por: Viagem e Gastronomia Viagem e Gastronomia

Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Belcanto, uma celebração à gastronomia

    Um dos melhores restaurantes de Lisboa, ganha reconhecimento do Michelin. Um dos chefs mais badalados de Portugal, José Avillez, comandou durante um bom tempo as caçarolas do Tavares, estrelado de Lisboa.

    Ouvir notícia

    Um dos melhores restaurantes de Lisboa – Portugal ganha reconhecimento do Michelin

    Um dos chefs mais badalados de Portugal, José Avillez comandou durante um bom tempo as caçarolas do Tavares, estrelado de Lisboa. Resolveu alçar voo solo e assumiu o tradicional Belcanto (Lisboa), célebre por ser ponto de encontro da sociedade lisboeta. Promoveu uma renovação da casa, localizada no Chiado, perto do Teatro Nacional, e revolucionou a gastronomia local. Literalmente. Com menos de um ano de vida, o Belcanto (Lisboa)  já garantiu sua primeira estrela no aclamado Guia Michelin e conquistou a segunda em 2014. Já em 2015, entrou para a lista dos melhores restaurantes do mundo, segundo a The World’s 50 Best Restaurant. Mesmo em tempos de crise, todos os dias as mesas são disputadas diariamente.

    belcanto-1

    As referências do “chef dos chefs” o catalão Ferran Adriá, onde Avillez estagiou, são vistas nos pratos, a começar pelo extenso couvert com seis pratos, além de trio de manteigas e pães assados na casa.

    Captura de Tela 2015-07-14 às 11.54.30

    Para começar, o trio de azeitonas faz uma releitura do ingrediente apresentado em três inusitados formatos: azeitona preta com crosta de tempurá, verde liquida (assim como a de Adriá) e um dry martini invertido, onde a azeitona domina no drink, com uma “cápsula” feita nos processos de alquimia.

    belcanto-3

    E segue o prato “parece mais nao é “, apresentado assim mesmo pelo simpático garçom: “chocolate ferrero rocher”. Visual idêntico, com uma folha de ouro laminada, explode na boca e se traduz em um delicado e saboroso bombom de foie gras, delicioso. Acompanha o bacalhau, um finger food, com folha de arroz, espuma de bacalhau e coentro, uma mistura de sabores, onde o bacalhau e o coentro sobressaem. E chega uma farta cestas de pães a escolher: nozes, broa, azeitonas, papoula e italiano. Acompanham as incríveis manteigas: defumada, de nozes e dos Açores.

    belcanto-4

    E o couvert, sim, ainda estamos nesta etapa, segue. Aqui, o culto a gastronomia, bom serviço e comida impecável (apresentação idem), são levados à serio. Chega uma grande pedra de quartzo branca, com aquecimento para um platô, onde em cima, descansa um camarão, envolto em uma delicada folha de alface. O gambas da costa (pequeno camarão da região) é servido com pedra de sal, emulsão de noz e alface pre-assada. Delicado, leve e surpreendente.

    Captura de Tela 2015-07-14 às 11.54.56

    De entrada, optamos pelo Rebentação, muito mais pela curiosidade da sua apresentação: servido em uma gigante concha, traz mix de diferentes (mesmo) frutos do mar, como ouriço, pepino do mar, ovas e outros frutos inusitados – prato leve, com sabor de mar.

    belcanto-6

    Outra entrada, “a horta” – um ovo cozido a baixa temperatura por 45 minutos, com sete sabores em sua volta, entre eles uma camada de ouro comestível, cogumelos e pão frio com tinta de lula. De prato principal, optamos por releitura do leitão com batata frita. Uma fina camada de leitão, com crosta crocante, purê de manga e alho negro. A batata frita vem em um fino pacote, também comestível, isso mesmo. A apresentação do acompanhamento é pendurada no arame.

    Captura de Tela 2015-07-14 às 11.54.50

    De pré-sobremesa, para ativar o paladar, uma pequena framboesa com wasabi. Inusitada, doce, saborosa e marcante.

    belcanto-7

    Para sobremesa, a que lidera os pedidos: em formato de fruta, sorbet, farofa crocante e mini bolos – tudo sabor tangerina. A aparência de uma real fruta impressiona, sua composiçāo e textura, ao dar uma garfada, também. O ponto alto da noite, não que algum prato deixou de surpreender. Com café e chá, uma caixinha de surpresas com macarron, trufa, bolachinha e marmelada. Delicado e encerrou o jantar com chave de ouro.

    Captura de Tela 2015-07-14 às 11.54.38

    José Avillez tem em sua alta gastronomia uma forma de expressão. Ele diz que o Belcanto (Lisboa) é sua forma de partilhar as suas inspirações, emoções e inquietações por meio de releituras e criações. Cada prato conta uma história e tem como principal objetivo emocionar quem o aceita provar. E consegue.

    BELCANTO – LISBOA
    + 351 21 342 06 07
    Largo de São Carlos, 10
    Lisboa, Portugal

     

    Quer saber mais sobre Michelin? Clique aqui.

    Mais Recentes da CNN