por: Viagem e Gastronomia Viagem e Gastronomia

Os cenários de Downton Abbey: do interior da Inglaterra à costa francesa

Mais recente filme da franquia chegou aos cinemas brasileiros no fim de abril e trouxe às telonas novos cenários de encher os olhos na Inglaterra e na França; saiba como visitá-los

Castelo de Highclere é conhecido mundialmente por ser a mansão Downton Abbey na série e nos filmes
Castelo de Highclere é conhecido mundialmente por ser a mansão Downton Abbey na série e nos filmes Kevin Oliver/Flickr

Saulo Tafarelodo Viagem & Gastronomia

Ouvir notícia

Uma família aristocrata, suntuosas mansões históricas com extensos gramados e costumes, e um cenário que misturava a modernização com a manutenção das tradições.

Todos estes detalhes remetem à Inglaterra do início do século 19, na chamada era pós-eduardiana, mas, na verdade, também querem dizer outra coisa: que um novo filme de “Downton Abbey” foi lançado nos cinemas.

A série de televisão britânica aclamada pela crítica teve seis temporadas (de 2010 a 2015) e se desdobrou em um longa-metragem que arrecadou quase US$ 200 milhões em 2019. Agora, no último dia 28 de abril, um segundo filme desembarcou nas salas de cinemas do Brasil.

Downton Abbey II: Uma Nova Era” traz de volta as relações da família Crawley e a vivência de seus membros e criados no cotidiano da grande mansão chamada de Downton Abbey – propriedade fictícia que fica no condado Yorkshire.

Desta vez, novos desenvolvimentos acontecem: depois da visita da família real no primeiro filme, uma vila misteriosa no sul da França e uma equipe de filmagem na mansão são os pontos de partida para a trama.

Assim, o longa-metragem traz novos cenários que podem ser visitados na vida real e também joga luz às outras locações clássicas da série e do primeiro filme, que abrangem castelos e mansões rurais com ar de uma Inglaterra ainda aristocrática.

Curioso para saber onde ficam alguns dos locais da série e dos filmes de “Downton Abbey”? Conheça abaixo os principais cenários usados para dar vida à produção:

Cenários usados ao longo da franquia

Castelo de Highclere

Castelo de Highclere, na Inglaterra
Castelo de Highclere, do século 15/ Wikimedia Commons

Downton Abbey dá o nome da grande propriedade rural que é uma das figuras centrais de toda a obra – tanto nos episódios da série quanto nos filmes. Na ficção, a mansão fica no condado de inglês de Yorkshire, mas na vida real a construção fica em Highclere, na região de Berkshire.

Erguida em 1679, a propriedade possui entre 250 e 300 quartos, alguns deles usados nas filmagens internas da trama. Descendo as escadas rumo ao porão e aos aposentos dos funcionários há uma exposição sobre a cultura egípcia. O enorme local ainda conta com jardins plantados inicialmente no século 13.

Curiosidades: durante a Primeira Guerra Mundial, o Castelo de Highclere foi convertido em um hospital para soldados feridos. Já durante a Segunda Guerra Mundial, foi o lar de crianças evacuadas de Londres.

O Castelo de Highclere está aberto para visitação e possui diferentes tours guiados. Para o verão, entre julho e setembro, é cobrada uma taxa de £20.50 para adultos visitarem o castelo e os jardins, assim como £27.50 para entrada que inclui a exposição egípcia.

Neste ano, entre 10 e 11 de setembro, os visitantes podem participar do fim de semana Magic of the Movies, uma festa que imita a pompa da década de 1920 com trajes completos, entretenimento e gastronomia da época.

Highclere Castle, Highclere Park, Newbury RG20 9RN, Inglaterra. Mais informações no site.

West Wycombe Park

E não é somente o Castelo de Highclere que faz as vezes da propriedade Downton Abbey. Segundo a página oficial da série no IMDb, cenas interiores do West Wycombe Park, em Buckinghamshire, serviram para ambientação da casa principal da família Crawley.

O local hoje é uma vila histórica que compreende uma casa palladiana e um parque paisagístico. A vila como um todo inclui igrejas, mausoléu, cavernas, lojinhas e ruas com chalés e pousadas que datam do século 16 ao século 18.

O West Wycombe Park é aberto para visitação, incluindo a casa de campo, lar da família Dashwood há mais de 300 anos que fica em um parque de 45 hectares. Este ano o local está aberto desde 3 de abril e a casa a partir de 1º de junho. Tíquetes para visitação custam £10 para adultos – £11 com doação.

West Wycombe, Buckinghamshire, HP14 3AJ, Inglaterra. Mais informações no site.

Castelo de Alnwick

Castelo de Alnwick, do século XI/ ©VisitBritain

Construído ainda no século 11, o Castelo de Alnwick é uma fortaleza adquirida posteriormente no século 14 pela família Percy para os duques e condes de Northumberland. A construção histórica fica na cidade de Alnwick no condado de Northumberland, ao norte da Inglaterra.

Ao longo dos séculos, o castelo passou por diversos restauros. Hoje, é aberto para visitação e foi cenário para a série “Downton Abbey” em episódios especiais de Natal, e foi nomeado de Brancaster Castle na ficção. Vale ressaltar que o local já foi usado também para filmagens dos dois primeiros filmes da saga “Harry Potter”.

