por: Viagem e Gastronomia Viagem e Gastronomia

No Jardim Botânico, novíssimo Prosa seduz com padaria, wine bar e ótimo restaurante

Direto do Rio de Janeiro, nosso colunista Fabio Wright compartilha uma novidade cheia de bossa para qualquer momento do dia

Terrine de fubá de milho crioulo coberta por molho cremoso de cogumelos do novo Prosa
Terrine de fubá de milho crioulo coberta por molho cremoso de cogumelos do novo Prosa Rodrigo Azevedo

Fabio Wrightcolaboração para o Viagem & Gastronomia

Rio de Janeiro

Ouvir notícia

O burburinho gastronômico do Jardim Botânico — que já conta com casas como Grado, Malta e Sud, O Pássaro Verde — ganhou mais um endereço bacana. O belo casarão da rua Lopes Quintas que abrigava a Casa Carandaí deu lugar ao versátil Prosa, nascido da parceria dos chefs Manu Zappa, do Prosa na Cozinha, e Ricardo Lapeyre, do restaurante Escama (pertinho dali).

Inaugurado no início de janeiro, o Prosa oferece padaria, mercadinho gourmet, bar de vinhos, concorridas aulas de culinária e ainda um restaurante de ótima cozinha, instalado nos fundos do arejado imóvel.

Quem cuida das receitas ali é Cristóvão Duque, 34 anos, um dos mais talentosos chefs cariocas da nova geração. Ele está de volta ao Rio depois de quase 4 anos trabalhando em hotéis boutique em Jericoacoara, no Ceará.

Cristóvão, que estudou na França por dois anos no início da carreira e já trabalhou no Sofitel Copacabana (à época comandado pelo premiado chef francês Roland Villard), virou nos últimos anos braço-direito dos Lapeyre nas cozinhas dos extintos Brasserie Lapeyre e Bistrot Lapeyre.

Ambiente do novo Prosa na Cozinha / Rodrigo Azevedo

No Prosa, ele montou um cardápio multifacetado, onde pode aparecer desde um delicioso ceviche de peixe branco com um alegre toque de caju (R$ 42) até uma refrescante e saborosa vichyssoise de pupunha (R$ 38), versão de alma brasileira desta clássica sopa fria francesa.

Outra entrada que aguça o paladar pelo visual é a mini-horta (R$ 48), que traz coloridos minilegumes orgânicos assados na companhia de homus (pasta de grão-de-bico), babaganuche (pasta de berinjela) e tapenade.

Peixe do dia com molho de açafrão / Fabio Wright

A lista de pratos principais inclui delícias como a barriga de porco com purê de cará e queijo tulha (R$ 66), o peixe do dia com texturas de banana e molho de açafrão (R$ 68) e uma ousada releitura do baião-de-dois (R$ 86) com arroz, feijão-verde, queijo-de-coalho, bacon e  polvo.

À noite, a partir das 19h, as atenções se voltam para o mezanino. Funciona ali o Copas, bar de vinhos com menu de tapas e uma boa seleção de brancos, espumantes, rosés, laranjas e tintos em garrafa e em taça.

Copas, o bar de vinhos do Prosa que funciona a partir das 19h / Rodrigo Azevedo

Prosa na Cozinha
Rua Lopes Quintas, 165, Jardim Botânico – Rio de Janeiro – RJ / WhatsApp: (21) 3005-2080 / Horário de funcionamento: restaurante (segunda a domingo): café da manhã, das 8h às 11 e almoço das 12h às 17h. Bar de vinhos: das 19h às 0h (fecha domingo e terça).

Fabio Wright é jornalista gastronômico e nome por trás do site e perfil Taste and Fly / divulgação

Fabio Wright 

Jornalista paulistano que transita semanalmente entre São Paulo e Rio, já escreveu sobre gastronomia para grandes veículos, como Veja São Paulo, O Estado de S. Paulo e Época São Paulo. Nos últimos dez anos, visitou dezoito países em busca de bons lugares para comer, beber, badalar e exercitar a boemia. Compartilha também suas descobertas no site e Instagram Taste and Fly.


Mais Recentes da CNN