Top 6 comidas paulistanas: onde achar?

saiba quais delícias são consideradas tipicamente da cidade e onde encontrar suas versões caprichadas

Bar da Dona Onca Virado a Paulista Cred Mauro Holanda

Cada cidade do mundo carrega suas características próprias, que só de batermos os olhos em determinado costume já sabemos de qual lugar estamos falamos. As comidas têm papel fundamental neste imaginário e ajudam a compor a identidade de cada local, principalmente das capitais que têm uma boa gastronomia em seu DNA. Falou de Croissant? Logo Paris vem à cabeça. Fish and chips? Lembramos de Londres de primeira. Bacalhau? Ah, Lisboa… que saudade de você!

Com São Paulo não é diferente. Considerada uma das cidades com a cozinha mais globalizada do mundo, é possível encontrar na capital as melhores versões de pratos de todos os cantos do planeta. Mas ela também possui suas opções ‘raiz’, tipicamente paulistanas. Não se sabe ao certo se essas receitas nasceram na Terra da Garoa, mas o consumo delas virou hábito de muitos que nasceram ou vivem na cidade. Em seu aniversário de 467 anos, saiba quais são essas comidinhas e onde encontrá-las.

Virado à paulista

Uma das maiores certezas de São Paulo é que você encontrará facilmente um virado à paulista às segundas-feiras.  Não se sabe ao certo o porquê, mas neste dia da semana bares, botecos, algumas padarias e restaurantes o colocaram como prato do dia e assim ficou. O feijão engrossado com farinha, acompanhado de arroz, ovo frito, bisteca, couve e linguiça já virou tradição paulistana. Em 2018, inclusive, ele ganhou o título de ‘Patrimônio Imaterial do Estado de São Paulo’ do Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Governo do Estado de São Paulo). Há indícios de que o prato é servido desde 1602, quando supostamente alimentava as expedições bandeirantes.

Localizado no Copan, Bar da Dona Onça oferece virado à paulista às segundas-feiras (Foto: divulgação/Mauro Holanda)
Localizado no Copan, Bar da Dona Onça oferece virado à paulista às segundas-feiras (Foto: divulgação/Mauro Holanda)

Bar da Dona Onça

Localizado no coração de São Paulo, no Edifício Copan, um dos mais emblemáticos da cidade, o Bar da Dona Onça é um reduto da boemia e da tradição paulistana. Comando pelos Rueda, o local oferece como sugestão do dia às segundas-feiras uma versão especial do prato, que é composta por tutu de feijão, bisteca, couve refogada, torresmo, linguiça, ovo frito e arroz soltinho, por R$ 69.

Uma curiosidade: antes encontrado em botecos mais tradicionais, o chef Jefferson Rueda foi pioneiro ao levá-lo à alta cozinha ao incluí-lo no menu-degustação “Caminhos e fronteiras’, do restaurante ítalo-caipira Attimo.

Inspirado no livro de mesmo nome de Sérgio Buarque de Holanda, o menu foi criado depois de meses de estudos entre o chef e a pesquisadora Tânia Biazioli, que mais tarde transformaria a pesquisa em sua tese de doutorado em Psicologia Social na USP, ilustrando-a com o virado à paulista de Rueda. Mais recentemente, o prato ganhou novas versões do chef para A Casa do Porco – oferecido como snack – e para o Bar da Dona Onça.

Edifício Copan, Av. Ipiranga, 200 – CJ 27 e 29, Centro/Telefone: (11) 3257-2016/Horário de funcionamento:  de segunda a quarta, das 12h às 23h30; quinta a sábado, das 12h às 0h30; domingo, das 12h às 17h (O horário pode ser alterado por conta da pandemia)

Sujinho

O tradicional ‘Sujinho’, conhecido por seus hambúrgueres e grelhados, também oferece como prato da segunda-feira o Virado à Paulista. Arroz, bisteca, couve, torresmo e calabresa são os acompanhamentos. A opção individual custa R$ 50 e é bem servida.

Rua da Consolação, 2063/Telefone: (11) 3231-1299/Horário de funcionamento: de domingo a domingo, 12h às 22h (O horário pode ser alterado por conta da pandemia)/Para outros endereços clique aqui.

Bolovo

Sucesso em São Paulo, o bolovo é um salgado feito originalmente com ovo cozido, envolto em carne moída, empanado na farinha de rosca e frito. Ele é encontrado em muitos bares e botecos da capital. Acompanhado de uma bela cerveja gelada, é o desejo de muitos paulistanos após um dia cansativo de trabalho.