Visitantes podem apreciar obras de arte de uma extensa coleção pertencente à mesma família ao longo de 700 anos. Visitas aos grandes cômodos do castelo e uma réplica de um canhão napoleônico podem ser conferidas, bem como aulas de arco e flecha e de “quadribol” (esporte fictício do mundo de “Harry Potter”) são ministradas por ali.

A entrada no castelo sai por £19.50 para adultos. Neste ano, em 1º de julho, os jardins adjacentes da extensa propriedade sediarão o evento “A Plateful of Poison”, que levará os participantes a uma noite de chá com contos aterrorizantes.

Alnwick Castle, Alnwick, Northumberland NE66, Inglaterra. Mais informações no site.

Novos cenários em “Downton Abbey II: Uma Nova Era”

Villa Rocabella

“Downton Abbey II: Uma Nova Era” sai da Inglaterra e desembarca na França, onde membros da família visitam uma vila francesa herdada por Lady Violet (Maggie Smith). O suntuoso local enche os olhos e existe na vida real: é a Villa Rocabella, propriedade de frente para o mar em Le Pradet, comuna na região de Provença-Alpes-Costa Azul, no sudete da França.

Foi construída em 1899 pelo arquiteto Hans-Georg Tersling num estilo neoclássico e romântico, e já serviu como local de encontros literários e artísticos, bem como foi transformado em um centro de férias para crianças após a Segunda Guerra Mundial. Nos anos 2000, o local sofreu restauros e desde 2020 pertence ao empresário francês JB Rudelle, que transformou a propriedade em um local multiuso para eventos, estadias e experiências turísticas.

Diferentes tipos de acomodações são ofertadas, como quartos de hóspedes, chalé luxuoso e até uma outra casa em estilo mediterrâneo. Eventos privados podem ser reservados para mais de 42 pessoas.

Curiosidade: as cenas exteriores da Villa Rocabella foram, na verdade, filmadas na própria Inglaterra, no Wrest Park, propriedade rural em Bedfordshire. Os jardins do local substituem os espaços ao ar livre de Rocabella, com o “orangerie” (estrutura de jardim) servindo para uma grande sequência de festas do novo filme. É possível visitar o local a partir de £12.90 para adultos.

Estrutura de jardim do Wrest Park usado nas filmagens do novo filme/ Karen Roe/Flickr

Villa Rocabella, V567 Rue Général Weygand 83220 Le Pradet, França. Mais informações no site / Wrest Park, Silsoe, Bedfordshire MK45 4HR, Inglaterra. Mais informações no site

Royal Yacht Britannia

A família Crawley parte para a França de barco, mas não em qualquer um: as cenas foram filmadas no Royal Yacht Britannia, embarcação que foi residência real por mais de 40 anos e fez quase mil visitas de Estado junto da família real – em especial da Rainha Elizabeth II.

O navio foi usado em recepções oficiais, luas de mel e férias da família real. De acordo com a administração do barco, o Britannia foi, para a Grã-Bretanha, um símbolo do Commonwealth e uma embaixadora que gerou bilhões de libras em acordos comerciais.

O antigo iate real está agora permanentemente ancorado em Edimburgo, na Escócia, em que os turistas podem visitá-lo como um navio-museu por £18.00 a entrada integral.

The Royal Yacht Britannia, Ocean Drive, Leith, Edimburgo EH6 6JJ, Escócia. Mais informações no site

Belchamp Hall

Belchamp Hall foi erguida nos tempos da Rainha Ana da Grã Bretanha, do século XVIII / geograph.uk

A Belchamp Hall é uma propriedade do período da Rainha Ana da Grã Bretanha, do início do século 18, que se destaca pelos seus tijolos vermelhos. Atenção para spoiler: foi neste local, no coração do condado de Suffolk, que os personagens Tom Branson (Allen Leech) e Lucy Smith (Tuppence Middleton) sobem ao altar.

De acordo com o gerente de supervisão de locação do filme, Mark Ellis, em entrevista para a Time Out, a equipe teve de achar um local na Inglaterra que tivesse uma casa e uma igreja na mesma propriedade. Atualmente, o local pode ser locado para eventos e também oferece diferentes tipos acomodações para estadias.

Belchamp Walter, Sudbury, Suffolk, CO10 7AT, Inglaterra. Mais informações no site

The Eletric Palace Cinema

Por fim, o novo filme da franquia introduz a família Crawley no mundo cinematográfico de Hollywood quando um diretor decide rodar um filme na mansão de Downton Abbey. A estreia do filme na ficção ocorre em um cinema no condado de Yorkshire, onde supostamente fica a mansão, mas a realidade é outra: as cenas em “Downton Abbey II” foram rodadas no Eletric Palace Cinema, em Harwich, no condado de Essex.

O pequeno cinema foi inaugurado em 1911 e continua ativo. Sua fachada ornamental continua relativamente intacta, contendo também um saguão de entrada com caixa de pagamento e um pequeno palco e camarins. De acordo com o site oficial do local, o cinema foi construído em 18 semanas a um custo de £1.500 e o primeiro filme exibido foi “The Battle of Trafalgar and The Death of Nelson”.

King’s Quay St, Harwich CO12 3ER, Inglaterra. Mais informações no site.


Mais Recentes da CNN