visita ao Museu chinês-americano. A variedade de comércios é de enlouquecer: boutiques de chás, lojas, restaurantes e bares. Vale fazer uma parada no tradicional restaurante MingHin e experimentar a variedade do clássico petisco chinês Dim Sum (pastéis cozidos no vapor), a barriga de porco com pele crocante e outras especialidades. Outro clássico do bairro é o Bun recheado de cordeiro e cominho, do pequeno restaurante Xi’an Cuisine. Para finalizar, de um jeito diferente e divertido, não perca a nova sensação em Hong Kong – e que invadiu a Chinatown – os Bubbles Waffles, do Joy Yee Plus. A massa depois de pronta, ganha formato de cone e é recheada com sorvete, alguns de sabores exóticos, como matcha, e finalizados com frutas e confeitos.

Columbus Tap

Fica dentro do hotel Fairmont Chicago, na famosa Columbus Avenue, próxima ao Millenium Park. Oferece um saboroso cardápio de almoço e jantar, lanches compartilháveis, saladas e pratos principais. São 16 rótulos on tap, cuidadosamente selecionados. O menu de comidas prioriza ingredientes frescos e sazonais,  o que eleva a casa para outro patamar de locais para happy hour.

200 N. Columbus Dr.

Portillo’s

Ir até a cidade e não experimentar o tradicional Chicago’s hot dog style é quase uma infração. O sanduíche vem com uma deliciosa salsicha – bem similar com a linguiça brasileira -, mostarda amarela, cebola picada, relish de pepino, picles, tomate e pimenta. A rede de fast food tem decoração divertida e oferece várias outras opções de comida, como pizzas, saladas e massas. Cada tipo de refeição é retirada em um balcão específico. Não deixe de experimentar o famoso bolo de chocolate da casa, molhado e doce na medida.

100 W Ontario St.

Little Goat

Dos mesmos donos – e tão disputado quanto – do Girl & the Goat, o Little Goat oferece cardápio bem variado, e de opções mais rápidas, incluindo itens de café da manhã. Hambúrgueres, lanches, saladas e porções para dividir acompanham os rótulos de cervejas artesanais e bons drinques. A casa é comandada pela chef Stephanie Izard, ganhadora do Top Chef 2008. Razão pela qual é comum se deparar com longas filas de espera. Reserve mesa com antecedência ou chegue cedo para garantir a refeição.

820 W Randolph St.

Lou Malnati’s

Já ouviu falar da Deep Dish? A iguaria é considerada outro patrimônio gastronômico da cidade. A verdadeira pizza ao estilo de Chicago tem a borda mais alta e firme, como a de uma torta, e recheada no capricho com deliciosas coberturas. A Lou Malnati’s é um dos lugares mais procurados de Chicago, com tradição desde 1943 na receita da pizza estufada.

Mad Social

De Gina Stefani, filha de Phil Stefani, o Mad Social é um local casual para comer e beber no West Loop, distrito gastronômico da cidade. O cardápio está cheio de escolhas saudáveis, como poutine, arancini, frango, waffles e costelas de porco. As porções são generosas, feitas com ingredientes frescos e de qualidade. A decoração é um charme, cabines de estilo vintage, com diversos espelhos pendurados pela parede trazem um sensação de aconchego. Não deixe de experimentar o carro-chefe da casa, a salada de polvo grelhado (foto).

1140 W Madison St.

 

Fotos: Pamela Carvalho/ Divulgação 

Mais Recentes da CNN