Bolovo do Guarita Bar é um dos mais famosos de São Paulo (Foto: reprodução Instagram)

Guarita Bar

Os amantes do bolovo não podem deixar de experimentar o do Guarita Bar, localizado em Pinheiros. Em uma massa crocante e recheio impecável, o salgado pode ser acompanhado por drinks autorais da casa. O local oferece também pizzas e outras inúmeras opções de comidas de ‘boteco’. Vale a pena conferir.

R. Simão Álvares, 952 – Pinheiros/Telefone: (11) 3360-3651/Horário de funcionamento: de terça a sexta, das 17hs às 22hs; de sábado e domingo, das 15h às 22h (Os horários podem sofrer alterações por conta da pandemia)

Soul Botequim

Especializado em produtos artesanais, o Soul Botequim fica no Brooklin desde 2017. O bolovo, feito em massa de carne mista, faz sucesso entre os pedidos e custa R$ 18 a unidade. Lá, ele recebe o nome de “ovo empanado”. O local também é uma ótima opção para os apaixonados por drinks diferentes e oferece 20 taps de cervejas artesanais frescas.

Bolovo do Soul Botequim tem versão especial, com gema no ponto (Foto: divulgação)
Bolovo do Soul Botequim tem versão especial, com gema no ponto (Foto: divulgação)

Av. Padre Antônio José dos Santos, 812/Telefone: (11) 3297-0006/Horário de funcionamento: de terça a sexta, das 17h à meia-noite; sábado, das 13h à meia-noite; domingo, das 13h às 20h (Os horários podem sofrer alterações por conta da pandemia)

Pão na Chapa

Tomar café da manhã na padaria é hábito muito comum em São Paulo. E o campeão de vendas é o simples e saboroso pão na chapa, feito com pão francês e manteiga.  O difícil de tudo isso é escolher onde comer essa delícia dentre centenas de padarias espalhadas pela cidade. O Viagem & Gastronomia separou uma lista de ótimas opções que podem ser conferidas neste link. No aniversário de São Paulo, damos destaque a duas que fazem muito sucesso entre os paulistanos.

Bella Paulista funciona 24h por dia em São Paulo (Foto: divulgação)

Conhecida como a ‘padaria que não fecha’, a Bella Paulista é umas das únicas da cidade a funcionar 24h por dia. Já tradicional entre os baladeiros de plantão, desde 2002 é ponto garantido para aqueles que têm fome na madrugada. Obviamente o pão na chapa não poderia faltar no cardápio. Outra sugestão é o pão de queijo com requeijão, que também pode ser chapeado.

Rua Haddock Lobo, 354, Cerqueira César/Telefone: 11 95406-5806
/Horário de funcionamento: domingo a domingo, 24h.

Dona Deôla

A padaria Dona Deôla tem seis unidades espalhadas por São Paulo. A primeira delas foi a da Pompéia, inaugurada em 1996. O pão francês na chapa ganha destaque no cardápio. São mais de 11 mil vendidos por mês. Quem quiser experimentá-lo pode inclusive comprá-lo pela loja online, que oferece essa e outras inúmeras opções deliciosas.

Dona Deôla vende 11 mil pães na chapa por mês (Foto: divulgação)

Avenida Pompéia, 1937/Telefone: (11) 3672-6600/horário de funcionamento: domingo a domingo, das 6h às 22h40/Para outros endereços clique aqui

Pastel

Outro costume tipicamente paulistano é comer um belo pastel com caldo de cana. Há diversas feiras de rua espalhadas pela cidade com barracas dedicadas a essa delícia, com inúmeros recheios doces e salgados. Se você vier para São Paulo, com certeza achará alguma delas e terá uma experiência incrível. Mas se preferir algum estabelecimento fixo há também ótimas opções.

Pastel da Maria é um dos mais conhecidos da cidade (Foto: divulgação)

Pastel da Maria

O Pastel da Maria ficou conhecido como o ‘pastel da feira do Pacaembu’. Hoje, virou uma rede e possui outras unidades pela cidade. Com uma receita de família, o pastel da casa é um dos mais conhecidos da capital. Massa crocante e sequinha, leva alho, cebola, tomate, salsinha, azeite e gengibre. Os recheios vão desde os mais tradicionais, como o clássico pastel de carne, até mais elaborados, com diferentes molhos.

Rua Fradique Coutinho, 580- Pinheiros (confira outros endereços da casa aqui)/ Horário de funcionamento: segunda a sábado, das 11h às 17h/ Telefone: (11) 2373-7071

Pastelaria Yokoyama

Desde 1967, a pastelaria Yokoyama é ponto obrigatório para os fãs de pastel. Com duas unidades na Vila Mariana, eles oferecem também diferentes tipos de salgados, bolinhos e pizzas. A qualidade e sabor de tudo que é oferecido chamam a atenção. Há opção também de levar as delícias congeladas. Atualmente, eles estão funcionando apenas por delivery ou retirada nas lojas.

