por: Viagem e Gastronomia Viagem e Gastronomia

5 lugares em SP para se sentir em Nova York

A cosmopolita Nova York é amada por - quase - todo brasileiro. Muito lembra a capital paulista: não para um minuto, agitada e com inúmeras opções gastronômicas e culturais. Para matar a saudades da cidade mais populosa dos Estados Unidos, separamos cinco locais em São Paulo que nasceram na "Big Apple" e conquistaram o paladar paulistano. Confira!

Ouvir notícia

A cosmopolita Nova York é amada por – quase – todo brasileiro. Muito lembra a capital paulista: não para um minuto, agitada e com inúmeras opções gastronômicas e culturais. Para matar a saudades da cidade mais populosa dos Estados Unidos, separamos cinco locais em São Paulo que nasceram na “Big Apple” e conquistaram o paladar paulistano. Confira!

Bistrot Bagatelle

Aberto em 2008 em Nova York e importado para o Brasil, engana-se quem espera encontrar apenas hambúrgueres no menu. Na verdade, o restaurante chama-se Bistrot Bagatelle, ou seja, é um restaurante francês com ótima gastronomia e que se “transforma” no decorrer da noite em uma ótima balada. Não à toa, virou um dos hotspots da capital paulista. O espaço segue o padrão de decoração da marca pelo mundo, com cadeiras de bistrô, lustres de cristal, toalhas brancas, quadros contemporâneos e sofás de couro, em um ambiente clássico francês com toques modernos. Imperdível no cardápio: mini coxinha de galeto e shitake (R$ 36) e gnocchi à la parisienne (gnocchi com molho trufado – R$ 40). Para quem gosta de brunch, oferecem aos finais de semana ótimas opções entre o café da manhã e o almoço. Importante fazer reserva!

Bistrot Bagatelle (Foto: divulgação)

Rua Padre João Manuel, 950, Jardins

Burger Joint

Quem já foi para NY e gosta de hambúrguer, com certeza, já ouviu falar na pequena hamburgueria que fica dentro do hotel Le Parker Meridien. Lá foi a primeira unidade do Burger Joint, que hoje já está em outros países, entre eles: Brasil! Em São Paulo tem três unidades. O cardápio segue a mesma linha do Burger Joint de Manhattan: apenas um tipo de hambúrguer, em diferentes versões, sempre à escolha do cliente. A carne, 140g de Angus, sempre moída no dia, pode vir acompanhada apenas do pão; com os queijos artesanais colby e cheddar branco, o tradicional cheeseburger (R$ 20).  Uma ótima opção para quem não tem medo de “enfiar o pé na jaca” é o Ogroburger (R$ 30), além do burger vem um enorme pedaço de queijo camembert empanado, alface, tomate, cebola roxa, picles e maionese da casa, ketchup e mostarda dijon. 

Burger Joint (Foto: divulgação)

R. Bela Cintra, 2.116, Jardins / Av. Paulista, 854 / Shopping Anália Franco, Tatuapé 

Carlo`s Bakery

O mago dos bolos na TV, Buddy Valastro, conhecido como Cake Boss, trouxe para cá infinitas variedades do que está disponível em sua famosa rede, com 16 unidades só nas Américas – e a primeira foi aberta em Nova York! Para agradar os brasileiros, foram desenvolvidas receitas próprias de doces – como o brigadeiro (R$ 4 cada, tradicional e recheado), cheesecake de goiabada (R$18), mousse de maracujá (R$ 15) e bolo de cenoura (R$ 15, que se chama tower, bem laranjinha), diferente do carrot cake (um dos mais vendidos nos EUA, que leva cream cheese). É claro que o cupcake red velver, o cannoli e o lobster tail que fazem tanto sucesso na televisão figuram na vitrine e valem as calorias.  Confira a matéria completa aqui.

Carlo`s Bakery (Foto: divulgação)

R. Bela Cintra, 2182 – Jardins / Tel: (11) 2306-9448

Serafina

Fundado em 1995 pelos italianos Vittorio Assaf e Fabio Granato, em Manhattan, o Serafina teve a sua primeira unidade aberta com o nome “Serafina Fabulous Pizza”. O grande sucesso do cardápio criado para levar aos americanos uma nova opção de gastronomia com pasta, pizza entre outros pratos, ganhou espaço e rendeu a abertura de novas casas, inclusive fora do país. A primeira loja fora de Nova York foi em 2010, com a inauguração do Restaurante Serafina em São Paulo, no bairro dos Jardins. Em 2018, inauguraram a terceira unidade na cidade, no Shopping JK Iguatemi. Apesar de possuírem o mesmo menu, cada unidade da marca oferece uma experiência única, pois cada uma apresenta também algumas opções exclusivas de pratos. Na decoração, as pinturas nas paredes de todas as unidades são assinadas pela artista plástica italiana Michela Martello, que além da temática da própria gastronomia, se inspira também nos Serafins – anjos iluminados pela luz -, que também inspiram o nome da casa.

Serafina, unidade Jardins (Foto: divulgação)

R. Pedroso Alvarenga, 1.051, Itaim / Al. Lorena, 1.705, Jardins / Shopping JK Iguatemi 

PJ Clarke’s

Queridinha dos turistas em Nova York, o P.J. Clarke’s não é só um dos bares mais antigos da cidade, mas também um dos mais lendário. Aberto em 1884, passou por duas guerras mundiais, pela grande depressão, pela lei seca americana e muitos altos e baixos na cidade. Este é o lugar onde Jackie Kennedy trouxe John Jr. e Caroline para seus almoços aos sábados, onde Buddy Holly pediu em casamento a sua esposa diante de uma multidão atordoada, onde Frank Sinatra encerrava suas noites na cidade, onde o cantor Johnny Mercer escreveu a canção “One for My Baby” e onde Nat King Cole mordeu um cheeseburger e declarou que era “o Cadillac dos hambúrgueres”, estabelecendo o que seria o prato ícone do P.J. Clarke’s até hoje. Hoje, você pode experimentar o P.J. Clarke’s em seis endereços diferentes nos Estados Unidos e no Brasil. Além dos famosos hambúrgueres, também são servidas refeições como ostras, peixes, porções, saladas e massas. Sua decoração é típica de Nova York e, aos finais de semana e feriados, oferece um tradicional brunch à moda americana, com bufê farto das 10h às 15h.

R. Dr. Mário Ferraz, 568, Itaim Bibi (* estão fechados até 31 de março de 2018) 

Mais Recentes da CNN