por: Viagem e Gastronomia Viagem e Gastronomia

Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Dia da Lasanha: 5 restaurantes com receitas diferentes e deliciosas do prato

    Muito além do ragu de carne e molho bechamel, o prato que conquistou a fama nas mesas fartas dos almoços de domingo, ganhou outras versões e ares mais requintados pela capital paulista

    Lasanha de bacalhau do Piccini
    Lasanha de bacalhau do Piccini Raul da Mota

    Tina Binido Viagem & Gastronomia

    São Paulo

    Ouvir notícia

    É o prato predileto do Garfield e motivo de quase uma crise diplomática entre Grã-Bretanha e Itália há alguns anos. Os dois países estavam lutando pela “paternidade” da receita no início do século 21.

    A verdade é que sua origem é um tanto incerta, mas a fama e o reconhecimento vieram, de fato, da Itália.

    Tradicionalmente, lasanha é sinônimo de folhas de massa fresca à base de farinha de trigo e ovos, intercaladas com molho bechamel à base de leite, farinha e manteiga, e ragu – uma mistura de carne bovina e de porco e lascas de queijo parmiggiano-reggiano. Nada de queijos em fatias ou presunto na versão original, que fique claro.

    Porém, como todo clássico, a lasanha ganhou diversas releituras, com direito à fatias de berinjela, abobrinha e outras tantas variantes.

    A seguir, CNN Viagem & Gastronomia selecionou 5 restaurantes em São Paulo que oferecem versões da lasanha que valem a pedida, por inovarem seja no recheio ou na apresentação.

    Modern Mamma Osteria

    Os chefs Salvatore Loi e Paulo Barros têm no menu apenas uma opção de lasanha: a famosa Lasanheta Vitelo com creme de grana padano e trufas negras (R$ 74), servida “deitada” com molho demiglace e fonduta de queijo.

    A famosa lasanha deitada do chef Salvatore Loi / Rodolfo Regini

    Rua Manuel Guedes, 160, Itaim Bibi e Rua Ferreira de Araújo, 342, Pinheiros / Horário de funcionamento: segunda a sexta, das 12h às 15h e das 18h30 às 23h, sábado das 12h às 23h, e domingo, das 12 às 21h. 

    Piccini Cucina

    A chef Uélita Bertani, do Piccini Cucina, tem no seu menu duas opções de lasanha. Uma delas é a Lasagna di Baccalà, massa feita na casa com bacalhau, molho pomodoro e azeitonas pretas (R$ 95), e a Lasagna di Verdure com berinjela, abobrinha, scamorza defumada e pesto (R$ 85).

    Lasanha de verdura com berinjela, abobrinha, scamorza defumada e pesto do Piccini / Divulgação

    Rua Vitório Fasano, 49, Jardim Paulista / Tel (11) 3476-3376 / (11) 3476-3393 / Horário de funcionamento: terça a quinta, das 12h às 15h e das 19h às 00h, e sexta a domingo, das 12h às 16h30 e das 19h às 00h.

    Gero

    O restaurante Gero é o “filhote” informal do sofisticado Fasano. Comandado pelo restaurateur Gero Fasano, que está à frente de todos os empreendimentos da família, oferece uma bem servida Lasanha verde alla Bolognese (R$ 118).

    Lasanha verde do Restaurante Gero / Leo Feltran

    Rua Haddock Lobo, 1629, Jardins/ Tel.: (11) 99305-6056 / Horário de funcionamento: segunda a quinta, das 12h às 15h e das 19h à 00h, sexta e sábado, das 12h à 01h, e domingo, das 12h à 00h.

    Temperani Cucina

    O restaurante italiano Temperani Cucina, localizado dentro do Complexo Vila Anália, é uma homenagem ao avô dos primos Guilherme, Vitor, Danielo e Marcus Temperani, proprietários do restaurante.

    A casa conta com o chef Antonio Maiolica no comando do menu e, por lá, massas – todas de fabricação própria -, carnes, peixes, pizzas, fazem a alegria dos apaixonados pela gastronomia italiana, inclusive com uma lasagna bolognese com massa verde de espinafre, bechamel, parmesão, ragu bolognese de carne de porco e boi (R$ 79).

    Temperani Cucina tem lasanha quase tradicional, mas inova na massa de espinafre  / Elvis Fernandes

    Rua Cândido Lacerda, 33, Jardim Anália Franco / Tel.: (11) 2373-5378 / Horário de funcionamento: segunda a quinta, das 12h às 23h30; sexta e sábado, das 12h às 00h30; e domingo, das 12h às 22h.

    Motique

    Idealizado pelo casal Charlotte De Cort e Victor Magri – ela belga, ele brasileiro -, o Motique abriu suas portas em maio deste ano em um casarão com ampla varanda na tranquila rua Simão Álvares, no bairro de Pinheiros.

    Ali, serve serve receitas e temperos de diversas culturas, fruto da experiência de seus fundadores, ambos com longa passagens pela Europa. A lasanha é para compartilhar e é feita com cogumelos, queijo de cabra e sálvia (R$ 120).

    Lasanha com cogumelos, queijo de cabra e sálvia do Motique / Divulgação

    Rua Simão Álvares, 985, Pinheiros – São Paulo – SP / Horário de funcionamento: terça a sexta, das 12h às 15h e das 18h às 23h; sábados, das 12h às 23h; e domingos, das 12h às 16h.


    Mais Recentes da CNN