Av. Lins de Vasconcelos, 1365 – Cambuci/Telefone: (11)3207-9613/Horário de funcionamento: segunda a sábado, das 9:30 às 21:30/confira outros endereços da casa aqui 

Sanduíche de Mortadela

Já virou símbolo da cidade aquele sanduíche generoso com muita mortadela servido no pão francês. Um dos lugares mais tradicionais para encontrá-lo é o Mercado Municipal da Cidade, que comemora aniversário no mesmo dia da capital. São diversos estabelecimentos que oferecem o sanduíche. Este ano, no dia 25 de janeiro, o Mercadão fará uma versão inédita do lanche para celebrar seus 88 anos. Serão 467 metros (idade da cidade) e mais de uma tonelada de recheio de mortadela e queijo prato. Ele será distribuído a instituições carentes.

Mortadela Brasil fica no mezanino do Mercado Municipal de São Paulo e oferece o famoso sanduíche (Foto: divulgação)

Onde encontrá-los dentro e fora do Mercado?

Hocca Bar

Falou em pão com mortadela, o Hocca Bar é uma das grandes referências. Criado em 1952, ele é um dos estabelecimentos mais procurados do Mercadão. Além do centro da cidade, os bairros da Mooca e Moema ganharam também suas unidades, que oferecem o tradicional sanduíche e mais inúmeras outras opções de lanches e porções. A fama é tanta que o bar abriu as portas também em Orlando, nos Estados Unidos, em Campinas e no ABC Paulista.

R. da Cantareira, 306 (Mercado Municipal de São Paulo) Mezanino Box 05, Loja 2 – Centro Histórico de São Paulo/Telefone: (11) 3227-6938 /Horário de funcionamento: segunda a sexta, das 9 às 17h; sábado, das 10h às 18h; domingo, das 8h às 16h; <(Os horários podem sofrer alterações por conta da pandemia)/para mais endereços clique aqui

Mortadela Brasil

Também no mezanino do Mercado Municipal, outro local muito procurado e elogiado é o Mortadela Brasil. São diversas opções de sanduíches, com destaque, é claro, para o de mortadela, com 26 variedades. Eles são conhecidos por sua qualidade e quantidade. Para todos os lanches, há duas opções de pães de 80 gramas – baguete com parmesão e pão francês.

O chopp geladinho para acompanhar é a sugestão dentre outras que os funcionários estão sempre à disposição a dar. Os pastéis bem recheados também ganham destaque no cardápio.

R. da Cantareira, 306 (Mercado Municipal de São Paulo) Mezanino Box 4/Telefone: (11) 3311-0024/Horário de Funcionamento: de segunda a sábado, das 8h às 18h, e aos domingos e feriados, das 8h às 16h (Os horários podem sofrer alterações por conta da pandemia)

Pizza

Se a pizza não fosse reconhecida mundialmente como prato típico italiano, seria facilmente chamada de paulistana. As inúmeras opções de pizzaria de qualidade e história em São Paulo impressionam. São redondas de todos os tipos para absolutamente todos os gostos. Pizzas que deixam muitos estabelecimentos italianos “no chinelo”. É praticamente impossível listar todas as maravilhosas sugestões, mas destacamos duas para você conhecer no aniversário de São Paulo:

Pizza Marguerita do Speranza é uma das queridinhas de São Paulo (Foto: divulgação)

Há 62 anos na gastronomia paulistana, a Pizzaria Speranza foi fundada no bairro do Bixiga. Quem nunca foi e deseja comer uma das melhores pizzas da cidade não pode deixar de conhecê-la. A pizza ‘Marguerita’ sempre está na lista das melhores de São Paulo. A tradicional casa, originária de uma família italiana, também serve suas redondas em uma unidade em Moema. O menu conta com pastas servidas no melhor estilo italiano, além do imperdível pão com linguiça de entrada.

Rua 13 de Maio, 1004 – Bexiga/Telefone: (11) 3288-8502/Horário de funcionamento: terça a sábado, das 18h às 22h; domingo; das 12h30 às 15h30 e das 19h às 22h. Para conferir as informações da unidade de moema clique aqui

Margherita Pizzeria

Desde 1981, a Margherita Pizzeria une tradição da pizza com sofisticação informal. Um ambiente gostoso pra tomar um vinho e comer uma das pizzas mais famosas da cidade. A sugestão fica para a ‘Bianca’, uma pizza que não leva molho de tomate e é feita com requeijão e mussarela.

Alameda Tietê, 255 – Jardins, esquina com a rua Haddock Lobo, 1255/Telefone: 11 2714-3000/Horário de funcionamento: domingo a domingo, das 18h às 22h. Para delivery, das 18h à 00h.