5 lugares para comer um tiramisù de respeito em São Paulo

Muito apreciado no Brasil junto com o café, o doce é servido seguindo a receita clássica ou adaptado em versões originais. Confira uma seleção de onde comer tiramisù na capital paulista por Fred Sabbag

Mascarpone, biscoito savoiardi, gema de ovo, café, açúcar e cacau em pó são os seis pilares do tiramisù, doce italiano apreciado no mundo todo
Mascarpone, biscoito savoiardi, gema de ovo, café, açúcar e cacau em pó são os seis pilares do tiramisù, doce italiano apreciado no mundo todo Pixabay

Fred Sabbagdo Viagem & Gastronomia

São Paulo

Ouvir notícia

Não há dúvidas de que um dos doces mais famosos do mundo é italiano. Tanto isso é verdade que “tiramisù” é a quinta palavra da cozinha italiana mais conhecida fora da Itália e, ao que consta, é uma das poucas que mantém sua grafia original, não importa o idioma.

Sua origem é bastante discutida e incerta. Uns atribuem a Ado Campeol, chef, morto no último dia 30 de outubro, e fundador do restaurante Le Beccherie di Treviso, na região do Vêneto. Segundo essa versão, o doce teria nascido de um acidente na preparação de um sorvete de baunilha, com a inclusão de mascarpone durante a mistura de ovos com açúcar.

Mas há outras histórias, mais romantizadas e de que mais gosto, como a que indica que o doce foi criado como afrodisíaco e revigorante em bordéis da mesma região (o que faz sentido, já que tiramisù procede de tirami su, ou “levanta-me” / “puxa-me para cima”).

Mascarpone, biscoito savoiardi, gema de ovo, café, açúcar e cacau em pó são os seis pilares do tiramisù (há ainda quem acrescente vinho marsala à receita), mas, pelos motivos mais diversos (falta de ingredientes ou criatividade, por exemplo), é possível ver receitas adaptadas ou inovadoras. No Japão, por exemplo, tem o Matcha Tiramisu e, em diversos países, há bebidas inspiradas no doce, como o Tiramisu Frappucino da rede de cafés Starbucks.

Por aqui imagino que o tiramisù caiu nas graças dos brasileiros justamente por conta do café. Independentemente das versões de sua criação e de adaptações em sua receita, em homenagem a Ado Campeol e por ser um dos doces de que mais gosto, destaco aqui cinco lugares para comer um ótimo tiramisù em São Paulo.

Fasano

Fasano Tiramisu
Tiramisù do Fasano, cuja receita leva vinho marsala /Foto: Divulgação

Como já mencionado, o Fasano é uma junção de gastronomia italiana, serviço e arquitetura impecáveis e é comandado pela tríade Gero Fasano (restauranteur), Luca Gozzani (chef) e Manoel Beato (sommelier).

Nesse restaurante, que é tido como um dos mais luxuosos de SP, o tiramisù leva vinho marsala e custa R$ 72.

Fasano (@fasano): Rua Vittorio Fasano, 88, Jardins, São Paulo-SP.

Shihoma Pasta Fresca

Tiramisu Shihoma
Tiramisù do Shihoma, que leva pãp de ló e licor de café/Foto: Giuliana Nogueira

O Shihoma nasceu como delivery e, há alguns meses, foi apontado aqui no CNN Viagem & Gastronomia como um de meus deliveries prediletos de pequenos produtores em São Paulo.

Felizmente, devido ao sucesso de suas pastas frescas que beiram a perfeição, tanto na execução quanto no empratamento, em agosto de 2021 Marcio Shihomatsu abriu seu restaurante e conta com o apoio do casal de cozinheiros Bia Freitas e Joey Lim para servir uma das massas mais gostosas em São Paulo na atualidade.

O tiramisù, que leva pão de ló e licor de café, custa R$ 28.

Shihoma Pasta Fresca (@pastashihoma): Rua Medeiros de Albuquerque, 431, Vila Madalena, São Paulo-SP. Delivery via site

Bráz Trattoria

Braz Tiramisu
Tiramisù da Bráz Trattoria é servido no pote individual e é leve como uma mousse/Foto: Divulgação

Aberta há quase 7 anos e um dos meus restaurantes de shopping favoritos em São Paulo, a Bráz Trattoria, da Companhia Tradicional de Comércio, serve comida de cantina italiana em um ambiente moderno no Shopping Cidade Jardim.

O cardápio, montado por Marcelo Tanus, traz um tiramisù servido em uma travessa “de casa de vó” para ser servido no pote individual e comido, de tão leve, como uma mousse. Custa R$ 27.

Bráz Trattoria (@braztrattoria): Av. Magalhães de Castro, 12.000, Shopping Cidade Jardim, São Paulo-SP. Delivery via iFood, Rappi e app CJ Food. 

Tiramisu Sossi

Tiramisu Sossi
Tiramisù da Tiramisu Sossi, que leva mascarpone importado da Itália e biscoito savoiardi artesanal/Foto: Divulgação

Ao que consta, a Tiramisu Sossi é a primeira boutique especializada no doce no país. Nasceu por conta da pandemia e apenas com delivery em maio de 2020 e sua primeira loja física foi aberta em março de 2021.

É comandada pela chef Lara Carolina e prima pela utilização de ingredientes típicos italianos na execução. O mascarpone (coração da receita) é importado da Itália e o biscoito savoiardi é preparado artesanalmente.

É possível encontrar o doce nos tamanhos P (R$ 30), M (R$ 45) ou G (R$ 60) em formatos de bandejas, ou em travessas para 8 pessoas, tortas de aniversário e potes, além do que há sabores inusitados fora o tradicional, como pistache, avelã e chocolate branco com amarena. Uma das novidades é o cliente levar a sua própria travessa para a loja montar o doce na hora do pedido.

Tiramisu Sossi (@tiramisubr): Rua Marselhesa, 447, Vila Mariana, São Paulo-SP. Pedidos via WhatsApp. Em breve, abrirá outra loja em Pinheiros. 

Basilicata Trattoria

Tiramisù da Basilicata Trattoria /Foto: Diego Sanchez

Além da centenária Padaria Basilicata e do restaurante aberto em 2017 que funciona no piso anterior, no início de 2021 foi fundada a Basilicata Trattoria comandada pelo chef Rafael Lorenti. O ambiente mais moderno, em um lindo imóvel de esquina, é um dos atrativos do restaurante.

O tiramisù, que leva bolacha de champagne e fava de Aridan, custa R$ 30.

Basilicata Trattoria (@basilicatatrattoria): Rua Joaquim Antunes, 197, Jardim Paulistano, São Paulo-SP. Delivery via iFood

Sobre Fred

Fred Sabbag
O advogado e entusiasta gastronômico Fred Sabbag /Foto: Acervo Pessoal

Fred Sabbag é advogado por profissão, mas, no tempo livre, nada de processos ou trâmites judiciais: uma de suas maiores paixões é frequentar bares e restaurantes. O hábito rendeu-lhe inúmeros seguidores no Instagram (@fredsabbag) e o tornou uma celebridade da gastronomia em São Paulo.


Mais Recentes da CNN